Weezer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Playinguittar.gif

Roger Waters deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.

Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Weezer
Weezer-blue.jpg
é assim que a sua mãe quer que você seja
Origem Los Angeles
País Nerdland
Período 1992 – até hoje... infelizente
Gênero(s) Nerd Rock, Nerd Metal, Nerd Punk, Nerd Emo
Gravadora(s) {{{gravadora}}}
Integrante(s) Rivers Cuomo, Patrick Wilson, Scott Shriner, Brian Bell
Ex-integrante(s) Jason Cropper, Matt Sharp, Mikey Welsh
Site oficial {{{site}}}


Cquote1.png Você quis dizer: nerds Cquote2.png
Google sobre Weezer
Cquote1.png Minha banda preferida. Cquote2.png
Nerd sobre Weezer
Cquote1.png Oooh, c'mon and kick me! Cquote2.png
Rivers Cuomo, lendo o cartaz que algum idiota colocou em suas costas
Cquote1.png Você traiu o movimento burro, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Weezer
Cquote1.png Parei de fazer sexo para me dedicar à música. Cquote2.png
Rivers Cuomo, dando uma desculpa para não dizer que é virgem
Cquote1.png Por que você nao é que nem eles, filho? Cquote2.png
Mãe preocupada sobre filho metaleiro
Cquote1.png Porque eu não quero morrer virgem! Cquote2.png
Filho metaleiro sobre a citação acima
Cquote1.png We are all on drugs Cquote2.png
Weezer sobre eles mesmos

Weezer é uma banda nerd ouvida apenas por nerds, ou seja, se você ouve, você é nerd.

O Começo[editar]

Como todo bom nerd, os Weezers se conheceram no colégio, provavelmente durante uma aula de física. Quando viram que não iriam comer ninguém por causa de suas mentes avaçadas, decidiram montar uma banda de metal, porém, o Deus Metal não permitiu que eles fizessem tal coisa, devido ao sei passado nerd, então decidiram montar uma bandinha que tocasse qualquer coisa pra conseguir ao menos perder a virgindade. Depois de traçar umas cocotas, os membros pensaram em continuar com a banda para ganhar dinheiro, e ainda por cima, fazer muito sexo, menos o vocalista River Cuomo, que só aceitou ficar na banda se não tivesse que comer ninguém, já que tem medo de mulheres.

O Sucesso[editar]

Neo chamando os virgens para abrir os shows de sua banda de death metal

Eles começaram abrindo shows para a banda de Neo do Matrix (legal né?). Entre alguns desses shows, o guitarrista Jason Cropper decidiu voltar a ser nerd e apanhar na escola, ele foi substituído pelo único não nerd da banda, Brian Bell. Depois da entrada de Brian eles começaram a escrever músicas que não falavam de coisas chatas que ninguém entende e começaram a falar de coisas como garotas, suéteres, e sobre o seu nome ser Jonas. Gravaram seu primeiro cd com o nome "Weezer" e uma capa com o fundo todo azul, toda a criatividade foi usada para fazer as músicas. Depois que a música "My Name is Jonas" entrou no jogo Guitar Hero, a banda ficou mais famosa que a banda do Neo e então começaram uma turne universal passando por todo o universo (dããã).


Discografia[editar]

Weezer (The Blue Album)[editar]

Depois de terem sua carreira alavancada pela banda de Neo, eles gravaram o primeiro CD, com músicas compostas só pelo vocalista, Rivers Cuomo, que era o único que tinha tempo para escrever alguma coisa já que não comia ninguém. Porém, o álbum só não ficou completamente nerd graças ao novo guitarrista, que era meio gay, mas não era nerd (mas era ruim igual). My Name Is Jonas está nesse álbum.

Pinkerton[editar]

Os maiores (e únicos) fãs da banda.

Agora os Weezers estavam cansados da vida de comedores e decidiram voltar ao mundo dos nerds (o qual nunca realmente deixaram). O pior desse álbum não é nem que ele é assumidamente nerd, o pior mesmo, é que ele é assumidamente emo. As músicas "Tired Of Sex" (cansado de sexo), "Pink Triangle" (triângulo amoroso rosa-choque) que, interessantemente, conta como Rivers perdeu uma garota para outra (o trauma foi tamanho que nem no videoclipe - abaixo - a história passou em branco), e a versão original de Borboleta (depois gravada pela dupla emo inspirada em Weezer, Victor e Léo).

Weezer (The Green Album)[editar]

A banda deixou o emo de lado neste álbum (GRAÇAS A DEUS!!!!!!!!!!), o que fez o baixista Matt Sharp sair da banda para se concentrar em sua própria banda EeMmMuUxXxAaAaA, foi substituído por Mikey Welsh. Dessa vez deixaram até seu lado nerd (só um pouquinho) de lado fazendo sua primeira música chapada (chapadinha...), "Hash Pipe", que fala de um cachimbo da paz que banda tinha dividido com um espírito indígena que estava no estúdio.

Maladroit[editar]

Poucos acreditam que ele comeu alguém...

Cansados de álbums (não emos) sem nomes, eles decidiram lançar um álbum com um nome, mas não sabiam que nome botar até que montaram um androide que fazia malabarismo (Mala = malabarismo, droit = androide Sacou.gif). A coisa mais escrota é que nenhuma música fala sobre androides ou malabarismo, mas sim de coisas como pescaria (Keep Fishin'), drogas mais fortes (Dope Nose), e uma música sobre a primeira, e talvez única, relação sexual de Rivers Cuomo (American Gigolo). O baixista novo não gostou de tocar Nerd Rock então saiu e foi montar uma banda emo, seguindo o exemplo do baixista antigo, ele foi substituído por um nerd chamado Scott Shriner.

Make Believe[editar]

Neste álbum está a música mais famosa da banda ("My Name is Jonas" não conta por causa do guitar hero), "Beverly Hills", que conta a história de como Rivers gostaria de fazer sexo uma segunda vez a vida e achava que conseguiria isso indo para Beverly Hills, mas lá, ninguém acreditava que ele participava de uma banda de rock por causa de seu visual nerd (ao extremo). Essa aventura fez o nosso querido nerdzinho se afundar em gatinhos e escrever a música "We Are All On Drugs". Nesse tempo, Rivers ainda teve criatividade suficiente para inventar duas músicas: enquanto estava tendo um barato, o bagulho bateu tão legal que ele teve a ideia de escrever "Perfect Situation"; porém, logo depois de ficar sóbrio e ver o estrago que as drogas fizeram com ele em tão pouco tempo, ficou chateadinho e escreveu "This is Such a Pity".

Weezer (The Red Album)[editar]

Mais um álbum sem nome (grande novidade...). Tem a música do vídeo divertido que todo mundo conhece por causa do vídeo mas nem sabe que música é ou qual o nome da banda que toca.

Raditude[editar]

O disco mais recente. Para batizá-lo, os membros da banda decidiram ligar um rádio e juntar a primeira palavra que ouviriam com "rádio". A primeira palavra que saiu foi "atitude" (eles haviam ligado na Jovem Pan), então, com seus cérebros superdesenvolvidos (coisa típica de nerds, para variar), pensaram: rádio + atitude = Raditude. E bingo! Mais um disco batizado em um lampejo de genialidade. Já para a capa eles não pensaram muito, bastando apenas pedir para um amigo tirar uma foto de um cachorro voador. Simplesmente porque curtiram a ideia de um cachorro voando (Rivers lia muito as historinhas do Krypto na infância). O primeiro single, "(If You're Wondering If I Want You To) I Want You To", é uma daquelas músicas cujo título fala por si só, narrando os devaneios de um típico nerd ante uma gostosa. Há também um tributo a Star Wars na música "I'm Your Daddy", sobre Darth Vader e Luke Skywalker.

Fãs de Weezer[editar]

Ver também[editar]