Vitaly Petrov

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
St Basils Cathedral-500px.jpg ДECCИКЛOПEДИА

Estin artigovski é russki!

Ele já foi comunista no passado.

Smirnoff.gif
Виталий Петров
Vitaly Petrov.jpeg
Após ler esse artigo
Nascimento 8/9/84
Vyborg,
Nacionalidade Bandeira da Rússia Rússia
Ocupação Piloto
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Vitaly Petrov.

Cquote1.png Você quis dizer: Piloto Pagante Cquote2.png
Google sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png KGB extermina operador do Google! Cquote2.png
Âncora de um telejornal russo sobre a citação do Google
Cquote1.png Você quis dizer: Pesadelo do Alonso Cquote2.png
Google sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png Piloto pagante! Cquote2.png
Alguém sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png KGB extermina alguém! Cquote2.png
Âncora de um telejornal russo 2 semanas após a citação acima
Cquote1.png HIJO DE PUTA! Cquote2.png
Fernando Alonso sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png HIJO DE PUTA! Cquote2.png
Fãs histéricas de Fernando Alonso sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png Danke! Cquote2.png
Sebastian Vettel sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png Vitaly e seu carro: mas que união feliz! Cquote2.png
Os Paralamas do Sucesso sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png He loves me not! Cquote2.png
T.A.T.u. sobre Vitaly Petrov
Cquote1.png E o Petkovic é o 10º Cquote2.png
Galvão Bueno querendo dizer que o Petrov é o 10º
Cquote1.png Na União Soviética, o patrocínio trouxe Vitaly Petrov pra Renault pra entrar na F1! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Vitaly Petrov

VITALY PETROV é o piloto “Vermelho” da Fórmula 1. Nascido em alguma geleira de Cyborg Vyborg, na Rússia, em 8/9/84, chegou com o fodônico e lendário status de “Piloto Pagante”, aquele filo formado por espécimes que puxam o tapete de pilotos talentosos e promissores no simples ato de levar dinheiro pra alguma equipe. Tem como principal missão pregar o comunismo no mundo capitalista da F1, mesmo sendo silenciado por Darth Bernie por motivos que lhe convém, e mostrar ao mundo que não precisa ser gostosa pra triunfar no esporte local (seja praticando ou seja capa da Sports Illustrated). Assim como todos os russos, bate uma pra Sharapova, sonha que pelo menos uma da garotas do T.A.T.u. traiam o lesbianismo e acha a Reversal Russa a melhor metodologia de debate de todos os tempos. Outra coisa que fez dele famoso foi o fato de fazer a vida do Fernando Alonso um inferno: nunca o deixando ultrapassá-lo, assim fazendo com que o espanhol o veja em seus pesadelos, e, quando está mandando ver com a esposa, dizem que o espanhol o vê no Voyeurismo e broxa na hora.

Infância:[editar]

Na infância, a única preocupação que seus pais tinham era de que ele se envolvesse com a Máfia Russa, coisa normal, todas as mães naquele país tem medo disso. Tanto que algumas crianças russas foram criadas nos Esteites (nomes não serão citados). Assim, pra evitar tal relacionamento sem trair os ideais do país, juntam uma grana e compram um kart pra ele pra que ele tenha uma válvula de escape e algo pra fazer enquanto não ficasse na escola, mesmo que aquilo não levasse a nada, já que não existia automobilismo na Rússia, ou seja, uma carreira internacional? Piada! Mas, se ele conseguisse, entraria pra história. Então, entra num campeonato não-profissional qualquer lá. Ele queria entrar pra história, só pra mostrar que não precisa ser gostosa pra vencer no esporte naquele país.

A Carreira Pré-F1:[editar]

U BUNITÃO!!!

Petrov começou a carreira correndo num campeonato de Ladas: não se sabe se era monomarca ou multimarcas, já que Lada é tudo igual. Lá ele foi campeão e, até hoje só sabe que pilotou um Lada. Não sabe qual pilotou. Talvez tinha sido um Laika ou um Niva ou um outro desconhecido. Mas, depois de ficar de saco cheio de correr em pistas de gelo da Sibéria, mesmo ganhando tudo por lá, então, vai pra GP2, onde conseguiu após alguns anos sem o melhor carro do grid e sem vencer nenhuma corrida, moral com os russos. Vendo que a tendência dos Pilotos Pagantes só aumentava devido a trollagem suprema de Darth Bernie, que aumentou os custos na última hora devido a ordens diretas da FIA (Ferrari Inteligence Agency). Vendo essa tendência e achando que esse tipo de piloto estava dominando a categoria, vai ao banco, limpa a sua poupança, vai ao supermercado pra poder comprar papel higiênico pra limpar sua outra poupança e vai na Lada arrecadar uns trocados e bate na porta da Renault com uns 50 carros-forte cheios de dinheiro da Lada e do banco e consegue a sua tão sonhada vaga na F1.Entra pra história: É o 1º russo na categoria, fazendo com que ele fosse uma lenda viva no país.

Na F1:[editar]

Respondendo as Alonsetes furiosas com sua atitude no GP árabe de 2010. шупа Aлoнсо

Vaga comprada. Era só se sentar no carro e pilotar, mas, ele estava apanhando do carro e não pilotando nada ou seja, estava se consolidando como um legítimo Piloto Pagante. Só não saiu da categoria porque ele estava bancando o ano da equipe e o salário do Gargamel Robert Kubica, o grande astro deles. Após algumas corridas frustrantes, ele cria tenência e começa a pilotar bem, sendo o 1º piloto russo a pontuar na categoria. Segundo Galvão Bueno, o piloto não correu no GP da Bélgica, dizendo que Petkovic estava em 10º (não especificando se esse Petkovic era o Dejan ou a Jaqueline). Nos Emirados Árabes, recebe uma proposta de Dietrich Mateschitz, o dono da Red Bull. Pra pilotar na equipe deles, tendo o carro construído pelo melhor no ramo, ter como colega de equipe um cara que se parece com uma fusão entre um cantor e um pseudocantor? Não! Na verdade, Dietrich ofereceu um suprimento vitalício de Red Bull ao piloto se ele ferrasse com a corrida do Alonso no kartódromo autódromo de Yas Marina no fim do campeonato, pra ajudar a fusão entre Beck e Justin Bieber chamado Sebastian Vettel a ganhar o campeonato. Petrov teve a vida facilitada por ~ke, que construiu uma pista onde era impossível ultrapassar. Assim, conseguiu correr sem ser ultrapassado pelo espanhol, iniciando uma nova rivalidade. Após ser xingado na pista pelo piloto e pelos fãs na Internet, sugeriu que o Rei Juan Carlos da Espanha dissesse sua frase mais famosa ao espanhol, quase iniciandop uma guerra entre os 2 países: a KGB tinha chegado até a preparar o plano de invasão a Espanha, mas, os mandantes da F1 (Bernie e os patrocinadores da categoria) pediram pra que não começassem uma guerra por isso. Ano novo, vida nova. Petrov finalmente se larga dessa carniça de Piloto Pagante (ou não) após a entrada da Lotus no projeto, e, graças a parceria, consegue um carro digno pra se tornar o 1º russo a ir ao pódio e o 1º russo a arranjar merda com um campeão mundial, após fechar a porta pro Alonso (de novo), e, com ele achando que já era pessoal. Na corrida seguinte, um indício que mostra que as histórias em torno de 2012 são concretas! Alonso finalmente ultrapassa Petrov! Run To The Hills! Atualmente, Petrov é vítima de bipolaridade dos fãs do esporte (me refiro aos fãs de automobilismo, não a espectadores da ESPN Brasil), já que hora dizem que ele é o melhor piloto do mundo, hora dizem que ele é só mais um Piloto Pagante ocupando o lugar de um bom piloto.

Música:[editar]

Ele aí!

Os Paralamas do Sucesso junto com o T.A.T.u. fizeram uma homenagem ao piloto:

Vitaly andava na GP2 e achava que assim estava mal
De uma equipe pra outra aquilo para ele era o fim
Conselho de seu pai: "Fórmula 1 é perigoso, Vitaly.
É duro de negar, filho, mas isto dói bem mais em mim."

Mas Vitaly comprou a vaga e passou a se sentir total
Vitaly e seu carro, mas que união feliz
Corria e viajava era sensacional
A vida em quatro rodas era tudo que ele sempre quis

Vitaly passou a se sentir total
No seu sonho (de metal)
Vitaly passou a se sentir total
No seu sonho de (metal)

Os Paralamas e o T.A.T.u. iam tentar tocar em Yas Marina
É o Circo da F1, então pra lá também se encaminhou
Ele foi com seu F1, ir de GP2 era baixo astral
Minha prima já está lá e é por isso que eu também vou

Schumacher dick vigarista.jpg
Buildphotoims4vd.jpg
v d e h
Pilotos da Fórmula 1