Tapinha do médico quando a gente nasce

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.

O famoso tapinha do médico quanfo agente nasce é uma arma de destruição criada por um médico que odiava recém-nascidos e descobriu um jeito de fazerem eles desistirem de usar o cérebro,logo após que nascem. Esse tapinha também é a principal causa da Síndrome de Benjamin Button cerebral, sendo assim uma arma mortal, que foi criada com o único propósito de fazer as massas populares ficarem extremamente estúpidas.

História[editar]

Pobre homem, vítima do tapinha...

Esta merda foi criada em 2007 quando um doutor que acabava de ter três filhos, foi fazer o parto da esposa,quando ele viu que o bebê não chorou ele deu um tapinha no coitado, não sabia ele que o bebê desistiria de usar a massa cerebral, e teria Síndrome de Benjamin Button cerebral e iria em wikis fazer merda com sock puppets, e elevar a doença mental que assolava a humanidade.

Quando o menino entrou em wikis, ele começou a escrever merdas à torto e à direita, fazendo, ele ser banido por um moderador que estava de saco cheio dos atos esquizofrênicos dele, e então ele entrou em um prédio e começou a dar uma de criancinha e pensou que era o máximo, enquanto fazia aquilo, não sabia ele que,o mesmo era um analfabeto político, que do analfabetismo político, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos o político corrupto e lacaio de empresas nacionais e multinacionais, quando ele saiu do predio foi xingar a tudo e a todos, desperdiçando sua vida, quando ele chegou em casa, pegou o computador e criou uma conta em algumas wikis e ficou fazendo flamewar usando sock puppets para espalhar o seu câncer para as demais pessoas, entretanto um alienígena viu a merda que o ser humano estava fazendo na terra, e destruiram a bomba HQQG que era usada para a exploração de Águeda um minério alienígena que era muito raro nessa época.

Ver também[editar]