Tétouan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Inquisicaoespanhola.jpg

A INQUISIÇÃO ESPANHOLA MONITORA ESTE ARTIGO!!!

Significa que o Grande Irmão e os Santos Inquisidores estão monitorando constantemente este artigo para evitar qualquer tentativa de Humor Privado, Politicagem, Patrulhamento Ideológico, Censura ou Apologia com saudável paranóia para manter o espírito desta Desciclopédia que zoa os desiguais igualmente!!! Se quiser evitar problemas... siga as regras.

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Tétouan (antigamente Titawin, virou Titalose, mais um monte de nome até chegar hoje) é a mais européia das cidades africanas (mas está longe de ter qualquer dinheiro). Localizada próxima a Ceuta e Melilla é a única no Marrocos que possui um porto para o Mar Mediterrâneo que não tem perigo iminente de ser explodido. Esse tipo de cultura inútil muito prezada pela UNESCO fez com que as ruelas de Tétouan fossem tombadas como patrimônio da humanidade, sem contar que a cidade é um marco importante na conhecida Guerra dos Infinitos Anos travada entre marroquinos e espanhóis.

História[editar]

Confusão típica em Tétouan.

A cidade de Tétouan fica na fronteira imaginária de Marrocos e Andalúzia. É considerada uma das poucas zonas de guerra no mundo contemporâneo.

A cidade inteira é uma peixaria gigante, o que a faz feder demais e ser muito barulhenta. Para qualquer lugar que se vá é uma feira.

A história da cidade pode ser contada através do histórico de sua batalhas memoráveis:

  • I Batalha de Tétouan - A Inquisição Espanhola dá o primeiro tapa quando vai caçar patrulheiros árabes em Tétouan e tenta em vão convertê-los a cruz, mas conseguem apenas converter seus estômagos à espada.
  • II Batalha de Tétouan - Os árabes se irritam e começam a explodir a cidade com os espanhóis dentro e a toma de volta.
  • III Batalha de Tétouan - O General Prim, um espanhol anti-semita e fascista decidi mandar tropas destruir Tétouan e todos os árabes possíveis, raça a qualele considerava lixo.
  • IV Batalha de Tétouan - Osama Bin Laden empresta alguns terroristas para a resistência marroquina em Tétouan e retoma o controle da cidade.
  • V Batalha de Tétouan - Bush invade o Marrocos atrás de petróleo, aproveita e cede Tétouan para Andalúzia.
  • VI Batalha de Tétouan - Uns árabes loucos começam a explodir metrôs em Madrid, e depois de muita chantagem conseguem o controle da cidade de volta.
  • VII Batalha de Tétouan - Durante a Septuagésima Sexta cruzada, os padres do Vaticano exterminam Tétouan com uma bomba nuclear e cedem o território para os espanhóis.

Atualmente Tétouan é uma cidade marroquina.

Medina de Tétouan[editar]

As ruelas estreitas de Tétouan são a marca registrada da cidade, cheias de arcos e arte espanhola, já que a cidade a todo momento era destruída, mas na hora da reconstrução, só a Espanha tinha dinheiro para isso.

Acredita-se que Senor Abravanel tenha começado sua carreira nas ruelas de Tétouan vendendo rolex vindos da China.