Seleção Iugoslava de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Boratnice.jpg Yackshmash! I like you, I like sex, it's nice! High five!
Borat está feliz porque você vai adicionar novas imagens a este artigo! Chenquieh!!!
Šah mat! Este artigo é croata!

Ele salta de paraquedas, cria um dálmata, usa torpedos e ODEIA sérvios, tanto é que fala o mesmo idioma, mas não usa o alfabeto escroto deles.
Se você vandalizar, o Capitão Croácia vai te pegar!

Capitãocroácia.jpg
Barraderolagemalema.jpg Este artigo é algo que o Fluminense aprovaria, se tivesse vencido a LDU...

Este é um artigo que pode te levar para o Lado Amarelo da Força. Se estiver perto de algum evento decisivo, não o leia, pois pode causar um FAIL épico.


Cquote1.png Puta merda, lá vamos nós perder de novo Cquote2.png
Um torcedor iugoslavo sobre toda vez que sua seleção ia enfrentar a URSS

Seleção Iugoslava de Futebol FOI uma seleção que era mais bagunçada em nacionalidades que as seleções europeias atuais com mais de ienzi jogadores nacionalizados. Ela, como o nome já dizia, representava a nação falida da Iugoslávia nas competições da PIPA e é uma daquelas que todo mundo dizia anos atrás "essa seleção era foda", mas sempre nas decisões ela peidava pra muzenga e assim foi até o último dia de sua singela ineficácia. Eram apelidados de os brasileiros da Europa, pela qualidade dos seus times, mas se aproximavam mais de mexicanos da Europa, pois jogavam como nunca e perdiam como sempre.

Composição[editar]

Tal qual o país bagunçado que ela representava, tinha jogador das mais diversas nacionalidades: bósnios, croatas, sérvios, montenegrinos, macedônios e eslovenos. E com essa mistureba toda eles formavam uma classe fuderosa, que deixava sua marca em várias copas do mundo, como seus 4º lugares nas copas de 1930 e 1962, ou a medalha de ouro nas Olimpíadas de 1960, quando eles ainda eram relativamente fodas mesmo.

Mas quando da morte do Marechal Tito e a subida ao poder de Slobundão Miloserbicha a Iugoslávia começou a se despedaçar, e a seleção foi junto. Surgiu seleções da Croácia, Macedônia, Bósnia e Eslovênia, deixando a iugoslava com quase nada. Um dia inclusive o país acabou também se ferrando, virando a Seleção Servo-Montenegrina de Futebol, que depois também se partiu em duas (a de Montenegro e a da Sérvia - essa última seria a oficial herdeira da seleção iugoslava, apesar de ter perdido os melhores jogadores pra Croácia e pra Eslovênia muito tempo antes).


Ver também[editar]