Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

51 978 artigos · 177 015 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Cquote1.png Meu dedo aponta para o Olimpo, você vê algo que pareça o Olimpo? Então pronto não me enche o saco! Cquote2.png
Sócrates explicando sua teoria da existência do Olimpo

A religião da Grécia Antiga ou Religião Grega antiga ou Blasfêmia foi, porque ninguém mais acredita nessa besteira, um conjunto de crenças predominante na região da Grécia antiga (Jura? Eu não sabia). Foi principalmente criada para irritar Sócrates.

Ela tinha como base o politeísmo antropomorfológico, ou seja, acreditava-se em um Deus e alguns outros de menos importância que serviam pra encher linguiça na trama. O mais curioso disso tudo é que os deuses gregos tem comportamentos humanos, como: Estupro, assassinato, incesto, zoofilia, ódio, canibalismo, roubo, corrupção, tortura, sexo, sendo ou não com seus familiares, preconceito eles só não morriam ou tinham sede.

Sacrifícios na época da religião grega antiga era comum afim de sacrifícios como forma de adoração aos seus deuses e ao sexo sem camisinha, ou seja não mudou nada com a religião atual, exceto que na Grécia o sexo era por prazer e não para reprodução.

Em suma, a religião grega foi muito forte, mas pela transcedência cultural do ocidente e oriente ser muito difícil, a cultura grega permaneceu rodeada na Europa, América do Norte, América do Sul e mais um continente a sua escolha, evitando assim que cultuássemos Buda (Valeu, Grécia! Ou não).



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: