Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

54 353 artigos · 186 650 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque

Cquote1.png Experimente também: Se enturmar com pessoas melhores Cquote2.png
Sugestão do Google para Página principal

Michel Teló, um dos Deuses do panteão top. Representa a paquera e o sexo, e o macho e a fêmea topper convocam sua presença antes do acasalamento.

Com o advento da tecnologia, uma nova geração surgiu: a geração Z (de Zap Zap), e com ela, os chamados Toppers, alunos geralmente dos cursos de Direito ou Engenharia que, supostamente cansados de tanto estudar, concentram-se no posto de gasolina ao lado da faculdade para comprar vodca barata e misturar com energético tão barato quanto, enquanto que os mais pobres optam pelo litrão de Skol. Muitos anos atrás, Gil Brother já falava da geração de moleques criados a leite com pera, e hoje em dia, é o que mais se vê por aí.

A alcunha topper vem do dialeto desses seres, estranhos às pessoas normais. Estudiosos afirmam que, em cada frase dita por eles, há dois ou três "top". Crê-se que seja o equivalente a "legal", "maneiro", ou como os mais velhos falam, "supimpa".

Ouvem sertanejo universitário, funk, Wesley Safadão e Calypso. As pessoas cantam "Vai, Safadão" para invocar a entidade Wesley Safadão, cuja presença abençoa os copos descartáveis com vodca e mantém baixos os preços dos litrões de Itaipava e Skol, mas quando a madrugada chega, os filhinhos de papai ligam o batidão nos Camaros e dão risada das fêmeas toppers rebolando até o chão com uma lata de cerveja vazia na mão. As festas, comumente chamadas de Sextaneja Top, acontecem às sextas-feiras após as 23h, quando as aulas no período noturno da faculdade terminam, e são como cultos religiosos. Invocam entidades, como dito acima e praticam rituais de idolatria, tirando fotos da própria mão segurando uma garrafa de vodca ou um copo descartável.

Clique aqui e vem tomar um litrão! Hoje vai ser top Topemoji.png


Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: