Nitta Yoshisada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nitta Yoshisada (新田義貞) (1301-1338), era o pai de família da família Nitta no começo do século 14. Seu maior feito foi comprar conquistar Kamakura em 1333, do clã Hōjō.

Desde sempre um inimigo do vendedor de sushi Ashikaga Takauji, Nitta frequentemente é xingado pelos japoneses descendentes de ambas as famílias pela separação de Romeu-san e Julieta-sama, o que provocou uma separação entre os condados da região. Segundo as más línguas, isto ocorreu porque Nitta era sogro do filho de Ashikaga, Romeu-san. Portanto, os motivos eram mais do que suficientes para ele ficar de birra e nunca alcançar a glória e o poder da outra família. Bom, pelo menos ele achava que sua filha ainda era virgem.

Anos depois, em 1331, após ser ordenado pelo Shogun para aliar-se a um exército na fortaleza de Chihaya, Nitta recebeu ordens do Príncipe Morinaga e do Imperador Go-Daigo para deixar o povo do clã Hōjō em paz. Como tal clã havia vencido ele em uma partida de Starcraft anos atrás, ele ficou puto e saiu de seu posto. Voltando para casa, ele pediu a ajuda de todos que moravam lá para voltar à Kamakura, dominado pelos Hōjō, através de Musashi. Chegando perto da cidade, Nitta ficava cada vez mais feliz ao ver que ele sempre vencia as batalhas, tirando sarro dos defensores do clã Hōjō e chegando cada vez mais perto da cidade.

A Queda de Kamakura[editar]

Kamakura tinha um monte de montanhas. Era difícil pra caramba invadir. Então, ele teve uma bela ideia:

Estátua em Kamukura feita em homenagem a Nitta. Lembra-se de algo parecido?

Cquote1.png Cambada, vamos fazer isso: estão vendo aquela valeta que sai da cidade? Então! Vou rezar para o deus japa das valetas e a gente entra e invade, beleza? Cquote2.png
Nitta, após dois anos tentando invadir a cidade

Por mais esperta idiota que a ideia fosse, acabou dando certo. Afinal, quem adivinharia que um japa fosse aparecer saindo do ralo da sua casa? Não só um japa, mas um exército deles! E então, cheio de triunfo e futum, Nitta Yoshisada invadia o palácio e era coroado como Nitta, o Fedorento. Claro, o fedor de um exército inteiro na cidade acabou expulsando todos os Hōjō que restavam. Assim, o imperador Go-Daigo distribuiu todas as terras para Nitta e para os comunistas. Como não existiam comunistas naquela época, Nitta ficou com tudo.

Quando Nitta bateu as botas[editar]

Posteriormente, os irmãos Ashikaga Takauji e Ashikaga Tadayoshi resolveram sacanear com Nitta, e ficaram fazendo piadinhas maldosas sobre ele na cidade, como "Nitta passa esmalte nas mãos e espreme suas joanetes". Como não podia responder à altura, ele abandonou a cidade.

Algum tempo depois, ele foi chamado para uma batalha em Kuromaru contra Hosokawa Akiuji, miguxo de Takauji. Lá, seu cavalo levou uma flechada em chamas, e o mesmo caiu em cima de Nitta. Sendo um alvo fácil para os arqueiros, ele pegou sua faca de cortar pão e cortou seu pinto (o dele, não o teu, idiota!), morrendo de hemorragia. Como atitude de amizade e burrice, seus amiguinhos samurais que estavam por perto fizeram o mesmo. Fim. lol.