Mano Brown

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Latino.png QUEM É O CANTÔ?

Este artigo é sobre alguém que tenta, sonha, pensa ou finge que é um cantor.
Não vandalize este artigo, pois Arnaldo Saccomani pode lhe dar um NÃO.

♫ I love to sing-a... About the moon-a and the June-a and the spring-a... ♫

Passarinho.jpg

Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.
Certamente, fãs idiotas alienados odiarão este artigo!!

Bob Mauley.jpg   Fala, mano! É o seguinte: Mano Brown é mais uma coisa que os mano da quebrada curte, tá ligado, véio?
Então, não zoa este artigo não, porque vai dar em treta, mano!
Emblem-sound.svg.png Mano Brown
Mano-brown.jpg
Em seu habitat natural
Nome Rosângelo Mano Brown Silvério da Silva Souza
Origem São Paulo - Capão Redondo - Favela
Sexo masculino
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
HK, Metralhadora alemã ou de Israel
Gênero RAP e Axé - Presidiário
Influências 50 Cents e chris brown
Nível de Habilidade Analfabeto desde que nasceu
Aparência Bosta recém-defecada, ainda quentinha. (Nota-se isso pelo tom de pele dele)
Plásticas Aplicou Botox e silicone na bunda
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Cola
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Luciano Huck
Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Mano Brown

Cquote1.png Você quis dizer: Deu a bunda pro Sujeito Suspeito do Paranapanema Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Show na Royal Club Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Mandou um Marrom Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Merda com Bigode Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Mano Bronha Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Mano Brisa Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Mano Bosta Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Manobrado Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: MOBRAL Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Isso é um assalto! Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Nappa do Dragon Ball Z Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png Você quis dizer: Malandrão do colar de ouro Cquote2.png
Google sobre Mano Brown
Cquote1.png É verdade... nós temos uma boa venda de produtos para favelados e office-boys. Cquote2.png
Nike sobre Mano Brown na Revista Veja
Cquote1.png Ninguém gosta de ser pobre, nem eu gostava! Cquote2.png
Lula sobre consumismo dos rappers
Cquote1.png Nunca usei dorgas mano! Cquote2.png
Mano Brown sobre uma blitz na zona sul
Cquote1.png Esses papo me incomoda... Cquote2.png
Mano Brown sobre comentários de cima
Cquote1.png 50 Cent é fichinha mano! Eu sou foda!! Cquote2.png
Mano Brown sobre ele mesmo
Cquote1.png Também estou com você! Você sabe o quanto eu ajudo a sua gente! Cquote2.png
Marta Suplicy sobre Mano Brown
Cquote1.png VAGABUNDO! VAGABUNDO!! VAGABUNDO!!! VAGABUNDO-DO-DO-DO-DO-DO!!!!!!! Cquote2.png
Alborghetti sobre Mano Brown

Cquote1.png Ae truta firmeza total...Muita coletividade na quebrada!! Cquote2.png
Mano Cascão sobre Qualquer coisa

No início de carreira, foi prostituto, apertador de linguiças, depois virou officeboy do tráfico e traficava crack para bancários


Mano Brown não nasceu, foi cagado. A história é assim: Tudo começou em uma noite de verão em Santos. A mãe de Mano Brown não queria ter ele, então decidiu tomar soda caustica para aborta-lo, mas ao invés de abortar a criatura, o feto de Mano Brown saiu do útero e caiu no sistema digestivo. A mãe de Mano Brown logo correu para o banheiro e soltar a diarréia e mandar o Brown privada a baixo. Mas Brown era uma merda densa demais pra descer pelo esgoto, então a mãe dele teve que coloca-lo dentro de um saquinho de supermercado e joga-lo no lixo mesmo.

Em um caminhão de lixo, Brown veio para São Paulo, e foi achado pelos mendingos do bairro da República. Primeiro, os mendingos tentaram comer o Mano Brown, mas acharam ele fedorento demais, então resolveram adota-lo. Brown cresceu nas ruas, tomou chuva, tomou sol, tomou no cu, apanhou da policia, teve sua bunda comida por mendingos, cachorros, gatos, e até ratos! Mas na década de 70, ou 9 anos, Mano Brown foi para a favela do Capão Redondo tentar uma nova vida. Conseguiu uma vida dos inferno onde teve que morar debaixo da ponte, depois comprou um luxuoso barraco de madeirite na beira de um córrego quase desabando para dentro do mesmo. Passou fome, passou frio, passou necessidade, passou roupa, passou de ano, passou um trote e outras inutilidades mais.

Brown teve uma infância pobre e miserável, onde aos 13 anos teve que começar a trabalhar como engraxate, varredor, catador de lixo, catador de latinhas, catador da puta que pariu, até teve que dar a bunda pra sobreviver. Até que aos 18 anos conheceu Mano Gelo Azul, um cara bem preto, mas tão preto que refletia exatamente a cor azul. Então ele chegou na mãe dele e disse: "Mammy, conheci um miguxo azul, posso brincar com ele??" e a mãe dele respondeu: "Vai moleque, vai brincar com o cão que te carregue".

Anos mais tarde entraram para o tráfico e foram presos no Carandiru, onde conheceram Ed Pedra de Crack e DiDjêi Káéle Djêi. Dois marginais presos por tráfico de gatinhos. Na cadeia, nasceu o Racioanais McLanche Felizes, mas de tanto cantar lá dentro o diretor do presídio acabou expulsando a quadrilha de lá, pois já não suportava mais os resmungos deles nas letras, ou seja, estavam em liberdade para roubar e matar mais gente!

"Um alívio para nossos ouvidos" disse o diretor, o carcereiro e vários presos em entrevista ao Desciclopédia na época.

Nas ruas, a gangue não tinha nem com o que comer, então resolveram se prostituir para ganhar dinheiro. Faziam ponto na Augusta, onde Mano Brown era conhecido pela alcunha de "Neguinha Minha Preta". Com o dinheiro de cada um do grupo, eles foram comprando aparelhos importados de última geração, tais como um microfoninho chulé, um tweeter, uma bateria de carro e um gravadorzinho de fita cassette. Com os equipamentos prontos, a quadrilha partiu para fazer shows pelo Brasil e pelo mundo afora. O primeiro show foi no Acre, e contou com a presença de várias celebridades do rap como: Ozzy Osbourne, Kelly Key, Reginaldo Rossi, Serguei, Tupac, Tripac, Quadrapac, Tetrapac entre outros. O sucesso do grupo foi estrondoso, tendo em vista a tomatada levada pelo público, uma grande oferenda e tradição acreana. Depois foram fazer um show em Tangamandápio, onde voltaram como vontade de evitar a fadiga. Todo esse sucesso, deve-se a McLanche Mano Feliz (Brown) que canta mal pa caralho.

Hits[editar]

As músicas são sobre como é triste não poder comprar um tênis...
...ou um simples boné importado no Shopping Aricanduva
Novo integrante do grupo...

Várias músicas se tornaram sucesso mundial, e, junto com os Beatles, foi o grupo que teve 5 músicas entre as 5 mais tocadas ao mesmo tempo. Entre as mais famosas estão:

  • Fim de Semana no Iraque
  • Diário de um MC Lanche
  • CocÔ Preto se encontra na favela
  • Negro Brahma
  • Hino Assassino Nacional"
  • Capítulo 4 Testículos 6
  • Carandiroca - A História por trás dos muros
  • Meu celular é Nokia
  • Artigo 1578910
  • A Vítima do MC Lanche
  • Introdução (digital)
  • Mágico de Ozzy Osbourne
  • Ilari lariê do Gueto
  • Cangica no nego azul é reluzente
  • Preto que é preto reflete azul(homenagem a Mano Gelo azul)
  • Vida de cão (partes 1 e 2) *a parte 3 foi copia de um outro ser que também tem a vida dificil
  • Diário de um Bebum
  • Estorando o Alto falante do fusquinha
  • Nois so porta KICHUTE!
  • Altos peidos na Zona Sul
  • Caganeira no Capão
  • Nóia é Nóis
  • Preparado pa Morrer nóis é (Brown... logo em seguida, saiu correndo com medo de um carro de polícia)
  • Fita é o cacete, nóis lança é CD
  • Rebolation de Nego
  • Tênis caro, que tú não comprarás
  • Festa no Presídio
  • Vou de táxi, ce sabe.. (assim a puliça não pára nóis)
  • Tributo ao PCC
  • Tributo ao CQC
  • Tributo ao PSDB
  • Tributo á tua mãe
  • Tributo á Michael Jackson
  • Tributo á você
  • Tributo á Dona Florinda
  • Tributo á seu Madruga
  • Tributo ao Kiko
  • Tributo ao seu Barriga
  • Um mano na calçada
  • Um Presunto estirado na calçada.
  • O crime tem crak, o crime tem
  • Eu so ando de preto , isso mermo so ando sem camisa
  • No capão so tem cagão
  • Bixa Loka
  • To ouvindo um Policial me Chamar
  • 1 pelo sexo,2 pelo dinheiro
  • Pow,Pow,Pow
  • Uma Parada na zona Sul
  • Emo chorou

Protesto nas Letras[editar]

Gato depois de ouvir um sermão de Mano Braulio...

Fizeram sucesso no mundo inteiro e ficaram muito famosos depois do grandiosíssimo show no Acre em 1992, onde foram revelados para o mundo e vários outros planetas, ganharam o disco de papelão no programa do Gugugay por 5.666.23 bilhões de discos vendidos do álbum "Os home na estrada", uma grande façanha para uma quadrilha de rappers. Abaixo, segue uma lista das últimas reclamações do Mc Lanche:

  • Reclamou da Vivo que não tem sinal nos presídios
  • Reclamou da Rita Cadillac (achou que era um carro)
  • Reclamou do Djjê Neo, que tem jeito de viado
  • Reclamou do Mano Gelo Azul
  • Reclamou de ser pobre
  • Reclamou de ser feio
  • Reclamou da sua mãe
  • Reclamou do seu irmão
  • Reclamou do seu pai
  • Reclamou do vizinho que não manda a porra do cachorro dele calar a boca
  • Reclamou dos playboys que fumam maconha
  • Reclamou dos atendentes de telemarketing
  • Reclamou no centro de reclamações da Samsung
  • Reclamou do salário
  • Reclamou dos políticos reclamarem dos pobres ficarem reclamando
  • Reclamou do São Paulo ter vencido o SANTOS
  • Reclamou da própria cueca suja
  • Reclamou do suvaco
  • Reclamou de Deus
  • Reclamou do Padre Marcelo
  • Reclamou da polícia raça do caraio!
  • Reclamou do GTA San Andreas
  • Reclamou do GTA Vice City
  • Reclamou da Puta que Pariu
  • Reclamou da conexão lenta
  • Reclamou da Copa de 2014 no Brasil
  • Reclamou do Orkut
  • Reclamou do Ronaldinho Gorducho
  • Reclamou do tempo
  • Reclamou do Adolf Hitler sorrir no inferno
  • Reclamou de Fleury e sua gangue
  • Reclamou do Rango Azedo com pneumonia
  • Reclamou do Papa Chico Bento Dezesseis Mil
  • Reclamou dos gatinhos
  • Reclamou dos playboys
  • Reclamou da puta de olhos azuis
  • Reclamou do PCC
  • Reclamou do Edir MaisCedo
  • Reclamou do chão sujo
  • Reclamou da formiga
  • Reclamou da tua irmã
  • Reclamou do teu pai
  • Reclamou da própria mãe
  • Reclamou do próprio pai
  • Reclamou da casa
  • Reclamou da conta de luz
  • Reclamou da conta de água
  • Reclamou da conta de subtração
  • Reclamou do George Foreman Grill
  • Reclamou dos Emos
  • Reclamou da Carla Perez
  • Reclamou dos parceiros de banda
  • Reclamou do filho
  • Reclamou do Desciclopédia
  • Reclamou da Sogra (e apanhou)
  • Reclamou de você
  • Reclamou de mim
  • Reclamou da punheta
  • Reclamou do elevador parado
  • Reclamou do trânsito
  • Reclamou do preço do arroz
  • Reclamou das Olimpíadas
  • Reclamou de ser preto
  • Reclamou de ser rapper
  • Reclamou dos computadores
  • Reclamou das Casas Baianas
  • Reclamou da MTV
  • Reclamou do Chapolin
  • Reclamou da Mega Sena
  • Reclamou do Windows
  • Reclamou do Linux
  • Reclamou do Alt+Ctrl+Del
  • Reclamou do POG
  • Reclamou do Clodovil
  • Reclamou do Boça
  • Reclamou do Cú
  • Reclamou de chupar pau
  • Reclamou das tetas
  • Reclamou da sua mãe
  • Reclamou do gás
  • Reclamou do Carandirú
  • Reclamou de ser estuprado
  • Reclamou da pizza de calabresa
  • Reclamou da fazenda
  • Reclamou do capitalismo
  • Reclamou do socialismo
  • Reclamou da anarquia
  • Reclamou da Dercy Gonçalves
  • Reclamou do Fleury
  • Reclamou da blusa suja de colgate
  • Reclamou de terem roubado seu bling bling
  • Reclamou do doguinho do japonês
  • Reclamou do tempo de loading do Neo Geo CD
  • Reclamou de reclamar tanto.
  • Reclamou da globo
  • Reclamou de esqueçer de reclamar
  • Naldo meu amor

Coletâneas[editar]

  • 1989 - Tributo a James Bráu
  • 1990 - Brown Canta Sucessos
  • 1991 - Brown Canta Pequenos Sucessos
  • 1992 - Brown Canta Grandes Sucessos (participação de Sandy & Júnior)
  • 1993 - Brown Canta Gigantescos Sucessos
  • 1994 - Brown Canta Sucessos que Ninguém Mais Aguenta Ouvir
  • 1995 - Na Levada dú Rap Irmão (Participação de Frank Sinatra)
  • 1996 - Racionais Mc Lanche Feliz canta Chitãozinho e Xororóta
  • 1997 - (Brown saiu de férias nesse ano e não gravou porra nenhuma)
  • 1998 - Brown Canta Nada Porque Foi preso Nesse Ano)
  • 1999 - Brown Canta a Tua Mãe
  • 2000 - Brown acha que canto porq tava doidão.
  • 2001 - Brown Perfil participação nada especial banda Deja Vú
  • 2010 - www.pagseguro.uol.com.br

Inspirações[editar]

Mc Lanche Mano Feliz tem várias inspirações para produzir suas músicas, artistas do passado como:


  • Jesus Negão
  • James Browncolis
  • Marquinhos Luta King
  • Raul Cetas
  • cai cai Caetano Velado
  • Tim Maiado
  • Ozzy Osbourne
  • Guria Retardada
  • Latino
  • Hermes e Renato
  • chico bunda suja chão sujo
  • Cristóvão Colombo
  • Falcomn X
  • Adolph Hitler
  • Jeremias
  • Reginaldo Rosseta
  • Horário Político
  • CFRR - Centro de Formação de Rappers Reclamões
  • Kelly tecla key
  • Sua Mãe
  • coringa filho da puta
  • Seu pai ,sua mãe , seus irmãos
  • Seu Rabo
  • Procurando Nemo
  • Michael Jack Stripador
  • Menina Pastora Louca
  • Mario(esse mesmo que você esta pensando)
  • Esse artigo lixo
  • Dexter (esse mesmo que você esta pensando)
  • Dilma (nessa ele votou)

Ligações externas[editar]