México

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mēxihco
Estados Hundidos Mexicanos ou República del Chavo del Ocho
México
Bandeira do México
Brasão de Armas do México
Bandeira Brasão
Lema: ¡Fue sin quierer quierendo!
Hino nacional: ¡Que Bonita Vencidad! (Que bonita sua roupa)

Localização de México

Capital Tenochtitlán (executiva)
Tangamandápio (legislativa)
Acapulco (judiciária)
Vila do Chaves (Cultural)
Cidade mais populosa Vila do Chaves e Miami
Língua Espanhol além de inúmeros dialetos indígenas que soam ininteligíveis para quem ouve.
Religião oficial Madruguismo e Espíritos Zombeteiros
Governo Pimenta Democrática
 - Presidente Seu Barriga Seu Madruga
Heróis Nacionais Chaves,Seu Madruga, Chapolin Colorado, Donald Trump, Plácido Domingo (ou não), Julio Iglesias, Alexandre Pires, Thalia, Luis Miguel, Jared Borgetti, Pancho Villa, Emiliano Zapata, Ligeirinho, Jorge Campos, Rafa Márquez e o criador da maconha
Área  
 - Total 1.958.201 dividido em: 90% de deserto e 10% de maconha km² 
 - Água (%) 1% (Cancun e Acapulco)
Analfabetismo 101 
População 90 milhões de indiozinhos e mestiços, com 1,70m, todos de cabelos com gel, penteados prá acima (penteado germânico) que só comem taco com pimenta, indiazinhas com maus peinados (não assuma que são e também esqueceu entre tantas gerações, não são de suas etnias e também são imitados da loiras que aparecem na televisão), e 24 milhões de brancos e alguns norte americanos expatriados que são foragidos da justiça e suas mulheres brancas muito putas
PIB per Capita Muita exportação de pimenta; 100.000.000.000 
IDH 12+12=emo gay 
Moeda Peso mexicano, tacos, burritos y nachos
Fuso horário 1+1=3
Clima Quente, e com um grande índice de pimenta relativa do ar.
Website governamental Governo Democrático da Pimenta com Taco


Cquote1.png Você quis dizer: Novelas e Chespirito Cquote2.png
Google sobre México
Cquote1.png Você quis dizer: Imigrantes Ilegais? Cquote2.png
Google sobre México
Cquote1.png Você quis dizer: Vila do Chaves? Cquote2.png
Google sobre México
Cquote1.png Você quis dizer: Chapolim e Chaves Cquote2.png
Google sobre México
Cquote1.png Você quis dizer: Nova Espanha Cquote2.png
Google sobre México
Cquote1.png Você quis dizer: Meche o cu Cquote2.png
Google sobre México
Cquote1.png Isso,Isso,Isso,Isso Cquote2.png
Chaves sobre sobre a frase acima
Cquote1.png Minhas vacas! Cquote2.png
Mexicano vendo as vacas sendo abduzidas
Cquote1.png Pipipipipipipipipipipipi Cquote2.png
Chaves sobre falta de graça desse artigo
Cquote1.png Já chegou o disco voador! Cquote2.png
Código mexicano que alerta a aproximação dos agentes da receita
Cquote1.png Quem foi o descobridor do México? Cquote2.png
Professor Girafales sobre México
Cquote1.png Ora, o descobridor foi Tarcísio Meira! Cquote2.png
Quico respondendo à pergunta acima
Cquote1.png Gata, me liga, mais tarde tem balada, quero curtir com você na madrugada... Cquote2.png
Dilma Rousseff xavecando a primeira-dama do México, Angélica Rivera
Cquote1.png Eu Amooo o RBD!!! Cquote2.png
Adolescente mexicano influenciado pelo capitalismo sobre México
Cquote1.png Atchim!!! Cquote2.png
Porco Mexicano sobre Gripe suína

O México é oficialmente o 52° estado dos Estados Unidos da América (porque o 51º é o Canadá), seu nome origina da palavra asteca "mexecu" que no idioma local significa "balança rabo".

História[editar]

Primeiros povos[editar]

Bill Gates anuncia o lançamento do Windows Vista no palanque de Teotihuacán.

Muito antes do México ser conhecido como Narcolândia, os primeiros habitantes já estavam ali em 2300 a.C., enquanto os romanos ainda nem tinham descoberto a roda a avançada civilização olmeca já havia inventado o omelete de coruja, cujos nutrientes garantiram vantagem substancial para os soldados olmecas que dominaram toda a Veracruz por séculos, até o dia que a receita secreta de omelete caiu nas mãos dos cuecas e a hegemonia olmeca entrou em decadência.

Os astecas tinham uma religião muito sangrenta...

Por volta de 300 a.C. Teotihuacán era o novo império dominante pois havia descoberto as vantagens de construir pirâmides, além de ser bom para o turismo o povo da época adorava dedicar uma vida inteira a ficar lapidando e manejando pedras colossais. Os teotihuacán estabeleceram pirâmides em Tikal, Copán e Kaminaljuyú, e se certificou de não fazer tudo muito perfeito, o aspecto de ruína seria mais benéfico para o turismo. Teotihuacán dominou todos zapotecas, caratecas, petecas, hipotecas, e bibliotecas e mobilizou todo esse povo para trabalhar no estudo do alinhamento das pirâmides com o solstício e nas horas vagas aproveitar para produzir lembrancinhas artesanais para os turistas.

Teotihuacán entrou em decadência, e no ano de 700 os toltecas que haviam estabelecido uma aliança com os chichimecas, melecas, e xiximelecas, com seu time de matemáticos, astrônomos, e sarcedotes advinhdores do futuro através do alinhamento dos astros conseguiram estabelecer um terror psicológico e religioso no povo da Mesoamérica, constituindo assim a primeira lavagem cerebral através de religião que ocorreu em toda América. Foram os toltecas que construíram o famoso Chichén Itzá, um imenso caixote em forma de pirâmide utilizado para arrancar no altar as tripas de sacrifícios humanos.

No ano de 1400 os astecas e sua macabra cultura de arrancar corações dominou o México. Na época Montezuma teve uma visão do Monstro Espaguete Voador, e introduziu esta deidade para o panteão junto a Huitzilopochtli, Quetzalcóatl, Mictlantecutli e Seumadrugacoatl. A nova capital Tenochtitlan (Cidade do México) foi estrategicamente construída sobre um pântano e sua rotina foi fielmente reproduzida no filme Apocalypto.

Conquista espanhola[editar]

Francisco Javier Mina quando era militante do ETA. No México foi um dos mais selvagens em combate.
...com a chegada da "civilização"... continuou tudo igual...

No ano de 1519 chegam os espanhóis se achando os donos do mundo, e Tenochtitlan após 8 meses de cerco foi conquistada graças a uma aliança entre espanhóis, tlaxcaltecas e panquecas. Naquele ano Hernan Cortés foi confundido com Quetzalcóatl Apesar da supremia bélica e tecnológica espanhola, os astecas lutaram bravamente, usavam a seu favor areia movediça e bonecos vudu, mas após 1 ano de intensas batalhas os astecas não resistiram uma pandemia de varíola e AIDS e morreram todos.

Sob o domínio espanhol, o México foi transformado em "Nova Espanha" cujo regime governamental se baseava nos preceitos da Inquisição Espanhola que pregava o saque de todo ouro para pagar o batismo forçado dos poucos índios que haviam sobrevivido e agora trabalhavam como escravos. Os indígenas estavam um pouco incomodados em terem sido escravizados por um exército que chegou do nada, serem batizados por um grupo de frades. Estes nativos planejavam organizar uma resistência, mas sempre tinham alguma coisa para fazer e adiavam a revolta para o dia seguinte, e quando se deram conta havia se passado 300 anos. A capital da Nova Espanha era Tangamandápio, o que explica essa cultura de querer evitar a fadiga.

Independência[editar]

Ministros dos Estados Unidos e México discutem a divisão territorial.
O Dia da Independência versão Mexicana

O México se tornou dependente independente muito cedo. Com a Crise Cactaceae em 16 de setembro de 1810 o mercado internacional de cactaceanos, surgido um ou dois dias antes, fechou as portas para a tradicional monocultura mexicana, o cacto. Beirando o colapso econômico o então proprietário da Cactos S. A., Juan Rúan Miguel Hidalgo, decidiu que seu país deveria ser independente com a frase "Si el mundo no quiere los cacsitos, los cacsitos no quierem el mundo", uma espécie de "Independência ou morte" por lá. A guerra de independência, conhecida como guerra da independência, durou 11 anos e terminou quando as tropas mexicanas, que tinham como uniforme um sombreiro e, se possível, alguma roupa, desistiram de tentar convencer os Estados Unidos a aceita-los como a 14ª colônia e optaram por serem um país próprio já que a Espanha não os queriam mais de volta.

Surgia assim o Empório Mexicano Império Mexicano e ironicamente o proclamador do império era Agustín de Iturbide, um espanhol. O Império durou dois anos até quando as negociações de integração aos Estados Unidos falharam e a população decidiu autoproclamar o México um estado dos Estados Unidos sem o consentimento dos mesmos, nascia os Estados Unidos do México. O primeiro presidente foi eleito em 1824, o ano não foi escolhido por acaso já que Félix Fernandez mudou seu nome para Guadalupe Victoria, a Charmosa assim que assumiu que era gay o cargo.

Guerras contra os Estados Unidos[editar]

Os mexicanos não gostam de trabalhar e são os vagabundos conhecidos pelos Estados Unidos internacionalmente, alguns dizem que os baianos tem descendência mexicana. Aproveitando-se desse fato, os Estados Unidos conquistaram o México simplesmente porque os mexicanos tiveram preguiça de se defender. Mas hoje os Méxicanos conquistaram pois Los angeles e de fato a Segunda cidade com mas Méxicanos no mundo e esta nos Estados unidos, junto com um monte de Méxicanos ilegais escondidos por baixo das pedras esperando para atacar ao grito de Guerra . Em 1836 houve um fato marcante na história do México, a Batalha do Álamo onde rebeldes texanos tomaram um antigo forte espanhol e inocentemente afirmaram que, dentro daqueles muros, era território estadunidense. O governo mexicano entendeu isso como uma provocação e decidiu provar que mexicano que é mexicano e tem cojones entra em território dos Estados Unidos onde quer que seja. Em um primeiro conflito os mexicanos obtiveram seu objetivo, mas pouco tempo depois, em abril do mesmo ano, a Imigração chegou e pôs todo mundo para fora.

Revolução Mexicana[editar]

Maximiliano vs. Benito Juárez na batalha derradeira pelo México.
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Revolução Mexicana

E o México segue em paz e sem graça até 1910, quando o então presidente Porfírio Diáz vê estar prestes a perder a reeleição para Francisco Madero, que em campanha prometia unir o México aos Estados Unidos, e assim começa a Revolução Mexicana. Mesmo com Francisco Madero preso no Texas pela Imigração, as forças revolucionárias de Pancho Villa obtiveram sucesso contra o exército federal composto apenas por Diáz, afinal todos mexicanos queriam se juntar aos Estados Unidos. Mesmo após a vitória formal da revolução ainda houve por um tempo alguns conflitos armados entre os mexicanos que acreditavam que a Califórnia era o melhor lugar do mundo contra os que acreditavam que a Florida é que era o melhor lugar do mundo.

Fatos recentes[editar]

O México atual, onde as mendigas são supostamente lindas e gostosas.
  • Alguns insistem em dizer que o México é uma organização sem fins lucrativos criado a partir da parceria entre os Estados Unidos e Silvio Santos, cada um com um interesse.
  • Para os Estados Unidos o México é onde são treinados os escravos trabalhadores estrangeiros que ao atingir a idade certa se mudam ilegalmente e desempenham tarefas essenciais a nação, como fazer hambúrgueres, limpar pratos e lavar banheiros. É também o local de férias preferido pelos americanos por causa das belas putas praias e da tequila.
  • Silvio Santos usa o local como fábrica onde são produzidas todas as merdas atrações exibidas no SBT.
  • Atualmente o México possui o maior muquífo urbano do mundo, sua capital Ciudad del Mexico i del Estados Unidos. O México também possui um lema que é "Nuestra Historia, Nuestra Lucha" que se refere as suas inúmeras tentativas de se anexar aos EUA.
  • Existe no México atual uma guerrilha, um movimento, contra a subordinação de seu país aos Estados Unidos. Estes guerrilheiros pregam a anexação completa, formal e incondicional de seus país aos estadunidenses e não somente "como se fosse".

Geografia[editar]

97% do país é coberto por plantações da pimenta-ay-caramba, cujo responsável por 92% da produção nacional é Bart Simpson, filho do Presidente americano Homer Simpson. Como quase todo o território é coberto por plantação de pimenta, todos os seus 80 trilhões de habitantes moram na Cidade do Méxicu é devastada por epidemias. As novelas mexicanas são as mais frequentes e fatais. Também é onde tem a maior e exclusiva produção de Feijões Puladores Mexicanos, que ajuda a manter a alimentação básica da população quando, fato raro, conseguem ser pegos por alguém, já que os mexicanos não gostam de se mexer muito.

Subdivisões[editar]

O México subdivide-se em 31 estados (apenas 6 para os americanos, por causa da fronteira) e 1 estado ultramarino (Flórida), como uma tentativa desesperada de copiar os Estados Unidos como federação. Infelizmente o México não tem nenhum "Acre" para ser zoado.


Estatísticas sobre povo mexicano:

Índios e mestiços: 90%

Brancos: 10%

Racistas: 100%

Narco-traficantes: 10%

Imigrantes centro-americanos e caribenhos: 2%

Atores de novela e figurantes da Televisa: 0,01%

Mexicanos ilegais nos Estados Unidos: 1000000000000000000000%

Economia[editar]

Um mexicano orgulhoso por seu país.

Atualmente, assim como o Brasil é um grande exportador de putas, travestis e jogadores de futebol para a Europa, o México é o maior exportador de mariachis, tequila, novela mexicana, sombrero, Taco, pimenta e imigrantes ilegais, além de narcotraficantes, como os membros de gangues que inundam a Califórnia, o Texas e o Novo México (quer nome mais sugestivo?) com terceiro mundismo e sotaque castelhano (gente feia com cara de índios peruanos) e outros produtos de grande valia como cocaína e heroína, motivo pelo qual Trump se elegeu com a promessa de se livrar daquela merda...ops! Quer dizer daqueles indesejáveis vizinhos do sul. O México também recuperou seu mercado de cactos e tornou-se o segundo em produção e consumo de comida mexicana, só atrás dos Estados Unidos. E quando se achava que não tinham nada de pior do que as novelas mexicanas para exportar, resolveram mandar para o resto do mundo a gripe suína.

  • A principal fonte de emprego no México são os trabalhos na Televisa.

O consumo anual per capita de pimenta é de 19,87 toneladas, e o consumo anual per capita de feijões saltadores mexicanos é de 17 gramas. E o nível de novelas produzidas é de 49,52/dia, cuja novela mais reprisada é Maria do Bairro. As duas maiores invenções do México são a pimenta para disfarçar o gosto de merda das comidas, e a Tequila para disfarçar o gosto de merda das mulheres feias.

População[editar]

Mexicana em seus trajes típicos, que une a necessidade climática com adereços culturais para uma boa dança castelhana e quilos de intervenções cirúrgicas afim de deixar a mulher com o máximo de artificialidade possível.

Diferente de Argentina, Uruguai que receberam larga imigração europeia nos séculos XIX e XX, no México, somente a elite do país é verdadeiramente branca. Sobrenomes de origem estrangeira entre os mexicanos, é portanto não muito comum. Assim como no Brasil, ataques a estrangeiros são frequentes pelas ruas do México, onde um gringo tem 100% de chances de ser roubado, assaltado ou sequestrado por narcos e membros de cartéis que exigem o resgate em euros e dóllares. Do contrário, eles irão cortá-lo em pedacinhos. Depois do Haiti, de Medellín na Colômbia, de Caracas na Venezuela, do Rio de Janeiro e da Bahia aqui no Brasil, pode-se dizer que o México é o lugar mais perigoso que um estrangeiro poderá se aventurar no mundo, principalmente se você for branco.

  • 60% da população mexicana são astecas ou maias (ameríndios) que vivem em vilas pré-históricas e plantam pimenta-ay-caramba em suas chinampas. 40% são imigrantes ilegais que fizeram filhos nos USA.
  • Os índios deste país são os melhores do mundo para fazer cosplay de o diabo ou de demônios pelo tipo de feiúra de seus rostos.
  • 99% das mulheres se chamam Señora Consuelo. Metade dos mexicanos tem Gonzalez como sobrenome. A outra metade é Chávez. Outros são casados com um dos dois.
  • 100% da poupulação como pimenta.
  • Metade dos mexicanos editam a Wikipédia para escrever sobre suas vidas, e a outra metade edita a Inciclopedia para falar mal do México.
  • Homens não podem sair de casa sem, 3 kg de gel no cabelo e 1 kg de taco, com 500g de pimenta, para uma fome recorrente. E as mulheres sem 3 kg de maquiagem. A qualquer hora do dia ou da noite.
  • Todo, todo, mas TODO homem, já nasce com um bigode de 10 cm, e pela lei criada pelo seu mero presidente seu madruga, os homens só podem raspar seus bigodes em anos bissextos.
  • 5 de cada 10 Brasileiro que visita México volta casado com mexicana.


Assim como chilenos, peruanos e argentinos, mexicanos também são racistas. Eles acreditam que são membros de uma raça indígena superior de origem asteca que se fundiu com o sangue mouro dos colonizadores espanhóis que gerou um povo superior de pele morena e traços de mongol. Por isso, eles odeiam os emigrantes pobres vindos de países da América Central como El Salvador, Nicarágua e Guatemala. Eles também odeiam afrodescendentes pelo o fato dos negros terem pênis maior que os dos índios. Entre os mexicanos é comum dizer que os "negros são a merda de Deus." Mas espera aí? Se de acordo com o ex-presidente mexicano Vicent Fox, "os mexicanos fazem os trabalhos que nem os negros querem fazer", isto seria uma forma auto-declarada dos mexicanos admitirem que na hierarquia social vigente, eles se encontram abaixo da própria merda? O que explica a predisposição dos mesmos em trabalhar como cortadores de grama e babás para casais brancos na "gringolândia" (leia-se EUA). Isto explica também o fato de que grande parte dos mexicanos morrem de raiva dos argentinos pelos mesmos serem na sua maioria brancos caucasianos e mais desenvolvidos socialmente, além de terem dois mundiais (um roubado em 78 e outro com gol de mão em 86). Em troca, os argentinos os apelidaram carinhosamente de "mexinarcos". Os mexicanos também odeiam com ódio mortal os seus vizinhos do norte, isto se deve pelo fato deles serem considerados como "brown people" pelos norte-americanos brancos e por serem discriminados da mesma como forma como fazem os próprios mexicanos com outros grupos que vivem no México: imigrantes centro-americanos, índios (eles odeiam eles mesmos), negros, asiáticos, peruanos, caribenhos, sul-americanos ("sudacas"), entre outros. Em suma, os mexicanos são um bando de hipócritas e possuem um forte complexo de inferioridade relacionado a própria origem étnica e racial. Como orgulhosos descendentes de povos astecas e maias, os mexicanos de Sinaloa e o Cartel dos Zetas continuam preservando a longa tradição de decapitar pessoas e de arrancar seus corações ainda batendo como faziam com as virgens para aplacar a fúria dos deuses. A diferença é que hoje, eles fazem isso e ainda gravam vídeos que fazem um grande sucesso no internet.

Política[editar]

Principais partidos políticos do México.

A política mexicana é muito similar à do Brasil, ou seja, é uma grande putaria. O negócio dos políticos mexicanos é investir na bandalheira e incentivar que a população do país fuja dali para os Estados Unidos, porque a ideia é deixar o máximo de pessoas possíveis numa situação fodida.

O país México pode ser considerado um segundo Brasil na maldita e imunda América Latrina. Uma vez que eles parecem nos imitar em todos os problemas sociais que nós possuímos, tais como corrupção, extrema desigualdade social, narco-tráfico, sequestro, roubo, criminalidade absurda, cidades poluídas e sujas, povo igualmente mal-educado, ataques constantes à estrangeiros, tudo a mesma coisa... Enfim... São 78,125 revoluções por dia. E 90% são a favor da liberação da maconha, proveniente da flor de pimenta e do peyote, criada por um cientista mexicano com descendência jamaicana. Outra coisa a notar é que no México os ricos é o que está no governo, eles leem mas do que Brasileiro prova disso e que adoram filmes com lendas pois preferem assistir na língua original então se você morar no México pode ter certeza que sempre terá vaga nas salas com filme dublado mas isso não impede por igual tantas decisões ruins no pais.

  • Tem o homem mas rico e sem vergonha do mundo Carlos Slim.

Cultura[editar]

  • O México é conhecido mundialmente por causa da banda RBD com suas cantoras que honram o nome do seu país. Outro grande sucesso mexicano é o seriado Chaves e suas piadinhas que não envolvem mulher pelada, uma raridade.
  • Mulheres devem ser obrigatoriamente batizadas com dois nomes próprios, por exemplo: Maria Consuelo, Joana Guadalupe e assim por diante...

101% da população usa "ARRIBA" como ponto final das frases, ARRIBAAAAAAAA!

  • Uma característica essencial dos mexicanos é a mania de ter que pedir a mesma coisa mais de uma vez para que ela saia e, às vezes, nem isso é suficiente.
  • Único país do mundo onde a primeira-dama era protagonista de novela mexicana!

Esportes[editar]

Mexicanos jogando futebol.

O México marca presença em qualquer esporte que seja, principalmente quando jogam contra o Peru, no clássico México-Peru. Eles também possuem a incrível habilidade de serem sempre eliminados nas oitavas-de-final de qualquer copa do mundo. Aliás, existe um ditado famoso que diz que na vida, duas coisas são inevitáveis: a primeira é a morte e a segunda é que o México será eliminado nas oitavas de final do próximo mundial. É a chamada "maldição da quinta partida". Normalmente se dão mal por serem vagabundos e também por causa de um índio azteca que lançou uma maldição sobre os o território mexicano, por causa dos espanhóis, dizendo que o México só conseguiria passar das oitavas de final de um mundial, se jogasse em casa novamente como em 1986. Enquanto isso, eles continuam jogando como nunca e perdendo como sempre. Também pudera! O que se pode esperar de uma seleção da CONCAF? Porém, até a Costa Rica e os Estados Unidos conseguiram chegar a quinta partida, menos o México. A maldição azteca continua com um detalhe desagradável: todas as seleções que eliminam o México, são por sua vez, igualmente eliminadas, Argentina e Brasil que o diga. Mas o esporte considerado nacional é a Luta livre onde dois ou mais "indiozinhos", super desenvolvidos, com máscaras, capas, fantasias, seminus, se pegam num rinque que nem duas bichas no cio.

Outro esporte muito praticado no México é a corrida El Paso ao Texas. É basicamente uma corrida onde os competidores saem correndo de El Paso e tem que chegar ao ponto extremo do Texas. Há vários obstáculos para complicar a corrida, como o deserto, o calor e a polícia. A recompensa, não poderia ser melhor: você pode continuar nos EUA e ganhar um green card! Entretanto, devido a promessa de campanha do senhor Donald Trump no que toca a construção de muro para se livrar dos chicanos, tudo indica que este esporte nacional está em vias de extinção. Mas por um lado, os mexicanos assim como imigrantes centro-americanos poderão iniciar uma nova tradição esportiva em seus países que é o nado de balsa, que basicamente consiste em construir um barco improvisado e ir nadando pelo Caribe até chegar na Flórida para pedir asilo. Mas tudo demonstra que será muito difícil para os mexicanos venceram a hegemonia dos cubanos neste esporte do qual os mesmos possuem uma longa tradição. Isso se a polícia não te achar (esse é um obstáculo permanente). Tem também o baseball mexicano, cujo treinamento principal é quebrar piñatas.

Religião[editar]

A igreja católica conseguiu mais do que seu intento: Todos mexicanos são adoradores de Nossa Senhora de Guadalupe, Incluídos os não católicos.

Turismo[editar]

As principais atrações turísticas são as pirâmides importadas do Egito, os índios também como os egípcios e cidades e territórios que foram importantes na época da colônia espanhola que têm grandes abadias espanholas (e estas são abandonadas). O animal típico é o coiote, abundante nos desertos do país onde procuram papa-léguas para se alimentar.


Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de México no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Flag map Mexico.png México
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
Olivio curriculo.jpg
América
v d e h

Países: Antígua e Barbuda | Argentina | Bahamas | Barbados | Belize | Bolívia | Brasil | Canadá | Chile | Colômbia | Costa Rica | Cuba | Dominica | Equador | El Salvador | Estados Unidos | Granada | Guatemala | Guiana | Haiti | Honduras | Jamaica | México | Nicarágua | Panamá | Paraguai | Peru | República Dominicana | Santa Lúcia | São Cristóvão e Nevis | São Vicente e Granadinas | Suriname | Trinidad e Tobago | Uruguai | Venezuela

Territórios: Alasca | Anguilla | Aruba | Bermudas | Bonaire | Curaçao | Groenlândia | Guadalupe | Guiana Francesa | Ilhas Cayman | Ilhas Falkland | Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul | Ilhas Turcas e Caicos | Ilhas Virgens Americanas | Ilhas Virgens Britânicas | Martinica | Montserrat | Porto Rico | Saint-Barthélemy | Saint Martin | Saint-Pierre e Miquelon | Sint Maarten

Flag of OCDE.jpg
Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico
v d e h

Países membros: Alemanha | Austrália | Áustria | Bélgica | Canadá | Chile | Coreia do Sul | Dinamarca | Eslováquia | Espanha | Estados Unidos | Finlândia | França | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Japão | Luxemburgo | México | Noruega | Nova Zelândia | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido | República Tcheca | Suécia | Suíça | Turquia