Irlanda do Norte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nor Iron
Northern Ireland
IRA
Bandeira de IRA
Brasão de IRA
Bandeira Brasão
Lema: Healyyyyy, Healyyyy
Hino nacional: Ian Paisley eats the Charred remains of Orphans

Localização de IRA

Capital Belfast Londres
Cidade mais populosa Belfast Dublin
Religião oficial (recomenda-se não preencher esse campo)
Governo Problemático
 - Primeiro Ministro Gordon Brown, Oscar Wilde
Heróis Nacionais Pat Jennings Oliver Cromwell, Jake Burns U2
Área  
 - Total Números vivem mudando km² 
 - Água (%) 50
Analfabetismo
População 10.000 
PIB per Capita O pessoal é rico, apesar de tudo estar explodido 
IDH
Moeda mulheres e crianças
Fuso horário Hora de brigar
Clima Frio pra cacete
Website governamental Site do Governo


Cquote1.png O IRA está apenas lutando pelos seus direitos Cquote2.png
Nasi, Wolverine Valadão sobre IRA

Irlanda do Norte é uma pequena e desolada habitação no norte da ilha da Irlanda que possui uma gravíssima crise de identidade.

História[editar]

Nasi. Líder do IRA. Praticamente dono da Irlanda do Norte.

Durante a formação do Império Anglo-Saxão, conhecido hoje como Reino Unido, todos indesejáveis eram banidos para onde atualmente se encontra a Irlanda do Norte. Nota-se uma peculiaridade da cultura britânica, que é sua mania de criar colônias penais no mundo. O Reino Unido é a nação com maior número de bandidos e piratas do mundo.

Na antiguidade, Irlanda, Irlanda do Norte, Inglaterra, Reino Unido, era tudo a mesma coisa (é a mesma coisa até hoje), a diferença surge quando a Irlanda, revoltada com os gentlemans ingleses, fundaram a nação dos hooligans, a Irlanda. A parte da Irlanda do Norte ficou num mato sem cachorro, pois não sabia a que país se filiar.

Decidiu então ficar do lado inglês que era mais decente apesar de fresco, e mandou a Irlanda ir para aquele lugar.

Surge então o IRA, que são hooligans que pegaram numa metralhadora e começaram a fazer atos terroristas no Reino Unido para mostrar que na Irlanda do Norte não tem gentlemans, mas sim vândalos.

No final das contas a desculpa é a religião. A Irlanda do Norte é o único país do mundo onde a religião oficial não é a maioria. Oficialmente o governo expõe que o país é protestante e cheio de gentlemans, mas na verdade o país é povoado por católicos e hooligans. Mas por outro lado a Irlanda do Norte por estar nos braços da rainha é mais próspera que a Irlanda com certeza. Então a guerra sobre aonde fica a Irlanda do Norte é sem fim.

Política[editar]

Liderada por uma organização paramilitar que se reúnem num congresso para dar satisfações à Rainha. A bancada é formada metade por católicos, metade por protestantes. Obviamente nunca sai nada desse congresso além de porrada.

Geografia[editar]

Um semáforo na Irlanda do Norte. Verde indica que anglicanos podem passar. Amarelo indica que Protestantes podem passar. Vermelho indica que Católicos podem atravessar.

A Irlanda surgiu em 1092 a.C. em uma erupção vulcânica, desde então seu solo é infértil. Tem um pouco de petróleo, mas a comida no país é 100% importada.

Religião[editar]

A religião oficial e estudada na escola é a protestante, mas a religião ensinada em casa é a católica, conforme o povo celta nativo aprendeu com os cateques exterminadores alemães, durante a época bárbara.

É lógico que esse tumulto de religiões pira a cabeça dos habitantes, que por não saberem o que é Deus direito, começam a promover o caos típico do país.

Língua[editar]

Assim como a religião o povo norte irlândes também não sabe qual é sua língua oficial, mas em geral os anglicanos falam inglês, os protestantes escocês misturado com irlândes, os católicos falam irlandês e os ateus não falam porra nenhuma. Liderada por uma organização paramilitar que se reúnem num congresso para dar satisfações à Rainha. A bancada é formada metade por católicos, metade por protestantes. Obviamente nunca sai nada desse congresso além de porrada.

Ver também[editar]

Flag map Irlanda do Norte.png Irlanda do Norte
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo


Bandeira da União Europeia.png
Europa
v d e h

Países: Albânia | Alemanha | Andorra | Armênia | Áustria | Azerbaijão | Bélgica | Bielorrússia | Bósnia e Herzegovina | Bulgária | Cazaquistão | Chipre | Croácia | Dinamarca | Eslováquia | Eslovênia | Espanha | Estônia | Finlândia | França | Geórgia | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Letônia | Liechtenstein | Lituânia | Luxemburgo | Macedônia do Norte | Malta | Moldávia | Mônaco | Montenegro | Noruega | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) | República Tcheca | Romênia | Rússia | San Marino | Sérvia | Suécia | Suíça | Turquia | Ucrânia | Vaticano

Territórios: Abecásia | Açores | Akrotiri e Dhekelia | Åland | Chipre do Norte | Crimeia | Gibraltar | Ilha da Madeira | Ilha de Man | Ilhas Canárias | Ilhas do Canal | Ilhas Faroé | Jan Mayen | Kosovo | Ossétia do Sul | País Basco | República de Artsakh | Svalbard | Transnístria