Haplorrhini

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Discionario em png.PNG O Descionário possui um verbete sobre Macaco


Macacos
O ser humano, uma forma de vida muito mais evoluída que descende dos macacos.
O ser humano, uma forma de vida muito mais evoluída que descende dos macacos.
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Classe: Mamadores
Ordem: Homem Primata Capitalismo Selvagem
Subordem: Nariz seco

Cquote1.png Você quis dizer: Homem Cquote2.png
Google sobre Haplorrhini
Cquote1.png Você quis dizer: Primo Cquote2.png
Google sobre Haplorrhini
Cquote1.png Macacos são o que mais tem neste Brasil! Cquote2.png
Racista sobre negros
Cquote1.png Quero ver dizer isto perto de mim! Cquote2.png
Carl Johnson sobre Racista
Cquote1.png Quer banana? Cquote2.png
macaco sobre Tua mãe
Cquote1.png Se eu pudesse eu matava mil Cquote2.png
Jeremias sobre macaco

Haplorrhini é a subordem de primatas que possuem nariz ao invés de focinho, ou seja, todos símios que não sejam os lêmures, popularmente conhecidos então como Macacos. De acordo com o Darwinismo, o macaco é o animal que deu origem ao Homem, pois ambos são haplorrhinis, é tudo muito óbvio. De acordo com o Criacionismo, é uma animal que se parece muito com homem, mas é um mafagafo em um de seus desfarces incríveis. E a Terra existe há doze mil anos e foi criada por Deus, seu ateu filho-duma-puta.

Origem

Versão Darwinista: no meio marinho, seres vivos cada vez maiores foram se formando com cada vez mais células e a seleção natural preservou os seres com maior aptidão para sobrevivência, processo que eventualmente levou a formação de narizes nos lêmures, que se tornaram os macacos Haplorrhini que vieram dar origem aos chimpanzés e homens.

Versão Criacionista: Deus, em sua infinita sabedoria, pegou o balde de barro mais próximo e brincou de massinha até criar um formato interessante ao qual, com seu infinito poder, deu vida. Esse formato virou Adão. Os Haplorrhini que se fodam, seu ateu filho-duma-puta.

Habitat

Perto o suficiente para tacar merda na sua cara ou bosta e outras coisas do tipo (principalmente em emos e homossexuais que iam trepar com o macaco)

Aceite a realidade: você não seria nada sem os macacos.

Famílias

Macaco mostrando todo o poder de seu cú!