Halfdan, o Negro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Viking dinamarca.jpg Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!

Black Badge.jpg Este artigo é negro AFRO-DESCENDENTE!!

Os negros dominam TODOS os esportes, então tenha respeito!

Cquote1.png A escravidão doeu mais nos brancos do que nos negros... Cquote2.png
Pelo menos foi o que o Bush disse.


Ele não era assim...

Halfdan, o Negro foi um líder viking em 900 e lá vai bolinha. Foi o primeiro rei europeu a subir ao trono por meio do sistema de cotas, e além disso também entrou para a história como o irmão pai de Harald Cabelo Belo. Assim como seu filho, Halfdan tinha uma juba preta muito bonita e foi o fundador da dinastia dos cabelos fashion da Noruega.

História[editar]

Halfdan era filho do rei de Vestfold, Gudrød, o Caçador, que levava esse apelido por ser um exímio jogador nessa classe do World of Warcraft. Porém certo dia quando Halfdan tinha apenas 1 ano de idade, Gudrod perdeu no PvP pra um noob e humilhado, deixou a vila, inventando que tinha sido esfaqueado por um criado qualquer para não passar tanta vergonha. Para azar do pobre menino Halfdan que foi enviado por sua mãe para ser criado em outro reino.

Quando completou 18 anos, Halfdan se inscreveu no vestibular para rei de Vestfold, mas tal vaga já era ocupada por seu meio-irmão Olaf, Elfo de Geirstad. Nessa época ele já conhecido como Halfdan, o Negro, devido ao seu belo cabelo preto que no meio daquele bando de loiro da Escandinávia, fazia-o se destacar. O futuro rei era feio pra cacete e como não podia alterar a cara sem nascer de novo, resolveu se embelezar através da juba.

Era assim

Diante desse imbróglio real da realeza Halfdan apelou para o sistema de cotas, alegando que tinha prioridade por ter o cabelo mais bonito (havia controvérsias) e que os noruegueses tinham uma dívida histórica com ele, pela rara cor de sua cabeça. Convencidos, os vestfoldenses lhe deixaram metade do reino, mas claro que ele não se contentou e pegou a outra metade também, afim de levar sua ideologia capilar por toda a Noruega e quiçá Europa.

Família e fim[editar]

Quando se cansou de governar, Halfdan resolveu brincar de ser pai e teve um filho chamado Harald. Cuidadoso, tratou de passar para o piá todos seus ensinamentos capilares, afim de levar seu legado fashion adiante. Seu filho entraria para a história como Harald Cabelo Belo, o primeiro e único rei a unificar a Noruega em torno do uso de shampoo.

De acordo com as sagas, Halfdan morreu afogado ao tentar andar de trenó sobre um lago congelado, que cedeu não aguentando o peso de tanta belezura. Todos distritos do reino reivindicaram seu corpo que foi dividido em quatro partes, naturalmente a sua cabeça sendo mais valorizada, com seus súditos cuidando das madeixas negras de Halfdan muitos anos após o empacotamento do defunto.

Ver também[editar]

Oslo espelho.jpg Ek est årtikkel Norsk!

Este artigo desfruta do melhor IDH do mundo! O autor bebe hidromel, ouve black metal, nada em petróleo, é descendente de vikings e mora perto de um fjord.

Tudo pelas norueguesas!


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!