Frank Black

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Frank Black é o líder de uma das bandas mais cultuadas e respeitadas do planeta, mesmo que ninguém a conheça: o Pixies.(*CUIDADO: não pronuncie Pixies perto de um Indie, ele pode dar gritinhos orgásmicos)

- Atualmente tem uma carreira solo decadente como Frank Black and The Catholics.

Infância[editar]

- Com 12 anos já escrevia músicas. Apanhava tanto na escola que resolveu ser músico para conseguir faturar garotas quando entrasse no colegial (e apanhar menos, claro).

- Morou em algum desses países da América do Sul (ou seria América Central?). OK. O que importa é que foi de onde tirou o espanhol mais vagabundo possível, utilizando-o em frases completamente sem sentido em algumas suas músicas.

- Antes de se tornar músico indie bem-sucedido (coisa meio contraditória) - e engordar pra caralho -, Frank trabalhou como investigador para a TV americana no seriado Millenium.

Nome Artístico[editar]

- No início de sua carreira, tomou a alcunha de Black Francis como seu nome artístico. Por causa da numerologia, mudou para Frank Black e aí sim sua carreira engrenou. Igualzinho à Sandra de Sá.

- Seu nome verdadeiro é Charles Michael Kittridge Thompson. Realmente não dá para imaginar de onde esse indivíduo arrumou esse nome artístico. Deve ter sido para não apanhar.

Cu-cu-cu-riosidades do Su-su-su-cesso![editar]

- Ele demitiu a banda inteira passando um fax (interprete como quiser);

- O Pixies ficou tão famoso que virou até tema de novela no Brasil no final dos Anos 80;

- Nunca teve cabelo;

- Ele é considerado um gênio na terra dos Cabeça de Ovo.

- Dono de um corpo bem delineado, Frank Black foi Rei Momo no Carnaval de 2004.

- É formado em Arqueologia (É memo?!?)