Desnotícias:Evo iMorales deixa o comando da Bolívia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

ORURO, Bolívia

Evo morales renuncio la direccion de lo paraguay do norte.png

Após derrota de 3x1 do Bahia para o Flamengo, o treinador de guerrilheiros Evo iMorales deixa o comando técnico da República Bolivariana Numero Dos, um país de segunda que integra a Liga das Repúblicas de Simón Bolívar. Evo não resistiu depois que que a diretoria deixou de apoiar esse projeto de manager e também depois que ele perdeu o controle do vestiário daquele time de índios herois.

Depois que deu a última coletiva, o agora ex-comandante da Bolívia disse que não assumiria novos trabalhos neste ano e que passaria um ano sabático no Sítio de Atibaia, com seu melhor amigo Luizito de la Sirva. Alguns jornais esportivos como o Marca, da Espanha e o Olé, da Argentina, dizem que o treinador pensa em montar um triunvicerato com seu amigo Lula e a agora vice-presidente argentina, Cristina Kichiner, para controlar um pau mandado chamado Alberto Fernandéz.

Evo não respondeu nossas ligações, mas Deus(kazuya mishima), tendo em vista este fato, parece que sim.


Fontes[editar]