Desnotícias:Câmara dos deputados ladrões arquiva denúncia contra o Presidente Satânico Michel Temer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

PROPINA'S CITY, Brazil

Michel Temer, o satânico presidente da república, continua com seu mandato graças a seus comparsas ladrões e assim, prossegue com seu plano para foder com os pobres e conquistar o mundo.

Na meia-noite desta quarta-feira (2), ocorreu o resultado final da festa de arrombados na Câmara dos Deputados que decidiu o destino do então, presidente satânico Michel Temer, vulgo vampirão do Planalto. Após muitas putarias como de costume, com o mesmo teatrinho e falatório entre apoiadores e opositores (sendo que todos são farinha do mesmo saco, pois são ladrões), ficou decidido que o ditador ladrão Temer (único presidente brasileiro acusado de corrupção durante o exercício do mandato) continuará exercendo seu governo até o final do mandato, que se encerrará em 32 de dozembro de 2018. Com isso, seus planos de foder o Brasil com suas reformas demoníacas continuam.

Temer foi acusado pela PGR (Professor Girafales da República) de receber propina dos donos do frigorífico JBS, em troca de benefícios concedidos pelo governo. Uma mala com R$ 500 mil chegou a ser entregue a um dos interlocutores.

Votação[editar]

A putaria começou às 01:00h da manhã desta quarta e terminou as 00:00h da noite dessa quinta, com os previsíveis teatros, puxação de saco, ofensas, bate boca, empurra-empurra, troca-troca, suruba e tudo mais, sendo que apenas a Glóbulo teve saco para exibir essa merda que não deu em nada, já que os canais concorrentes, preferiram seguir com sua programação normal, o que deixou a emissora de Roberto Marinho em último lugar no ibope, já que ninguém tem paciência para assistir um monte de ladrões defendendo um ladrão. Ou não.

Por fim, o presidente disse que não ficou ofendido com as ofensas e que não mostrou nenhum ressentimento, já que continuará com as reformas para foder com os brasileiros e roubar mais um pouco, junto com os seus comparsas.


Fontes[editar]