Desciclopédia:Página de testes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte dos desmanuais, seu acervo de instruções livres de conteúdo. Nuclear-explosion.jpg

Usuários adeptos do Desmanual.

Olá amigo! Eu Sou uma Bosta

Se está aqui, é porque deseja dominar o mundo. Caso NÃO QUEIRA fazer isso, aplique força na sua cabeça na forma de dano físico até se esquecer que clicou nesse link. Mas caso queira, ótimo! Vamos começar! Primeiro de tudo, você precisará de entender que esse guia IRÁ envolver a morte de muita gente, e caso você faça merda, envolverá sua morte também. Então, se você for covarde não quiser morrer enquanto domina o mundo, considere seguir os outros guias dessa série, A arte de dominar o mundo com muito marketing, muito empreendedorismo e nenhum recurso e A arte de dominar o mundo com muita religião, muitos cultos e nenhum recurso. Não se esqueça: Se tudo falhar e te questionarem de onde você tirou essa ideia absurda de dominação mundial, NÃO mencione esse deslivro! Nossos macaquinhos da Desciclopédia sabem onde você mora e irão te caçar caso faça isso.

Por que diabos eu deveria dominar o mundo?[editar]

Um belo exemplar de "Dominador do Mundo", feliz com o seu sucesso (Até que os russos comeram o cu dele)

Eu sei eu sei, você provavelmente está se perguntando isso. Bem, tem VÁRIOS motivos pra se fazer isso, mas vamos listar as principais desculpas razões aqui:

  • Porque você quis: É a razão mais honesta de todas! E também a mais usada por vilões de anime/filmes.
  • Porque te desafiaram: Aposto que alguma vez na vida alguém já disse pra você: Um fracassado do seu porte não iria conseguir nem ser gerente do Mac Donald's, quanto mais ser dono de algo! Mande essas pessoas enfiarem a opinião delas no cu e domine o MUNDO para poder calar eles! (E se não calarem, depois que o mundo for seu eles não terão muitas opções.)
  • Pra poder remover algo que você não gosta da face da Terra: Você odeia funk? Pablo Vittar? Novelas da Globo? Cornos passivos? Depois que dominar o mundo, nada disso precisará existir porque você poderá PROIBIR a existência dessas coisas! Só tome cuidado pra não proibir coisas demais e irritar os fãs da coisa em questão. Pra mais informações veja a seção "O que fazer (E não fazer) depois que seu poder estiver consolidado".
  • Pra liberar o uso de armas: Se você quer dominar o mundo através da violência, tem uma boa chance de você ser um militar lelé da cuca que tem prazer em ver seus inimigos chorarem por piedade nos seus pés. Se esse for o caso, você COM CERTEZA vai adorar a perspectiva de todo mundo poder usar armas pra espalhar ainda mais violência e caos por aí. E sejamos honestos: Quem nunca quis ter uma AK-47 em casa?
  • Pra não ter que trabalhar mais: Está cansado de ser cabaço do seu chefe? Quer ter todo o dinheiro que quiser pra comprar tudo o que quiser? Domine o mundo e resolva esse problema! De bonus, torne o seu chefe antigo o seu escravo!
  • Pra se gabar no Facebook "Ai galerinha, se esse post tiver mais de 10000000 likes eu prometo não jogar uma bomba nuclear nos Estados Unidos! Abraços!"
  • Pra fazer uma execução pública do Kin Jong Un: Eu sei que você quer fazer isso!

Conseguindo Armas e Equipamentos[editar]

Você não vai conquistar o mundo na base do soco né? Digo, o Superman fez isso no Injustice, mas dur, tu não é o Superman, então comece a me escutar. Em primeiro lugar, você vai precisar de armas e equipamentos, e nessa seção vamos falar dos que mais prestam. A maioria dos descritos aqui podem ser achados e adquiridos com traficantes pelo precinho certo. Se algo aqui dessa sessão NÃO for possível encontrar com os traficantes, meu amigo, você tá lidando com coisas alienígenas, porque traficantes só tem menos arma que o exército. De qualquer forma, iremos listar abaixo os tipos de armamentos que você pode arranjar.

  • Pistolas: O tipo mais básico de arma. Uma pistola é uma pistola, e seu funcionamento é simples: Aponta, aperta, atira, repita até o seu alvo estiver morto. Mas não se esqueça: Quanto mais simples a arma, mais barata ela é, ou não, e como estamos trabalhando com nenhum recurso quanto mais barato, melhor, certo? É recomendado usar pistolas que tenham um pente relativamente grande, afinal, estaremos enfrentando exércitos aqui. Uma Glock é um bom exemplo. É recomendado que quando começar a conquistar outros continentes você torne pistolas em seu armamento secundário, já que ninguém merece usar pistolinhas contra rifles de precisão, isso é coisa do agente 86.
  • Revólveres: Quem já jogou Counter Strike sabe que revólveres são armas fodasticas, MAS que requerem alguém competente usando eles. Revólveres em geral tem pouca munição, então faça cada tiro contar. Minha recomendação é praticar primeiro com garrafas de cerveja, depois com bolinhas de pingue pongue e depois com maconheiros. Não se preocupe com matar eles, ninguém liga pra maconheiros tirando outros maconheiros, ou seja: Ainda mais alvos pra você meter a bala! Lembre-se de não sair por aí girando o gatilho da arma como se estivesse no Red Dead Redemption, isso é praticamente um pedido pra meter chumbo no próprio rosto. Um bom exemplo de revólver foda é a Desert Eagle, desde os tempos do CS a "Deagle" já era perfeita pra se acertar uns headshots e fazer o time da inimigo inteiro te declarar como hacker.
  • Sub Metralhadora: O tipo de arma predileta das gangues de ruas nos anos 80 (Só ver o GTA San Andreas), sub metralhadoras são quase impossíveis de se mirar direito, porém isso não fará diferença quando essa belezinha é capaz de meter umas 80 balas nos seus inimigos até ter de recarregar. Ao contrário das metralhadoras pesadas você não precisa ser o Rambo ou o Kleber Bambam pra conseguir utilizar de uma sub metralhadora, pelo contrário, é apenas questão de não estourar seu dedo apertando o gatilho, algo que ESPERO que você saiba fazer, ou não. As escolhas de sub metralhadoras são mais limitadas, minha recomendação pessoal é a famosa MP5, bastante munição e consegue ser útil nos combates urbanos, que teremos em OVERDOSE nesse desmanual.
  • Shotguns: A segunda arma mais icônica do Doom além da grandiosa Big Fucking Gun, a shotgun é uma arma conhecida por impor respeito. Nada intimida um grupo de bandidos ou demônios vindos do inferno mais que um som de uma shotgun recarregando. A força do tiro pode jogar você pra trás caso seja meio cotoco e nunca tenha usado uma na vida, então, novamente, recomendo treinar atirando em garrafas, bolas, maconheiros e etc. Ao contrário do que os nerds viciados em Battlefield vão te dizer, shotguns matam até de média distância na vida real, sendo armas efetivas até pra acabar com pombos e fazer um churrasquinho. Tem várias shotguns que você pode escolher, mas uma boa escolha é a velha e confiável Remington. Lembre-se também de MIRAR direito, já que shotguns não tem muitos tiros, e ficar sem balas contra vários homens armados 100% putos com você não é bom pra sobrevivência.
  • Rifles de Assalto: Rifles de assalto são genéricos, mas efetivos. Você com certeza já viu vários vilões/soldados/maconheiros usando um em um filem de ação, só pra então serem mortos pelo protagonista que usava alguns revólveres ou então atacou por trás com uma misera faquinha. PORÉM! A vida real é bem diferente, então não tenha medo de equipar seu exército com rifles de assalto. A melhor vantagem dos rifles de assalto é que eles são provavelmente AINDA mais fáceis de se usar do que pistolas. Até um bebê sabe segurar um gatilho até as balas pararem de sair. Também ajuda que rifles de assalto são as armas que os traficantes mais vão ter para trocar e vender, já que, como Tropa de Elite nos mostra, todos os traficantes andam com rifles de assalto enfiado no cu, sem exceções.
  • Rifle de Precisão: Estaremos contando nessa sessão rifles normais E rifles designados para serem usados de distância extremamente grande, já que nosso editor está com preguiça de de escrever. Colocando de modo simples? TREINE antes de usar essa porra! Sério, equipar seu exército inteiro com rifles assim parece ser uma boa ideia até você perceber que dos 100 tiros que você atira, só 1 acerta, e esse único que acertou foi UM ALIADO! Você sabe como o treinamento é, garrafa, bola, maconheiro, blá blá blá. Rifles de sniper não precisam de carregar tanta munição já que seus tiros serão precisos e com pausas relativamente grandes, mas não espere que eles sejam BARATOS. Se o preço dos traficantes estiver absurdo demais pra você, pode tentar seguir o livro do Dr Roberto "Como criar um rifle em sua própria casa usando um canudinho e bolas de papel".
  • Metralhadora Pesada: Ok, ok, sua primeira imagem mental quando viu "metralhadora pesada" foi o Rambo entrando em um acampamento cheio de soldados e baleando todo mundo, certo? Bem, meu amiguinho, não sei como te dizer isso, mas...

NÃO É ASSIM QUE FUNCIONA!

Pois é, muito triste isso né? Pensa só no seguinte: Você é ou um nerd magricela ou um gordão que não sai de casa. Você mal conseguiria segurar a shotgun que falamos lá em cima, porque pensou que iria conseguir segurar a arma lendária do Rambo? Além do mais, essa coisa gasta MUITA munição. Digo, muita mesmo. Espere até ter dominado mais ou menos metade do mundo antes de mesmo CONSIDERAR dar isso pro seu exército, e mesmo assim, se prepare pra fazer dezenas de testes até achar alguém que não vai quebrar os braços usando isso. Mesmo com todas essas desvantagens, recomendo manter UMA metralhadora pesada no seu quarto e rezar pra ela toda vez antes de dormir. Não vai ajudar em nada, mas ei, pelo menos deixa sua história mais dramática!

  • Canhões: Sim, canhões! Ei, não me olhe assim! Na guerra, no amor e nos shitposts vale tudo! Canhões são armas bem interessantes porque hoje em dia só a galerinha lá do Iraque e esses países fudidões usam eles. Isso acontece porque os Estados Unidos está tão avançado que se ele quisesse matar alguém explodindo essa pessoa, só teria tacado uma Little Boy na face do trouxa em questão, o mesmo vale pra Rússia e a Tsar Bomba. Minha recomendação é manter um canhão por cada batalhão que tiver competência: Utilize eles para invadir locais difíceis e que sejam impossíveis de entrar normalmente sem alguém se suicidar no processo. Lembre-se que essas porras são DURAS de se levar de um lugar pro outro, então você talvez tenha que pedir a ajuda do Kleber Bambam ou algum outro bombado famoso pra levar essas coisas de uma batalha para a outra.
  • Lança Foguetes e lança-granadas: Ok, lembra o que eu falei de "teste e treine antes de usar?" Isso não vale pro lança foguetes e nem lança granadas. Porque se você tentar testar essas coisas, você VAI SE MATAR! Ao invés disso apenas siga a velha dica da pistola: Mire, puxe o gatilho, atire. Só que com uma pequena diferença: Depois de atirar, verifique a distância entre você e seu oponente. Se for MENOS de 5 metros, CORRE PRA CARALHO MERMÃO! Se tem valor pela sua bunda, CORRA. Sério, não use essa coisa a curta distância ao menos que você faça parte da ISIS ou caso você não se importe em virar tetraplégico. Geralmente você não vai ter muito acesso a essas duas opções já que o exército não é estupido de equipar seus soldados com algo assim (O exército BRASILEIRO então, nem se fala. Imagina um br armado com algo explosivo? Deus me livre), então vai ter que roubar de terroristas pra poder usar.

Arranjando seus primeiros escravos aliados[editar]

Tá, você leu a opção acima, vendeu um rim e seu irmão para a Mafia, arranjou dinheiro, e conseguiu comprar as armas. Está pronto para invadir a prefeitura da sua cidade e dominar a porra toda? A resposta é NÃO! NÃO SUA MULA! Você ainda está sozinho neste ponto, e é ÓBVIO que você não vai dominar o mundo sozinho. Você precisa de "amigos", se é que me entende. Como você vai arranjar esses "amigos", depende de cada aliado. Alguns vão querer dinheiro, outros vão querer parte das terras que você conquistar, e outros só vão querer queimar todas as lixeiras que encontrar no caminho. Seja lá qual for a opção, saber quais aliados prestam e quais não prestam irá poupar muita dor de cabeça depois que você terminar sua conquista e o pessoal começar a fazer um complô contra você. Abaixo, está listado quais aliados prestam e quais não prestam, avaliados segundo a utilidade, a chance de te trair e os recursos deles.

Aliados bons![editar]

  • Motoqueiros
  • Recursos: Médio-cre
  • Chance de Trair: Baixo, ruim, pobre... (Depende do quão bem você irá tratar eles e de quanto dinheiro está afim de dividir, mas em geral são relativamente lenientes)
  • Força bruta: Médio-cre

Motoqueiros. Não há nada mais intimidador que estar andando pelas ruas e encontrar esse grupo de putos vindo na sua direção, mais ou menos uns 10 membros da gangue de cada vez. E é exatamente por isso que eles são bons aliados! A presença deles por si só é capaz de assustar seus inimigos, e eles SEMPRE andam armados, nem que sejam com correntes. Infelizmente, achar motoqueiros raíz no Brasil atual é um desafio em si só. No mundo atual a maioria dos motoqueiros que temos atualmente são posers que sabem andar de moto e por isso já acham que podem formar uma gangue. Se conseguir encontrar uma gangue REAL, tenha certeza de estabelecer um primeiro contato amigável: Ofereça uma bebida pro "chefão" da gangue e pergunte quais territórios ele vai querer em troca da ajuda deles. Também pergunte se ele vai querer dinheiro pra pagar o combustível das motos. Geralmente eles não insistem isso, mas se quiserem, roube umas gasosas do posto mais próximo. Não precisa se sentir mal por roubar de pessoas inocentes, afinal, você logo será dono do mundo e poderá devolver tanto álcool de volta que nem todas as skolls do mundo teriam tanto gás quanto você!

  • Caipiras
  • Recursos: Médio-cre
  • Chance de te trair: Predefinição:33 (É só não adentrar na minha propriedade que não vai ver chumbo grosso!)
  • Força Bruta: Alto (Caipira brabo é um trem duro de se segurar sô!)

Ahhhh, o caipira. O mineiro que fica na sua fazenda, capinando, ordenhando as vacas, mandando os cachorros morder os putos que invadem seu território. É incrível como um ser tão inocente consegue guardar tanto ódio e poder no seu coração. Em primeiro lugar: Diga adeus ao pessoal reclamando de falta de comida no seu exército, e diga olá pro pão de queijo quentinho sendo entregue pros batalhões toda manhã! Caipiras sabem fazer comidas simples mas que enchem o bucho, além de terem os animais necessários pra se fazer eles. E o melhor de tudo: Caipiras são um bicho brabo sô! Quando um caipira pega no trabuco ele é facilmente capaz de mandar pra longe qualquer "intruso da cidade" que tentar invadir seu território, e se os invasores insistirem ele manda até os cachorros e os galos atrás deles, e acredite, galos brabos conseguem destruir até tanques! O problema é conseguir recruta-los: Como o Urtigão pode atestar, falar com Caipiras sem levar chumbo no bumbum é difícil, mas possivel. Tente se comunicar com um megafone no mínimo 20 metros de distância da fazendo dele, e diga que possui bastante goiabada e que precisa do queijo dele pra fazer um doce. Caipiras não resistem uma boa goiabada com queijo, e ele com certeza vai aceitar. A partir daí use suas técnicas de enrolação: Invente que empresas estão tentando dominar a fazenda dele e que o único modo de impedir elas é dominando o Brasil inteiro. Se não der certo, ameace levar a goiabada embora. Risada maligna opcional.

  • Igrejas católicas, evangélicas, e outras grandes em geral
  • Recursos: Alto (O poder de Deus é extremamente alto! O poder dos dízimos ainda mais.)
  • Chance de te trair: Icon 00 percent.png (Começa assim. Esse valor aumenta um pouco se acharem que você é ateu e aumenta MUITO mesmo se você não pagar o dízimo)
  • Força Bruta: Icon 00 percent.png (Se ao menos as cruzadas ainda existissem...)

Aleluia irmão! Jesus está aqui para nos ajudar... por um preço certo é claro. Deus não faz esmola afinal de contas. A igreja possui uma quantidade BEM grande de dinheiro, e isso vale pra toda igreja. Todo culto tem aquele momento do "dinheirinho" que damos as verdinhas pro padre/pastor gastar com coisas super importantes tipo skins do lol e assinaturas do World of Warcraft. Isso sem falar as velas que algumas igrejas vendem prós fiéis queimar em troca de sarar o câncer/aids/tumor/dor de barriga da sua família. Todo esse dinheiro poderia ser mais bem usado sabe, como por exemplo, para comprar bombas nucleares. Suas negociações com as igrejas grandes devem de ser bem simples, procure o "cabeção" por trás da igreja, no caso da católica, o Papa. Explique que o mundo está cheio de pecadores, bandidos, maconheiros, demônios e Corinthianos, e que para nós livrarmos desses seres terriveis será necessário uma guerra. Se isso não o convencer, utilize da arma hiper secreta que resolve a discussão na hora: É só dizer que dominando o mundo ele poderá cobrar quantos dízimos quiser dos países conquistados e que você vai só pedir uma "minuscula" taxa de 85% dos ganhos. Com isso, a aliança estará no papo. Se ele perguntar sua religião e você não for da dele ou ateu, apenas minta. Agora se você não for da mesma religião dele e a SUA religião proibir mentiras, diga que Deus mandou você não revelar isso pros outros ou um "grande mau iria vir", como por exemplo, farofeiros fora da igreja, para assim poder deixá-lo tremendo de medo.

  • Cultos de Candomblé e Orixás
  • Recursos: Baixo, ruim, pobre... (Existe um motivo porque cultos assim nunca crescem...)
  • Chance de te trair: Icon 00 percent.png (Mesma coisa das igrejas, só que sem os riscos grandes. Só não invente de ser retardado e chutar uma macumba na frente deles)
  • Força Bruta: Médio-cre (Alto se os Orixás estiverem de bom humor)

Chegou a hora de deixar de ser um preconceituoso esnobe e conversar com a galerinha que faz macumbas. Achar o culto deles é bem difícil sendo alguém de fora dos Candomblés. Sua melhor opção é procurar um amigo seu de trabalho/escola que fica ouvindo aquelas músicas de ceita no volume máximo com o celular. Diga para ele que você se tornou empresário da Dolly e que tem uma incrível oferta pro chefe do culto dele, ou algo assim. Se ele aceitar (Se não aceitar, só chora, ou então vai atrás de outro amigo assim), marque um encontro. Diga para o dono do culto que você está cansado da sociedade atual tratando religiosa menores sem respeito, e que você é um benfeitor de bom coração que quer ajudar eles a lutar contra a sociedade lacradora atual metendo chumbo nos putos que não aceitarem diversidade religiosa (Se você for burro e esquecer esse discurso, escreve no seu braço e leia discretamente usando uma blusa de manga longa. Com a aprovação dele, você terá vários benefícios desde que não cometa suicídio falando algo como "Chuta que é macumba!" perto deles. Por um, você poderá acessar o macumba online e mandar várias maldições pro seu inimigo, tipo um Death Note, só que mais divertido. Um general inimigo tá difícil de matar? Só desejar que ele quebre o dedão do pé! O problema é os Orixás darem meio foda-se pro seu pedido, aí é só cruzando os dedos.

  • Ninjas
  • Recursos: Médio-cre (Ninjas sempre tem bases secretas com armas/alimentos/roupas de baixo)
  • Chance de te Trair: Médio-cre (Ninjas são imprevisíveis e sempre buscam o maior lucro. Dê o máximo de dinheiro possível pra eles e reze pelo melhor)
  • Força Bruta: Alto (Preciso mesmo de explicar?)

Ninjas são a resposta para tudo neste mundo. Quer um assassino eficiente? Chame um ninja. Quer alguém que siga suas ordens? Chame um ninja. Quer um informante efetivo? Chame um ninja. Quer um cozinheiro pra festa de aniversário do seu filho? Chame um ninja. Quer deixar de ser boiola? Ok, nesse caso, não adianta chamar um ninja, afinal, eles não fazem milagres. Ninjas são o melhor jeito de se ganhar uma guerra sem levantar um dedo pessoalmente, já que seus assassinatos bem colocados podem acabar com TODOS os líderes inimigos, desde o simples cabo até o almirante mais inteligente. Isso sem falar é claro que os ninjas podem trabalhar com qualquer equipamento que der pra eles. Você pode dar pro ninja uma batata e ele vai achar um modo de matar alguém com ela. Além do mais, ninjas são stealth e semi impossíveis de serem detectados por meros mortais, sendo que as únicas pessoas de ver e matar ninjas são o Solid Snake e o Sam Fisher, e se seu inimigo tem um desses dois do lado deles, melhor desistir dessa sua ideia de conquistar o mundo em primeiro lugar. É preciso lembrar porém que os ninjas não dão seu serviço pra qualquer pé rapado: Ao menos que você os convença de que se eles não matarem os lideres mundiais os samurais vão dominar o mundo, eles não irão te emprestar a ajuda deles por 10 reais. Por isso, pague eles na hora uns 100000 reais por cada ninja que contratar, e guarde mais uns 50000 pra caso eles te demandem um aumento no salário pra continuar o serviço. Você NÃO QUER um ninja puto contigo.

  • Companhias de Mercenários
  • Recursos: Médio-cre (Só não recebem nota máxima porque os recursos pra caralho deles se limita a armas)
  • Chance de te Trair: Baixo, ruim, pobre... (Baixo, mas não se esqueça de perguntar ocasionalmente se eles desejam um pagamento maior)
  • Força Bruta: Alto (Preciso mesmo de explicar?²)

O grupo força bruta mais comum que você pode contratar, e um dos mais efetivos. O modo como eles funciona é bem simples. Você procura o homem que dá os "contratos" e fala pra ele que deseja os serviços. Quanto maior e mais bem armada a companhia mais vai te custar, mas o preço começa lá pelos 200000 visto que você tá pedindo pra eles te ajudarem numa GUERRA MUNDIAL. Lembre-se: Eles são profissionais, mas estão sempre livres pra uma conversa, afinal, é como dizem: Pequenas Empresas, grande negócios, então não tenha medo de colocar promessas pra conseguir um contrato melhor. Diga que vai liberar a venda de armas em todos os países do mundo e que vai fazer vista grossa em qualquer morte "sem querer querendo" que eles causarem em algum político infame. Você pode apostar que após essas falas eles vão diminuir os preços numa velocidade surpreendente. Só que, assim como os ninjas, pelo amor de Buda, não me faça o favor de esquecer sua promessa ou trair eles. Você terá enfurecido milhares de homens armados e mesmo que conquiste o mundo, provavelmente terá de viver num bunker se mijando de medo de algum dos seus mordomos ser um matador em série disfarçado. Lembre-se sempre também de trata-los com respeito: Estamos falando com profissionais aqui. E como o Sniper do Team Fortress 2 diria: Seja educado, seja eficiente e se seu inimigo te tratar mal, dê um socão na costela dele.

  • Black Blocs, Gangues Negras em geral
  • Recursos: Baixo, ruim, pobre...
  • Chance de te trair: Icon 00 percent.png (Se for negro ou moreno. Se for branco aumenta um pouco. Se for branco, rico E loiro aumenta PRA CARALHO!)
  • Força Bruta: Médio-cre (Se tivessem o CJ envolvido receberiam nota máxima)

Pode parecer racista da nossa parte querer a ajuda de gangues negras especificamente, mas você não vai estar reclamando de racismo quando tiver um monte de manos armados até os dentes do seu lado prontos para meter balas em todas as raças. Geralmente eles vão querer dinheiro em troca de ajuda e provavelmente que você estabeleça algumas regras depois de ter o mundo nas suas mãos envolvendo os direitos dos negros, como por exemplo, poder socar um branco na rua pra ver se ele deixa de ser tão branco. E poder bater em cornos também. Não porque negros odeiam cornos, é que corno é um ser que merece apanhar mesmo. O melhor jeito de ter diálogo com um líder de um grupo desses é ir direto ao ponto: Fale que você está cansado com tanta injustiça racial no planetinha Terra e que seu modo de resolver isso é colocando um fuzil na cabeça dos outros líderes mundiais. Se possível, procure pela ajuda do grande Carl Johnson depois que tiver a ajuda dos Black Blocs, mas nada é garantido, especialmente porque o CJ existe só no GTA San Andreas e ele não vai sair do seu Playstation 2 para te ajudar, ao menos que você viva em 2100 e esteja lendo esse guia no seu pc de realidade virtual num site aleatório da Deep Web. Se for esse caso semi específico, ignore essa informação irrelevante. Seja também o mais educado possível com eles, você não vai querer fazer suas piadinhas de "como se faz um asfalto" com uns 10 negões rodeando você.

  • Mafias:
  • Recursos: Médio-cre
  • Chance de te Trair: Baixo, ruim, pobre... (Mafias são organizações de palavra. Cumpra sua parte e eles cumprem as deles. Dito isso, pague eles generosamente)
  • Força Bruta: Alto (Preciso mesmo explicar?³)

Mafias são como pombos: Ninguém percebe que elas existem até a merda começar e todo mundo levar tiro de todos os lados. Mafias funcionam de um modo bem simples: Você não fode com elas, elas não fodem você (Em ambos os sentidos). Só se vai atrás de mafiosos quando você está MESMO desesperado por ajuda ou se você sofrer de autismo. Estamos assumindo que nossos leitores estão em perfeitas condições mentais (Ou não), então vamos dizer que se é mesmo um desesperado e quer a ajuda deles pra dominar o mundo. Tem mafias pra caralho no mundo, e não existem muitas no Brasil, por aqui só tem traficante, então as mafias mais próximas daqui que você vai achar são os cartéis na Espanha. Tome MUITO cuidado falando com eles, cartéis adoram arranjar desculpas pra te torturar e fazer o upload da tortura na Deep Web. Seja profissional, convide eles pra um chá mate, pague a conta pra eles e seja direto no assunto antes mesmo da bebida chegar. Fale sua oferta e pergunte se eles aceitam. Se aceitarem, ótimo, se não aceitarem, peça desculpas, agora se eles se olharem com cara de "Se tá falando sério comigo?" e eles colocarem as mãos no bolso, CORRE MEU FILHO! CORRE PRA CARALHO! Você acabou de emputecer uma organização inteira e eles vão te perseguir até a fronteira. Sua única salvação é conseguir proteção na Terra do Tio Sam, o que com o Trump duvido que consiga.

  • Yakuza:
  • Recursos: Alto (São tipo a Mafia, só que com ainda mais tráfico de arma e KATANAS!)
  • Chance de te Trair: Icon 00 percent.png (Some a parte de "organização de palavra" e honra dos japonuncios e você tem alguém confiável, ou não)
  • Força Bruta: Médio-cre (Um pouco menos focado em combate direto que mafias normais)

A Yakuza é uma organização conhecida por fazer os amarelinhos mijarem nas calças e os americanos a respeitar a galerinha que recebeu uma bomba nuclear na cara. E adivinha só? Radiação te faz bem, já que os putos voltaram do nada mais fortes do que eram antes! A Yakuza é capaz de colocar grande pressão nos seus inimigos só do fato deles saberem que você tem ela do seu lado, estamos falando de ninjas, se os ninjas estivessem armados com rifles e não fossem tão legais com suas roupas. A Yakuza também tem um puta tráfico de armas, parcialmente pra compensar o fato de que conseguir armas no Japão é difícil. Logo, eles vão ser capazes de adquirir até experimentos do governo ainda não lançados, e do jeito que japoneses são, alguns robôs gigantes no processo. Para conseguir a aliança com os Yakuzas você vai precisar de boa lábia, especialmente porque até onde sabemos você não fala japonês, e se falasse, não perderia tempo lendo guias de como dominar o mundo na Internet e iria ficar rico traduzindo animes pra Otakus, então tente arranjar um Poliglota pra falar com eles por você. Se não der certo, use o Google Tradutor, e cruze os dedos pra ele não acabar traduzindo o que você disse como uma ofensa. Tradução conseguida, o resto é basicamente um copia-cola da seção dos mafiosos, com mais dinheiro envolvido pra pagar as passagens de avião.

  • Traficantes:
  • Recursos: Alto (As únicas pessoas com um arsenal maior que os traficantes é o exército e empresas que fabricam armas. Facto)
  • Chance de te Trair: Médio-cre (Bem alto até, tome cuidado pra não parecer vulnerável ou desconsiderar os "manos")
  • Força Bruta: Médio-cre (Fica ainda melhor se for pra defender o morro)

Ok, o que é mais intimidador que qualquer outra coisa no Brasil? O Chupa Cu? Ok, ele é intimidador pra caralho, mas TIRANDO ele, qual é a coisa mais intimidadora? Zé do Caixão? NÃO PORRA! É os traficantes ora bolas! armados com rifles de combate e de precisão, esses malucos tem tantas armas que faz você realmente pensar aonde eles guardam (Ui!). Traficantes tem tantas armas que deixariam até o homem mais preparado pro apocalipse zumbi com um arsenal completo intimidado, e tem mais: Eles sempre estão em grupos, então o que não vai faltar vai ser "manos" pra mandar pro campo de batalha. Só tem dois probleminhas: Recrutar eles em primeiro lugar a confiança. Conseguir a confiança de "verdade" de traficantes é bem difícil, é provável que eles só sigam você até conseguir dominar a cidade local e transforma-la numa anarquia, e depois ignorar seus pedidos de "mAs eU PaGuEi AbIgUiNhOs!" Não é difícil imaginar porque, com um corpo que nem o seu você não intimidaria nem uma pulga. Recomendo contratar seguranças pra isso, em especial aqueles que tomaram anabolizante e parecem o Rambo só que negão. E depois, é conseguir contrata-los em primeiro lugar: É difícil falar com os "chefões" sem levar bala ao entrar na favela. Pra isso, leve uma bandeira branca e uma pequena oferenda na forma de um churrasco completo junto de bastante cerveja gelada. Eles vão adorar.


  • Revolucionários Socialistas:
  • Recursos: Baixo, ruim, pobre... (A parte mais fraca: As armas deles geralmente são do século passado)
  • Chance de te Trair: Baixo, ruim, pobre... (Começa assim. Se você for milionário ou em geral apoiar capitalismo, ESCONDA ESSE FATO. Sério, pelo seu bem)
  • Força Bruta: Alto (Fanáticos armados? Yep, eu não queria enfrentar isso.)

Como o titio Chê Guevara disse uma vez: Não se pode ter uma revolução sem bolo de aniversário. Por que? Porque seus inimigos vão receber um presentão na forma de um tiro no rosto, é lógico! Revolucionários em geral são putos durões difíceis de se colocar pra baixo. Mesmo com armas inferiores o número deles é tão grande que os ratos só conseguem ser 100% exterminados com bombas nucleares. E assim como todo bom rato, eles podem te matar mesmo depois de serem mortos: Um socialista acaba convencendo alguém do grupo inimigo que talvez as ideias capitalistas não sejam tão boas assim e que o Titio Marx tinha razão o tempo todo, e daí pra frente é um dominó que só pode ser parado com uma execução pública, de preferência uma bem gráfica envolvendo porradaria e música popular brasileira pra ficar hardcore mesmo. O problema de revolucionários é convencer eles de que VOCÊ está com eles em primeiro lugar e que não está os manipulando para seus próprios desejos (E como tu quer dominar o mundo, você tecnicamente está, então não vem pagar o santinho pra cima de mim). Dinheiro não funciona pra convence-los, então a melhor coisa a se fazer é usar seu dinheiro pra comprar algumas metralhadoras e dar pra eles em troca de atacar uma cidade específica. Lembre-se de ficar LONGE da linha de fogo desses caras: Pra um socialista, todo alvo correndo é um capitalista fujão.

  • Grupos de Pescadores, companhias de pesca:
  • Recursos: Alto (COMIDA GRÁTIS! QUEM QUER SUSHI?)
  • Chance de te Trair: Icon 00 percent.png (Além de ser quase impossível, eles nem podem te trair matando alguém, no máximo cortando sua linha de suprimentos)
  • Força Bruta: Baixo, ruim, pobre... (E isso se eles estiverem armados com arpões. Se não, o nível despenca de vez)

Os pescadores vão servir como um grupo de "suporte", similar aos caipiras dando comida, só que com bem mais ênfase nos alimentos. Pescadores pescam trocentos peixes por dia num só cais, imagina uma companhia inteira? E tem mais: Por serem uma galera que faz uma atividade mais pacifica comparado aos psicopatas que querem dinheiro e sangue que você está recrutando, a chance de te traírem é bem baixa se você souber o que está fazendo. Peixes em geral é um alimento bem versátil: Podem ser fritos, cozidos, colocados na pizza, pastel, salada e até no doce, apesar de que a última opção é melhor pra enviar pros seus inimigos e causar aquela indigestão neles. Para você que não manja, peixes também ajudam na sua memória e inteligência, então recomendo se empamturrar de peixes antes e durante sua conquista mundial. É dito que o Genghis Khan fazia sua dieta somente de peixe cru e balas fini, e visto as conquistas dele não dá pra negar o poder dessa dieta. Na pior das situações, você vai ter que fazer só uma pequenina lavagem estomacal, então não se preocupe! Peixes também são bons pra atirar na cara do seu inimigo, o Pica-Pau é um bom exemplo do uso dos peixes dessa forma. E como diriam os Russos: O que faz bem pro Pica-Pau faz bem pra gente. Só não deixe os pescadores sozinhos pra se defender, ou os coitados vão ficar mais fudidos que a Mhia Khalifa depois de fazer um filme porno.

  • Índios:
  • Recursos: Médio-cre (Frutas e porcos do mato para todo mundo!)
  • Chance de te Trair: Icon 00 percent.png (Índios são homens de palavra. Fácil assim)
  • Força Bruta: Médio-cre (Nunca duvide de um ataque coordenado de Índios armados com porretes e arcos. NUNCA)

Você provavelmente está pensando "COMASSIM DESCICLOPÉDIA ÍNDIOS? NUM QUERO É TUDU PELADAUM FRACOTE SEIN GRAÇA NHÉ NHÉ NHÉ" PARA DE CHORAR CARALHO! Não se esqueça que uma flechada no pescoço mata tão bem quanto uma bala, se não melhor ainda com uma flecha envenenada. Mais importante de tudo, Índios são gente boa: Eles vão ser amigáveis com você e irão provavelmente concordar com sua ideia de pegar aquilo que lhes pertencia antes desde que não machuque nenhuma mulher/criança/velho/corno na presença deles, além de que é bem difícil de te traírem. Você precisaria de fazer uma atitude horrível mesmo, tipo atear fogo numa floresta ou então colocar 2 girls 1 cup pros seus inimigos capturados assistir. Tentar equipálos com armas modernas vai provavelmente dar em merda, já que mesmo que não mandem você enfiar esse equipamento de "caraíba" no cu, eles vão errar todas as balas até alguém conseguir mostrar pra eles que aquilo não é um arco mágico que atira fogo e fumaça. Ao invés disso dê um jeito de incrementar o arco deles: Faça que nem o Jason Broody do Far Cry e crie alguns arcos especiais pra eles usarem, com flechas de fogo e de veneno. Lembre-se também de pedir pra eles catar umas frutas e caçar alguns bichos, já que índios não irão catar um monte de urtiga que nem você faria pra acender uma fogueira ou então dar um tiro em si mesmo enquanto miram em um javali.

  • Surfistas:
  • Recursos: Icon 00 percent.png (Desista)
  • Chance de te Trair: Icon 00 percent.png (Surfistas só querem saber de surfar brô!)
  • Força Bruta: Alto (Você não leu errado!)

Se os índios te fizeram pensar "Fala sério!", a palavra surfistas provavelmente te fez considerar desistir desse desmanual, especialmente porque eles estão na seção de ALIADOS BONS! Mas relaxe, tem uma boa explicação pra isso: Eles não tem recursos algum e são burros, o que a principio parece ruim, até você se tocar que surfistas em geral possuem QI de 100 negativo e não vão dar meio foda-se pro que você fizer. Tu pode tacar uma bomba nuclear e matar a população inteira do Brasil e eles vão estar tipo "Ei bro, será que isso vai atrapalhar as ondas?", tornando eles o seu ajudante perfeito pra missões suicidas. Mande uma legião de surfistas explodir a casa branca prometendo pra eles que no céu tem um mar gigante pra surfar com todas as pranchas que eles quiserem, do jeito que for os burros vão cair na sua conversa e fazerem exatamente o que te pedem. Além disso, tem o fato de que o cérebro deles, apesar de derretido, é compensado pelo fato dos músculos cerebrais irem pro resto do corpo, tornando eles num grande escudo de carne. E quem sabe, com MUITA paciência e sofrimento, você não consiga ensinar eles a usarem armas simples tipo pistolas? Eles com certeza não vão entender nada e irão dar um tiro na própria boca durante os "estudos", mas no final você não terá perdido absolutamente NADA e poderá gravar a cena pra mandar pro Faustão e ficar famoso! Isso sim é uma ajuda além do túmulo!

  • Sheiks e reis Árabes:
  • Recursos: Alto (Já viu um sheik que não é milionário? Pois é, eu também não.)
  • Chance de te Trair: Baixo, ruim, pobre... (Se você não os tratar com respeito ou decidir xingar o "Alá", não espere lealdade completa)
  • Força Bruta: Alto (Além de terem dezenas de guardas armados, eles podem contratar um exército inteiro no disque-mercenário)

Pra quem já viu aquele vídeo do Tunak Tun sabe que árabes não batem muito bem da cabeça. Mas quem liga? Eles tem dinheiro pra caralho, muitas armas, umas construções bem maneiras e um harém de virgens celestiais quando vão pro céu, então qualquer problema é secundário se comparado as vantagens de ter um amigo árabe. Soldados árabes são também bem adaptados, eles podem lutar nos desertos, nas cidades, nas florestas, e com um pouco de treinamento, até no frio (Apesar de que, assim como qualquer outro país, não coloque eles pra lutar contra os russos no inverno!). Não se esqueça que eles também estão entupidos de recursos, os caras estão rindo mais que pinto no lixo e poderiam comprar 1/4 do planeta se juntassem o dinheiro deles. O seu maior desafio vai ser se comunicar com eles, já que os únicos árabes que se importam com aprender inglês são aqueles que querem pegar mulheres dos Estados Unidos, e esses são quase sempre pobres que passam o dia mostrando o pau na Webcam. Assim como os mafiosos, usar o Google Tradutor pode ser uma opção válida, assim como utilizar Esperanto. Sua melhor opção para convencer um homem que já tem todo o dinheiro do mundo é apelar pro calcanhar de Aquiles dos árabes, novamente, mulheres bonitas, o que pode ser difícil de se conseguir, já que mesmo que queira utilizar sua mãe ou irmã para essa missão, precisamos de mulheres BONITAS e não tribufus que até o diabo negaria.

Aliados ruins...[editar]

  • Comunistas extremos:
  • Recursos: Baixo, ruim, pobre... (E isso porque estamos avaliando as armas. Se fosse comida a nota seria 0)
  • Chance de te Trair: Alto (O dedo do Stalin chega a tremer)
  • Força Bruta: Alto (Mas nada disso compensa os vermelhinhos apunhalando suas costas)

O "melhor" aliado ruim que você pode conseguir. Comunistas são bastante ferozes, tem bastante homens, tem táticas legais, são até que simpáticos quando você conversa com eles. Então porque deixa-los nos grupos ruins? É muito simples meu caro: Lealdade. De nada adianta essas coisinhas legais quando tem 99,9% de chance dos malditos usarem essas armas CONTRA VOCÊ! Mesmo com o Stalin não traindo os aliados durante a segunda guerra, ele ficou por AQUI de fazer a maior traição da história do mundo (Depois da do Judas é claro), e qual a garantia de que eles não vão fazer isso depois que você os ajudar a dominar a maioria do mundo? Tudo o que precisam dizer é te dar um tiro na nuca enquanto está tomando banho, dizer que você foi comprar cigarro e nunca mais voltou, e então enterrar seu corpo em um terreno baldio. Até te acharem seus ossos já vão estar tão podres que você será indistinguível de um monte de bosta, isso se não te queimarem o que restar e então mandar as cinzas pro espaço. Eles já fizeram isso com homens que tentaram acabar com o regime deles, porque não fazer isso com a única coisa impedindo eles do controle completo global? Além do mais que mesmo não te traindo o gasto que você vai ter com recursos será ridículo, você terá que pagar quilos de comidas pras tropas famintas deles (Já que comunismo é igual pra todo mundo, só que de modo "conveniente" os líderes comem bem melhor). Ah, e o frio da Rússia, como se pode ter uma ideia, é famoso por ser GELADO PRA DEDÉU. Você nem vai conseguir chegar no palácio do presidente da Russia antes de virar um picolé.

  • MST (Movimento dos trabalhadores sem Terra)
  • Recursos: Icon 00 percent.png (O armamento deles são pedaços de pau e o que encontram na rua. Boa sorte)
  • Chance de te Trair: Médio-cre (Há 85% de chance de roubarem pelo menos uma das suas estruturas pra dar pro "povo")
  • Força Bruta: Icon 00 percent.png (Eles só vão vencer alguém fazendo montinho com seus números semi-altos)

Ah, os MST. Os caras são tipo aqueles vilões de filme de anime filler que só aparecem por um episódio, são derrotados pelos mocinhos e depois nunca mais aparecem. Ou quando aparecem, são pra um momento de comédia que ninguém dá um foda-se. Contratar eles pra te ajudar a dominar o mundo é basicamente um pedido para criar um "hard mode" pra si mesmo, já que eles não vão te ajudar em praticamente NADA e te prejudicar em todo o resto. Pensa num bando de autistas que mal conseguem trabalhar entre si tentando ocupar uma construção e levando porrada da polícia toda vez que faz isso: É a definição perfeita dos MST. Eles são uns completos inúteis no combate, até VOCÊ lutando pessoalmente com um pedaço de pau consegue ser mais efetivo que uns 10 membros dessa joça. Pra piorar, os números deles mais prejudica que ajuda: Você vai ter que alimentar um bando de desocupado que mal é capaz de plantar uma batata, e que muitas vezes são pais de família que tem vários filhos INÚTEIS em questão de combate, ao menos que você os use como escudo de carne, eles só irão ocupar espaço no seu exército, e como os pais desses filhos quase sempre são hiper protetivos dos pimpolhos, adeus ideia do escudo de carne. Pelo lado bom, considere o fato deles serem tão fracos algo que anula o problema da chance de traição alta: Um agente da SWAT armado com uma escopeta e bastante munição pode "botar moral" e limpar um prédio ocupado por eles fácil, fácil. Por isso, quando um representante do MST pedir pra entrar na sua "causa", RECUSE! Recuse com todas as forças! E se ele insistir, mate-o. Ninguém liga pra integrantes do MST, então pode fazer isso em plena luz do dia sem medo.

  • Otakus
  • Recursos: Icon 00 percent.png (Se você tiver MUITA sorte, alguns membros raríssimos podem ter uma espada genuína japonesa. A maioria deles só tem versões de plástico, então não conte com nada)
  • Chance de te Trair: Icon 00 percent.png (A "honra" japonesa deles os impede de fazer isso. Não que seja muita vantagem)
  • Força Bruta: Icon 00 percent.png (Otacus ou são pedaços de pau magrelos ou gordões entupidos de Toddynho. Yep, sem chance)
  • BÔNUS HÍPER FODA por serem o único grupo com nota 0 em tudo!

Otakus são seres tão nojentos que nem OUTROS OTAKUS aguentam eles! Posso te garantir isso, já que eu mesmo sou Otaku Agora, imagina um daqueles palitos, com óculos fundo de garrafa, armado com aquela katana de plástico, correndo que nem um retardado pra cima de um soldado do exército americano. Percebeu um problema? Pois é, NÃO DÁ CERTO! O mais próximo de um Otaku de combate "de verdade" será aqueles que praticam karate e por isso já se acham capaz de vencerem qualquer um, até levarem um tiro no rosto e descobrirem que não, eles não vencem qualquer um. A única vantagem que você tirará deles será similar ao dos MST: Usar eles de escudo de carne, que só irá funcionar nos otacus que forem gordos de tanto comer. Visto a crise, os problemas atuais na nossa sociedade e o preço do Muppy no mercado internacional, se tornou muito mais comum os otacus magrinhos do que os otacus gordolas, então até mesmo isso será uma opção invalida. Pra piorar, você terá de aturar os otaquinhos fazendo referências a coisas como "Hue hue hue é tipo Youjo Senki só falta uma loli aqui na luta hue" e "Tô na área bobeou é penalti" em pleno campo de batalha. Convencer um Otaku de usar uma arma de fogo também é quase impossível, já que pra eles, a única arma que presta mesmo é uma katana, que pra colocar de um modo simples, não é muito prática numa luta de tiros ao menos que você seja um cara foda tipo o Raiden do Metal Gear Solid. Em geral, Otakus só tem uma vantagem: Ficar rindo vendo eles se jogarem nos inimigos e morrerem fuzilados que nem sacos de bosta, com os amiguinhos deles correndo de um lado para o outro tentando não sofrer o mesmo destino.

  • Revolucionários Monarquistas:
  • Recursos: Icon 00 percent.png (Já desconfiou porque nunca ouviu falar neles? É porque os caras não tem dinheiro nem pra uma propaganda na Internet)
  • Chance de te Trair: Alto (Eles só irão aceitar um herdeiro legitimo pro trono. E você NÃO é esse herdeiro)
  • Força Bruta: Baixo, ruim, pobre... (Até sabem usar uma arma, mas nada que irá fazer grande diferença)

Pensa num grupo com um niche tão GRANDE que você provavelmente nunca ouviu falar. Esses são os monarquistas revolucionários. Você talvezzzzzzzzz tenha ouvido falar neles enquanto navegava no Facebook e foi recomendado algum daqueles grupos bizarros do tipo "Filhos do Dom Pedro primeiro" ou "Amantes da Pátria" ou "Putinhas do Rei" e etc. Bem, esses são os caras que acreditam que ainda é possível ter uma monarquia no Brasil, sem brincadeira ou zueira alguma. Você nunca sabe quem pode fazer parte desse grupo de fugitivos do hospício: As vezes o seu chefe ou mesmo seus pais são secretamente monarquistas mais nunca te dizem, pois tem medo de você denunciar pra ambulância mais próxima que irá coloca-los no manicômio. Além do número de membros ser pequeno, eles aceitar te ajudar é ainda mais difícil, pois na opinião deles você não passa de um cara de fora que quer invadir a rede de comunição deles e arruinar o plano deles de derrubar o sistema, como se fosse funcionar em primeiro lugar. Mesmo que te aceitem, é certeza ABSOLUTA de que em algum ponto, eles irão esperar que você vire as costas pra te jogar dentro de uma caixa com o selo da Antártida pra que você nunca mais seja visto, pois na visão deles, o único rei "real" é aqueles que eles escolhem. Suas chances de confiança podem aumentar se você provar ser de alguma hierarquia de reis, mas sejamos honestos, se você fosse de alguma hierarquia rica não perderia tempo contratando alguns plebeus idiotas e iria logo atrás da opção de mercenários. Assim como os Otakus monarquistas não são bem armados, e tem como única vantagem verdadeira assistir eles apanharem pros seus inimigos.

  • Greenpeace, grupos de defesa a natureza:
  • Recursos: Médio-cre (Provavelmente o grupo mais bem "equipado" dos aliados ruins)
  • Chance de te Trair: Médio-cre (E só vai ficando MAIOR quando mais você fizer coisas que irritam eles, ou seja, praticamente tudo)
  • Força Bruta: Icon 00 percent.png (Não são capazes de machucar nem um animal, quanto mais um ser humano)

Organizações de defesa a natureza são o famoso caso de "boas intenções, mas atitudes horríveis". Eles podem parecer uma boa opção de primeiro olhar, com uns bons recursos, uma quantidade grande de voluntários pra morrer por você te ajudar e em geral tem um ar simpático quando vão conversar. Mas isso é tudo é apenas uma fachada: Eles na verdade são um dos grupos mais arriscados para se tornar aliados. A principio eles serão de buenas: Eles te darão os recursos necessários para comprar armas/comida, e não irão causar qualquer problema. AÍ você mata o seu primeiro animal em um "acidente" de combate e eles PIRAM de raiva com você. E eles vão pirar novamente pra cada outro animal ou bicho que acabar metendo chumbo, e visto o número de "acidentes" que irão ocorrer na sua campanha de conquista mundial, já dá pra imaginar que a lealdade deles não irá ser das melhores. Em fato, é possível dizer que eles são menos confiáveis que os comunistas extremos! E depois, tem o problema de que eles são em geral pacifistas: Os números deles são inúteis, já que nem pra atividades que nem fazer manutenção de tanques eles vão querer contribuir pra ajudar já que segundo eles "estará contribuindo para a morte de inocentes, não é correto e patati patata". Se eles acabarem te traindo pode na verdade ser um problemão: Eles irão começar a fazer "protestos" ridículos na frente da sua base de operações, atrapalhando a saída das suas tropas e entrada de recursos. Atirar neles também é uma opção difícil, já que isso pode atrair fama de "chefe ruim" pra você. A melhor opção é nem se msiturar com esses doidos e caso se misture, projetar um "acidente" pra se livrar deles.

  • Youtubers, Vloggers, qualquer "digital influencer" da internet:
  • Recursos: Alto (A legião de fãs retardados darão dinheiro e morrerão pelo seu "ídolo"
  • Chance de te Trair: Alto (Youtubers NUNCA são de confiança. Tirando o Richard do Manual do Mundo, mas ele é exceção)
  • Força Bruta: Icon 00 percent.png (Você espera o que de um bando de fãs que quase todos são crianças e/ou burros?)

Youtubers, ou como algumas pessoas frescas gostam de chama-los, "Influenciadores Digitais" são seres peculiares. Mesmo não tirando a busamfa da cadeira e passando a maior parte do tempo gravando vídeos/escrevendo porcaria na net, acabam ficando famosos e criando uma legião de alienados por trás deles. Esses caras já não são muito atrativos de começo, já que se for alguma figura brasileira tipo Felipe Neto ou então RezendeEvil, é provável que você já viu esse individuo MILHARES de vezes no Youtube e só quer encher de porrada o filha da puta na primeira vez que encontra-lo na rua. Para convencer eles de te ajudarem você vai ter de rezar, implorar, se humilhar e etc, tornando a ajuda deles ainda mais humilhante. E sabe o pior? NADA DISSO VALE A PENA! Os putos vão querer dividir o dinheiro "por igual" entre você e eles, o que significa que eles vão ficar com uns 80% dos recursos que você conseguir, já que segundo eles, "Essa vitória veio através da minha ajuda e patati patata...", e caso tente questionar eles você irá receber um belo de um socão na cara e caso tente revidar eles irão ameaçar de chamar os fãs deles pra bater em você. Falando em fãs, eles vão ser a "incrível" força de combate dos youtubers, e que força de combate: Adolescentes catarrentos que se acham "lacradores" e que pensam que são o Rambo só porque são profissionais em games. Ter Youtubers como seu aliado não vale a pena nem pra servir como escudo de carne e eles vão mais te foder do que ajudar, e são o tipo de aliado que você deve tentar manipular pro seu INIMIGO escolher. Nada que uma cartinha no correio fazendo "lindas" recomendações não funcione.

  • Grupos Terroristas:
  • Recursos: Médio-cre (Dizem os "experts" que os americanos que dão armas pros terroristas, mas vamos desconsiderar essa ideia fubada)
  • Chance de te Trair: Alto (SÃO TERRORISTAS! O que você acha que vai acontecer?)
  • Força Bruta: Baixo, ruim, pobre... (Seu grupo "hiper corajoso" só possui táticas baseadas em atacar civis covardemente. E francamente, até pra nós isso é ERRADO!)

Grupos terroristas são uns filhas da puta ainda mais filhas da puta que a puta mais puta da Terra. Eles matam pessoas, estupram inocentes e não dão descarga no banheiro depois de cagarem, e apesar de que algumas pessoas dizerem que eles tem poder de fogo bom, pense duas vezes: Será que eles tem mesmo? A resposta é NÃO! Pensa bem: Eles conquistaram grande parte daquele território em Israel, mas as únicas pessoas que tinham pra defender é grupos de soldados separados bem fracos. Praticamente em todas as lutas diretas eles acabaram perdendo. As únicas "forças" reais de um terrorista são aquelas AKA 47 do CS que já estão ultrapassadas a anos e o maior motivo que Counter Strike não é um jogo realista. E é claro, há o fato que é IMPOSSÍVEL confiar num terrorista. Uma hora eles estão do seu lado, na outra hora eles estão abdicando uma das suas construções em nome de alá e quem reclamar é decaptado. Até mesmo outros membros do islamismo não estão a salvo, pois arranjar uma desculpa do tipo "Ah, mas o SEU islamismo não é o mesmo islamismo da gente" é extremamente fácil." Also, terroristas fedem. Tipo, os caras vivem no deserto por semanas sem se lavar de verdade, só tomando um daqueles banhos de baldezinho nada confiáveis. E feder chama a atenção de INIMIGOS!

  • Feministas:
  • Recursos: Icon 00 percent.png (Ao menso que você considere aquelas tintas que elas usam pra pintar o rosto. E essa figura aqui: [1]
  • Chance de te Trair: Médio-cre (Se for uma mulher. Se for homem, sobe para INFINITO mais 1)
  • Força Bruta: Icon 00 percent.png (Temam a nossa legião de mulheres com cabelos tingidos e segurando placas pedindo respeito! Uhhhhhhh!)

Acho que não preciso de explicar né? Copia-cola do Greenpeace lá em cima só que com uma pitada de "lacração" por cima.

Aliados Neutros[editar]

  • Illuminati
  • Recursos: Alto (O Illuminati está em TODO lugar, até mesmo se você não acreditar nisso)
  • Chance de Trair: ? (Boa Pergunta)
  • Força bruta: ? (Outra ótima pergunta!)

Os illuminati são estranhos. Dizem que eles dominam o mundo. Outros dizem que eles QUEREM dominar o mundo. Outros dizem que eles não existem e é uma invenção do governo brasileiro para manter seu povo paranóico, assim como muitos outros, e assim distrai-los do "verdadeiro" inimigo. Bem, encontramos um desses encapuzados na rua e ele disse que estaria interessado em introduzir você, caro leitor, ao fantástico mundo da pirâmide de um olho só... por um certo preço, é claro. O preço, pago não em dinheiro, e sim sua lealdade. Ame seus "amiguinhos" do culto simpático que só querem dominar o mundo, e será recompensado. Traía eles, e bem, existe um motivo pelo qual o illuminati não tem inimigos. Mas afinal, o QUE o illuminati querem? Ninguém sabe. Eles podem te dar muitos recursos e ajudas, mas qual será o preço final? Tome cuidado, pois uma escolha em falso pode resultar na sua ruína. Ou numa festa de aniversário surpresa, dizem que eles amam isso também.

Conquistando a sua cidade local[editar]

(Importante: se você já zerou qualquer um dos Just Cause, pode se considerar um expert e pular essa parte)

Ok! Pessoas recrutadas, armas adquiridas, chegou a hora de botar pra quebrar e se meter em altas confusões! A primeira coisa que você deve fazer é identificar o tamanho da sua cidade, pois cada tamanho vai passar por um estilo de dominação diferente. Veja aqui nossa listinha de procedimentos:

  • Cidade Pequena: Cidades pequenas geralmente são ao mesmo tempo cidades rurais, ou não. Elas geralmente não vão ter grande segurança, tirando uma delegacia com uns 5 policiais, e desses 5, 4 estão a paisana e o último é corrupto. Você nem precisa de se esforçar pra dominar o local: Se tiver algum contato com a Mafia/Traficantes que nem dissemos antes, eles podem facilmente dopar/prender esses policiais sem usar letalidade. Depois de se livrar dos policiais, é só ir até a prefeitura fazer uma "visitinha" ao prefeito. Isso vai ser ironicamente a parte mais difícil, já que prefeituras tendem a ter uns 10 seguranças no minimo, já que se não tivessem, a maioria dos prefeitos do Brasil já tinham sido mortos. Para vence-los, você tem duas opções: Solte um gás venenoso na prefeitura, forçando todo mundo a correr de lá, ou chame alguns fuzileiros pra meter bala no local até o medroso sair correndo de lá. Você pode até bombardear a prefeitura, mas lembre-se, isso é um overkill devido ao fato de ser uma cidade pequena, além de que pode matar o prefeito, impedindo de você usa-lo de refém pra "negociações" com o presidente.
  • Cidade Média: Também conhecidas como "cidades normais", essas cidades são tão sem sal quanto parecem. Geralmente tem uma ou duas indústrias locais, que serão essencial para tomar ela nesses caso. O que você deve fazer nesse caso é negociar com essa industria local pra servir de base de operações pra sua dominação mundial, caso eles aceitem, ótimo! Caso neguem, chame seus aliados, invadam o local, desacordem todos os trabalhadores e façam o gerente de refém. Após isso, o batalhão de policia inteiro da cidade vai provavelmente estar trabalhando em parar sua loucura. A partir daí, seu objetivo será camperar essa industria e derrubar os policiais um por um. Faça um bom uso daqueles lança-foguetes da sessão de armas (Se já tiver um) e exploda os carros da polícia no melhor estilo GTA, causando explosões continuas que te dão muito mais pontos. Com toda a policia finalizada, tenha certeza de poupar um ou dois guardas pra manter a sua relação com o publica "boa", e então é só invadir a prefeitura que nem na cidade pequena. Vai haver mais guardas do que na primeira opção, então bombardear ela se torna um pouco menos overkill. Outra opção boa é tentar intimidar o prefeito, afinal, você já deu cabo na policia inteira da cidade de tamanho médio, então porque diabos você não venceria os guardinhas dele?
  • Cidade Grande: Essa é complicada! Não basta ter policiais e guardas por todo canto, até você tomar conta da cidade itneira o prefeito pode chamar o exército pra acabar com sua loucura antes mesmo dela começar. Por isso, é recomendado que ao invés de chamar uma companhia de mercenários como você deve estar querendo fazer agora, que você invada "por dentro" da segurança. Coloque um espião na delegacia principal e veja se o delegado é aberto a propinas, se sim, venda sua coleção de Tazos, computador, rins, o que for necessário pra comprar a policia da cidade. Se ele NÃO for aberto, siga a velha técnica de "promoção Klingon", em homenagem aos Klingons do Star Trek: Mate o delegado e coloque seu espião no lugar dele. Após isso, é só mandar a policia inteira da cidade verificar uma "ocorrência" em uma construção feita por você, de preferência um galpão, e então prenda todos lá e bote fogo. Vai ser horrível, e os gritos de dor e agonia vão provavelmente te assombrar pelo resto da vida. Mas ei, a vitória será sua! Agora, só faltará a prefeitura. Ela provavelmente vai ter caras bem armados, alguns até com rifles, além do prefeito ter bem mais chances de ser amigo do presidente e ter um botãozinho que invoca o exército na velocidade da luz caso ele seja ameaçado. Sua melhor opção é tentar subornar um guarda pra dar cabo nele. Se não funcionar, faça que nem os americanos: Use umas bombas aéreas pra explodir tudo e fazer um Hiroshima 2.0.

Com a cidade dominada, seu primeiro passo para conquista mundial foi dado. Mas cuidado! A partir de agora é que as coisas esquentam. As suas gracinhas vão com certeza ter alertado a segurança nacional, nos levando a segunda parte da nossa conquista...

Dominando o seu primeiro estado[editar]

Honestamente, assim como a primeira cidade, dominar o seu estado é uma questão bem relativa. Em geral, você levará uma semana para conseguir ter tudo sobre seu controle, mas se for um estado grande/forte que nem São Paulo, pode esperar ficar até um MÊS baleando os zé ninguéns que tentarem te resistir. Pra começar, você vai querer mandar escoltas: Saber como o inimigo quer te fuder é a melhor prevenção de ataques inesperados, depois de camisinhas. Depois das escoltas voltarem, é bom saber quais cidades próximas você vai querer atacar: Você tem duas escolhas, em geral: Ir pegando as cidades menorzinhas uma por uma, para assim forçar o governador a sair correndo do estado, ou então ir direto pra capital. A segunda opção se complica se sua primeira cidade dominada FOI a capital, nesse caso, sua melhor opção é caçar o governador. Lembra de quando eu disse pra manter o prefeito vivo pra faze-lo de refém? Esse é o momento que tortura-lo pra conseguir essa informação importante chegou. Pode usar o que for necessário, mas tome cuidado com duas coisas: Com o governador já ter fugido do estado, e com o prefeito interrogado genuinamente não saber a localização dele. Se esse cenário ocorrer, ou então você já ter matado o prefeito sem querer querendo na primeira parte, fudeu de vez.

Se suas tropas já tiverem tomado todo o estado, com todas as cidades sobre suas mãos, alegre-se: Seu plano foi 2 passos além do que eu esperava que iria! Mas lembre-se: Se fez tudo isso SEM prender ou matar o governador atual, tudo pode se dificultar. Ele irá divulgar as suas táticas e objetivos para o presidento (Ou presidenta) atual, e logo você terá o exército brasileiro atrás da sua bunda, isso se eles já não estiverem atrás. Caso isso ocorre, você novamente terá duas opções: Contratar um sniper pra acabar com ele ou usar a tática do bolinho. Contratar um sniper é simples, porém arriscado: Se o atirador for vesgo, estiver ventando no momento do disparo ou só Deus estiver puto contigo e querer te foder de vez, o disparo pode falhar e seu plano inteiro irá pro ralo. A segunda opção, a tática do bolinho, é bem mais interessante (E barata, já viu os preços dos atiradores de elite na Deep Web? Não dá pra comprar nem por 2 rins!): Nela, você irá comprar um bolo de laranja numa padaria, tacar um veneno pra rato em cima dele e mandar de presente pro governador antes dele ser interrogado. Tenha certeza de mandar o bolo através de um carteiro que não viu seu rosto (Use uma mascara estilo Jason pra isso) junto de uma cartinha dizendo que é um admirador secreto dele. Vai ser só uma mordida pra ele cair duro que nem um manequim no chão!

Conquistando o Brasilzão inteiro[editar]

Muito bem! Com o governador morto/preso e um estado inteiro conquistado, as coisas vão se complicar de verdade. Os líderes mundiais vão começar a se preocupar com você é provavelmente te considerar o Hitler 2.0, um doido de pedra, um conquistador sem piedade e eles estão certos com todas essas informações. Mas não ligue para isso! Genghis Khan não ligou para a opinião dos outros enquanto conquistava a Europa, porque VOCÊ deveria se importar? Bem, chegou a hora de foder com tudo dominar o resto do Brasil e mostrar pro presidente atual (Seja lá quem for) quem é que manda. Você deve separar suas conquistas entre as 5 regiões do Brasil, e iremos listar aqui elas, na ordem de preferência pra dominar:

  • Região Sul: A região Sul é a mais esquecida do Brasil. Ela só aparece nos jornais quando alguma merda acontece e ocorre uma enchente em Santa Catarina ou um tufão aparece por lá vindo do Polo Sul. Ou seja: É a região perfeita pra começar a tomar o Brasil inteiro. Claro, os recursos que você poderá extrair dessa terra um tanto hostil serão poucos, mas o exército brasileiro que você irá encontrar será em geral bêbados que não esperam uma invasão ou pobres recrutas que foram chamados recentemente num tiro de guerra. E visto a "cualidade" normal de um soldado, imagina um que foi contratado desta maneira? Será uma vitória grátis pra você desde que você mande esquadrões bem equipados e com um líder competente ou seja qualquer um que não é você. Lembre-se que apesar de não ser bem protegido o Sul tem uma temível proteção natural: O frio. E como a própria Rússia pode te contar, o frio faz e fode exércitos inteiros, então venha preparado: Traga cachecóis e cafés do Starbucks. Se começar a usar ou algo parecido, faça uma prece pro São Pedro ter dó de você e mudar a temperatura ou se você conseguiu com sucesso se aliar a igreja católica, peça pro Papa te quebrar um galho quanto a isso.
  • Região Sudeste: O sudeste é famoso por 2 coisas: Ser um lugar cheio de estados com MUITO comércio, tecnologia, fumaça e pela existência do Mad Max brasileiro, mais conhecido pelos mortais como "Rio de Janeiro". É um estado com muitos recursos para se adquirir, especialmente comida em Minas Gerais e armas dos traficantes do Rio, mas lembre-se: É também um dos mais perigosos. Não somente pelo exército, mas também pela existência dos já ditos traficantes. Se você não conseguiu se aliar a todos o do Brasil (O que é provável, aja churrasco pra subornar tanto favelado), meu amiguinho estrategista poser, você está ferrado! Terá de enfrentar dezenas de favelas totalmente maquinadas só no Rio, isso sem falar nas outras espalhadas pelo estado do Sudeste. Mesmo que seja capaz de vencer todas, até lá o exército terá se reagrupado é começado um contra ataque na sua zueira. Pra evitar isso, você pode recorrer novamente a técnica do promaniaco com um latão de gasolina, um fósforo, e muita cara de pau, incendiando a favela que estiver te impedindo por inteira. É claro, seus aliados vão provavelmente te condenar por essa ação "fascista", mas como diria um velho sábio, não dá pra se comer uns cus sem sacrificar sua dignidade, ou nesse caso, conquistar uns países sem matar alguns inocentes. Portanto, ignore eles, ou então arranje uma desculpa convincente, do tipo "O fogo começou porque o diabo soltou um peido na favela".
  • Centro-Oeste: Aposto que está surpreso que a região que tem Brasília, o local onde estão todos os banbanbans que comandam o Brasil, está apenas em terceiro lugar na ordem de preferência. A razão disso é simples, meu caro: Dificuldade de conquista. Pensa que no momento que você tentar e atacar Brasília, os políticos vão finalmente se tocar que você é um cara perigoso de verdade pras bundinha deles e convocar o exercito inteiro pra defender eles. Será necessário muitos recursos para tomar conta dessa bagaça, e apesar que tomar a sede do Brasil possa valher a pena, lembre-se que o presidente irá fugir muito antes de você dar um tiro sequer no Planalto Central. Portanto, é recomendado que você só invada o Centro-oeste após ter uma boa quantidade do território brasileiro sobre seu comando. Além do mais, o Centro Oeste não tem muito o que adquirir da parte de recursos: É só um monte de feijão tropeiro, o pior tipo de comida pra servir pros seus soldados, ao menos, é claro, que queira ver eles angustiando no chão.
  • Região Nordeste: Nordeste é como o Mad Max brasileiro: Só tem pessoas deformadas e falta de água por lá. Isso, porém, levou a todos os moradores de lá a desenvolverem habilidades sobre-humanas pra conseguir sobreviver essas condições. O melhor exemplo disso é os cangaceiros: Estes guerreiros parrudos colocariam medo até nos cowboys americanos com suas machadinhas e escopetas prontas pra estourar qualquer pernudo tentando invadir a região, e isso será um problema pra você, meu amiguinho conquistador. Igualmente perigoso são os temidos coronéis, que apesar de em geral serem gordolas que ficam em suas mansões nas fazendas sem fazer porra nenhuma o dia inteiro, eles tem dinheiro o bastante para pagar o exército pessoal DELES, o que leva não só ao perigo de você encontrar um exército tão grande quanto ao seu, quanto a eles tentarem pagar o SEU exército pra te trair! Isso é especialmente perigoso se estiver trabalhando com mercenários ou piratas, que não vão pensar duas vezes em dar um tiro na suas bunda costas caso recebam dinheiro com mais valor que o seu. Solução: Mantenha seu exército bem pago. Faça umas festinhas após cada vitória, um trabalhador de barriga cheia é um trabalhador que não sofrerá tentação com o churrasquinho tipico do Nordeste, como diria o Duque de Caxias. Quanto ao exército do Nordeste, relaxe: É provavelmente a região com exército mais fraco depois do sul. Eles vão morrer do sol antes mesmo de você atacar.
  • Região Norte: Agora a coisa cumprico cumpadi! A região norte é basicamente o pior lugar pra se travar um combate no Brasil. Sabe porque a Venezuela nunca tentou invadir a gente em mais de 500 anos de existência? Por causa do matagal gigantesco entre o resto do Brasil e ela. A floresta da região Norte faz até mesmo moradores do Nordeste chorar, não de calor, mas de medo dos perigos que tem nela. Cobras que te matam com uma picada, macacos assassinos, insetos e mosquitos que te infectam com febre amarela, dengue e Ligma e o mais perigoso de tudo, indios da tribo papacu, famosos por devorar a bunda de curiosos. Dizem que tentar enfrentar o exército brasileiro nas florestas amazônicas da região Norte e sair vivo é impossível sem usar armas nucleares, e o pior: Isso não é mentira. Você vai novamente ter que utilizar de alguma tática fora do normal se quiser vencer. Você pode botar fogo na floresta, mas lembre-se: Além de colocar em risco SEU exército, há o fato que o povo brasileiro (E o resto do mundo) vai querer sua cabeça num espeto após um ato tão cruel e horrível, além de correr o risco de atiçar os espíritos da floresta e tupã tacar um raio no seu cu pra deixar de ser otário. Outra opção boa é oferecer aos indíos coisas que eles querem pra ficar do seu lado, isso incluem TV's, computadores de marca e celulares da Samsung. Que foi? Índio hoje em dia é moderno pô!

Tomando a América do sul e central[editar]

Que? Se conseguiu dominar a América do Sul? puta merda, além de inútil é mentiroso! Muito bem, muito bem! Isso é um grandioso passo em prol da sua dominação mundial! A partir daqui, o presidente do Brasil estará ou exilado ou executado por suas tropas, de preferência a segunda opção para mostrar o quão intimidador você é e também pra se vingar dos anos que passou pagando impostos pros putos pegarem seu dinheiro e enfiar no cu. Nesse ponto, os outros países já estarão em alerta vermelho, porque não é todo dia que um pateta consegue derrubar o governo de um país com seu exército pessoal a lá cheguevarra. Se o governo do Brasil é o vilão da primeira temporada do anime, os Estados Unidos e o Donald Trompete é o vilão da segunda. MAS, antes de ir lá, todo bom anime deve passar por uma temporada filler pra compensar. Sim, estamos falando deles, os caras que vivem dormindo e comendo tacos, a América Central e o México! Composta dos caras que tentaram pular o muro e não conseguiram, eles serão seus adversários junto do resto do resto da América Central. Iremos denotar aqui cada país e os perigos que eles te apresentam, começando dos menos perigosos pros mais mortais (Alguns como o Equador e a Guiana Francesa não iremos explicar, em casos do Equador por serem fracos demais pra terem relevância e a Guiana Francesa porque ela, assim como o Acre, Non Ecziste e é invenção dos professores de Geografia)

  • Argentina: Ahhhh, Argentina. Nossos inimigos mais mortais brasileiros. E você não terá que enfrentar um ou dois Argentinos, você terá que enfrentar uma legião deles! O país inteiro! Argentinos são fracos contra bolas de futebol, já que o trauma deles de perder para o Brasil está marcado em seus ossos. Por ser um país de litoral, você também pode invadi-lo pela costa usando submarinos. Como o Brasil também possui um litoral, uma rota legal de se fazer é ir da praia do Rio de Janeiro até a "La Plata", que é uma das cidades do litoral por lá. O único problema desse plano é 1- Encalhar o submarino nas águas entupidas de merda e lixo do Rio de Janeiro e 2- Entrar no Rio de Janeiro em primeiro lugar sem ser baleado (Já que a galera do "morro" vai estar cagando e andando pra você ter dominado o Brasil). Caso você esteja realmente desesperado você também pode raptar o Maradona (Utilizando ninjas brasileiros) e ameaçar o governo Argentino de fazer uma execução estilo terrorista do Al-Qaeda dele se não aceitarem se render.
  • Bahamas: Você provavelmente CONHECE os Bahamas, mas não sabe direito o que é ele. Bem, os Bahamas são como um arquipélago localizado na américa central. Fica logo acima de Cuba, mas ao contrário de Cuba não é entupido de comunistas, pelo contrário, o que mais tem por lá é hotéis com turistas gastando grana sem qualquer defesa, ou seja, um alvo fácil pra sua conquista. PORÉM, você deve tomar cuidado, pois mesmo com exército fraco, ainda existem os temidos piratas! Sim, piratas, mas não piratas "antigos", esses são os temidos piratas modernos, armados não com espadas, mas com rifles e metralhadoras! Derrotar piratas modernos é bem difícil, especialmente já que eles tem um território bem grande por onde fazem águarrastão (O famoso arrastão marítimo). Por causa disso, nossa recomendação é o uso de minas aquáticas. Dá pra comprar elas por 100 reais o quilo no mercado livre, aí é só espalha-las em volta dos seus navios e usa-los como isca. Tirando isso, nada de mais a notar, país ilhota é país ilhota.
  • Barbados: Barbados é um pedaço de terra no meio do nada. Com 440 kilometros quadrados você mal pode andar por lá sem sair do país. Você já dominou o Brasil a esse ponto, então esse local será uma piada pra você. O único motivo de ninguém ter tomado Barbados até hoje é que, como dito antes, lá não tem porra nenhuma, só não tem menos coisas que o Acre, mas como ser menos que algo que não existe é impossível, então fica por assim mesmo. Bem, pelo menos por ser pequeno, a tática é bem simples também: Isola tudo com solados e explode com lança mísseis. Só cuidado pra não evaporar o país inteiro do mapa com sua força. Assim como uma caixa cheia de copos de vidro, nunca deixe seu serviço pesado nas mãos de um touro, como dizia o famoso general Metu-Nasua-Mai.
  • Belize: Belize funciona meio que como um pedaço do território americano, um lugar onde as pessoas podem descansar/cagar em paz sem se preocupar. É por isso que é o lugar perfeito para VOCÊ, meu caro amiguinho, atacar e tomar conta, para saber mais informações dos nossos “amigos” americanos e também para conseguir um ponto estratégico de ataque. Por ser cercado de águas, é recomendado um aproximamento marítimo, utilizando de navios e bombas pra atracar nos portos e dominar tudo. Como Belize não é tão grande quanto o Bahamas, você pode relaxar um pouco e só mandar uma ou duas frotas pra atacar o lugar. Belize também tem belos lugares turísticos pra visitar, então não deixe de visitar eles. A dominação mundial não é desculpa pra deixar de aproveitar as lindas praias infestadas de minas e explosivos!
  • Bolívia: Bolívia é um país que já está meio atolado na bosta visto os protestos e ataques internos que ocorre por lá. Derrotar eles será como derrubar um pássaro com um porrete enquanto o pássaro está amarrado, o porrete tem 10 metros e você tem a força do Superman. Notável por ficar no "biquinho" do Brasil, é fácil invadir a Bolívia utilizando da técnica do "cerco ao redor", adentrando pelos cantos e impedindo a saída das tropas inimigas. Bolívianos podem também fazer contra-ataques temíveis de telemarketing, ligando pras suas tropas com suas vozes nasais e oferecendo a eles produtos pirateados de 20 anos atrás. A tática recomendada nesse caso é quebrar qualquer aparelho eletrônico que bolivianos possam oferecer seus produtos, ou então tapar os ouvidos com algodão. Ou você sabe, enfiar uma faca na orelha até ficar surdo, mas esse método é em geral considerado doloroso demais pra faze-lo.

Vencendo o Titio Sam e dominando a América do norte[editar]

Capturando a África e a Oceania[editar]

Terminando a conquista com a Europa e a Ásia[editar]

O que fazer (E não fazer) depois que seu poder estiver consolidado[editar]

Finalmente! Você tem o mundo inteiro na suas mãos, no melhor estilo Light do Death Note! Mas espera aí! Dominar o mundo não é tudo! Digo, é a parte principal desse desmanual, mas como diria Genghis Khan, dominar o mundo é fácil, difícil é governa-lo depois. O fato que se meio que é dono de todo o território mundial vai deixar mais de uma pessoa puta, e você precisa saber que ações tomar pra deixar a maioria dos humanos não-putos com você. Pense nas suas ações como um cara gigantesco segurando uma Terra. Pensou? Agora considere que se o cara relaxar e soltar um toletão ou ficar de diarréia, a Terra inteira vai pra merda. Essa é a situação que você se encontra atualmente, amiguinho. Se você fizer a "merda", a merda será sua e somente sua, porque não haverá políticos pra você jogar a culpa sobre. Vamos ver agora como garantir que as suas ações sejam amadas pelo planeta inteiro, e manter seu poder sem que uma rebelião no melhor estilo Star Wars ocorra no seu reino.

Coisas pra se fazer[editar]

  • Distribuir Suprimentos: Clichê não é? Mas que se dane, clichê vende, se não os Vingadores não seriam a série de filmes que mais vendeu na bilheteria no nosso mundinho. Humano são naturalmente famintos, e apesar do comunismo querer negar isso, humanos precisam de rações iguais para ficarem satisfeitos e não se sentirem "roubados". Essa é a famosa política "Lá Petê" do Brasil: Dê bastante auxílio de comida pros outros e eles logo param de reclamar! Alimentos recomendados incluem arroz, que os asiáticos praticamente tem pra dar e tomar (Ui!), feijão, que é um clássico brasileiro, e salsichas, porque todo mundo ama salsichas apesar de ninguém gostar das "piadinhas" que vem com elas. Outra opção legal de comida é usar os corpos dos soldados inimigos como uma deliciosa carne exótica. Caso alguém estranhe, diga que é uma carne de macaco e que você vai fazer uma sopa com ela. Carne humana também fica deliciosa com pimenta e aipim e sobretudo com as lágrimas das esposas dos seus inimigos, vide o cozinheiro Hannibal Lecter e o grande herói Conan, o bárbaro.
  • Fazer Festivais: Ahhhh yeah, quem não gosta de festivais? Favor ignorar os velhotes reclamões de 50 anos, eles nem CONTAM como pessoas pra dar opinião sobre isso. Festivais com a sua presença ficarão ainda mais fodas! Só evite usar decorações que envolvam fotos do seu corpo ou rosto, ninguém merece ter um ataque cardíaco no meio da festa. Ao invés disso, use uma máscara pra esconder essa deformação parasítica que você chama de "feição". Aí, é só curtir! Sirva muita bebida, muita comida, e organize gloriosas orgias publicas! Mande todo mudo fica pelado e jogue o jogo do pão! Brinque de ver quem tem o maior pinto ou mesmo jogue "esgrima peniano", um amável esporte inventado pelos indígenas brasileiros 1000 anos atrás! Aproveite! É uma delícia cara! (Aviso: Eu não me responsabilizo pela AIDS, Herpes, câncer de pele, vírus, doença de chagas e filhos que você pode gerar no meio dessa lambança. Lembre-se de utilizar camisinha! É prático, fácil e totalmente seguro! Essa sessão é patrocinada pela Jontex Johnson. Seu amigo pros momentos mais duros da vida!
  • Diminuir as Taxas/Redistribuir a Grana Governamental: Como assim você NÃO QUER fazer isso? Olha aqui rapazinho, governar o mundo e forçar todos os seres vivos a seres seus servos e te pagaram tributos é legal, mas o segredo para ser um bom líder é ser um cara benevolente. Meio clichê, não é? Mas fazer o que, ninguém gosta de impostos!

Meus parabéns![editar]

Se você chegou aqui, só tenho que lhe dar meus [[|Neon Genesis Evangelion|CONGRATULATIONS!]] Você conseguiu com sucesso dominar a raça humana, um feito que até as pessoas mais filhas da puta a andar a Terra como o Genghis Khan e o Napoleão Bonaparte falharam em fazer! Há muitas coisas que ainda pode fazer (E não fazer) como notado na sessão assim, mas por hora, você venceu! Seja o imperador do mundo e desfrute de todos os benefícios como o tal! Seja feliz! Oh sim, e uma outra coisa. Uns avisinhos, já que você meio que é responsável pelo futuro da sua espécime, queira ou não se todo mundo tomar no cu é 90% de chance da culpa ser tua. Então, atenção sim?Se por acaso contatar um sistema alienígena por aí, é recomendado que tenha cautela. Se for alienígenas amigáveis, que querem fazer uma aliança com você, aceite. Tem uma boa porcentagem deles serem muito mais tecnologicamente avançados que os humanos, e sendo o líder de todo mundo, se você deixar eles putos TODO MUNDO vai tomar no cu, e ninguém quer que a humanidade vire escravos/comida/brinquedo sexual de outra espécime.

Agora, se a primeira reação dos aliens foi te xingar de humano nojento e te mandar ameaças de morte... "fudido" é pouco pra definir sua situação. FECHE A TERRA! MILITARIZE TUDO NOVAMENTE! Você estará enfrentando uma fodendo ameaça de nível 1000000000000000000000000 de perigo! E como mostrado no Warhammer 40000, quando se vem a aliens hostis, não tem tratado de paz, só tem tiroteio e porrada. Lembre-se de ler o desmanual Deslivros:Como sobreviver a um ataque alienígena, e utilize sua habilidades como comandante que dominou o mundo para derrotar esses Greys/Repitilianos/Palhaços Assassinos do Espaço Sideral/Dame tu Cosita. Não se esqueça também que se ele sangra, ele pode morrer, e que quanto maior seu inimigo, mais rápido ele cai. Tirando os seres dos Mitos de Cthulhu, mas isso é uma questão pra outro dia... E é claro, lembre-se que controle total do mundo vem grandes responsabilidades. Nunca se esqueça que um homem feliz porém dominado (Geralmente) não rebela, então seja um bom líder. Dê festas, distribua arroz, faça discursos épicos sobre o tamanho do seu pinto... todo mundo ama esse tipo de coisa.

Então, é isso. Se cuide, e não se esqueça de me visitar, meu caro conquistador! Eu fico BEM sozinha aqui no meu palácio. Se não fosse por aquelas crianças enxeridas e suas resistências, eu teria dominado o Japão! Acredite, eu adoraria... trocar conhecimento com você!

Eu, esperando por um bravo herói corajoso vir me visitar... e ele pode ser você, grande general!

Ver Também[editar]