Crocodylia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Crocrodrilhos
Um grupo de crocodilianos
Um grupo de crocodilianos
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Dinossauros
Ordem: Crocrodrilhos

Crocodylia é a ordem de animais que compreende todos crocodilos, não incluindo portanto todos os crocogrilos, crocodrilos, cocrodilos, cocodilhos, corcodilhos, crocrodilos, crocodilho e nem os corcrodilos que são todos algum outro tipo de animal imaginário... apenas os crocodilos. Tratam-se dos últimos sobreviventes dentre os dinossauros, que durante o cataclisma da extinção do Cretáceo-Paleógeno, estavam eles por sorte jogando baralho com seus amigos golfinhos na Lua na hora que o meteoro acabou com todos répteis do planeta naquele momento. Os crocodilos nunca perdoaram os golfinhos depois daquele dia pois estes tinham a informação privilegiada da aproximação do aerólito e não disseram nada, tudo para desestabilizar os crocodilos e vencerem a partida naquela noite. Os golfinhos nunca mais foram perdoados, sendo eles comidos toda vez que um crocodilo os avistar, o que obrigou os golfinhos migrarem para os oceanos onde jacarés não podem viver, e os golfinhos de água doce se disfarçarem de drag-queens, ou seja, os botos-cor-de-rosa.

Anatomia[editar]

A principal característica anatômica dos crocodilos é a de parecer um inocente tronco de árvore boiando num rio. O que poucos sabem é que os crocodilos são os parentes mais próximos das aves, portanto são todos dotados da capacidade de voar e só não a exercem por preguiça mesmo e pela água ser mais fresquinha para sua pele áspera. Possui patas curtas ideais para andar na terra desengonçadamente. São sobretudo semi-rastejantes e dotados de focinhos avantajados repletos de dentes afiados, mais conhecidos por morder suas vítimas e começar a girar e destroçar tudo.

Diferente dos demais répteis, os crocodilos possuem corações com três câmaras interligadas entre si, de maneira que o sangue venoso e o sangue oxigenado fiquem misturados o que lhes causa a sensação constante de que estão fumando pilha sem nem precisar fumar pilha propriamente dita, o que os deixa o dia todo acordados e furiosos.

Estes animais também não conhecidos por seu caráter psicológico de serem desprovidos de sentimentalismos, tanto que choro falso é apelidado de "lágrimas de crocodilo" porque os crocodilos são seres falsos dotados de uma pálpebra gosmenta cheia de remela que dá a sensação falsa de que estão chorando.

O seu disformismo sexual é bem discreto, onde os machos são maiores que as fêmeas só que mais burros, enquanto as fêmeas são mais surtadas. O homossexualismo é raro, mas pode ser encontrado em crocodilos banguelas.

Outra característica marcante dos crocodilos são suas escamas essenciais para a fabricação de bolsas de dondocas por sua textura de chiclete vencido duro de morder.

Habitat[editar]

Por tratar-se de uma ordem milenar de animais, os crocodilos já estiveram presentes nos mais diversos biomas da Terra, do ar ao mar, mas desde o surgimento dos primeiros humanos os crocodilos habitavam apenas rios de água doce por não serem capazes de beber água salgada e sobreviverem, especialmente o rio Nilo onde eram um grande problema para os antigos egípcios, afinal os egípcios não tinham dentes afiados ou capacidade de dar o giro da morte dos crocodilos. Vários planos para combater os crocodilos surgiram, como o de se disfarçar de gazela vestindo pele de gazela e se banhando em sangue de gazela, mas isso também não surtiu efeito. Devido à impossibilidade de extingui-los, os crocodilos passaram a viver nos esgotos das cidades, rios e lagos.

Famílias[editar]