Chow-chow

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zebra (3).jpg Este artigo trata de um mamífero.

Ele chupa o peito da mãe quando criança e possui muitos pelos no corpo.
Ele ainda pode fazer filmes pornôs.

Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Chow-chow
Canis Chowchanicus
Leão com cara de cachorro
Chow44.jpg
Simplesmente lindo? É o que você acha...
Origem Bandeira da China China
Perigo de Extinção Icon 00 percent.png Nada
Ameaça à humanidade Alto Altíssima Possui consciência maligna
Dados
Alimentação Criançinhas
Doenças N/A
Habitat Cidades, Desertos e selvas
Sexualidade Corta pros dois lados
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Chow-chow.
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Nesse momento um Chow-Chow está bolando planos para a dominação global?
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Quando eu digo global eu me refiro a rede Globo?

Cquote1.png Você quis dizer: Demônio da China Cquote2.png
Google sobre Chow-chow
Cquote1.png Você quis dizer: Gato cachorro? Cquote2.png
Google sobre Chow-chow
Cquote1.png Que fofuuura! Cquote2.png
Você sobre Chow-chow
Cquote1.png ... Cquote2.png
Chow-chow sobre Afirmação acima
Cquote1.png Bauuuuu! Cquote2.png
Um chow-chow uivando, mas você nunca ouvirá isso deles
Cquote1.png Esse cachorro tá quebrado! Ele não late! Cquote2.png
Alguém muito noob sobre Chow-chow
Cquote1.png Deve ser porque ele é um gato! Cquote2.png
Alguém mais noob ainda sobre chow-chow
Cquote1.png Chow-chows são cães que precisam de Carinho, amor e... Cquote2.png
Veterinário sobre Chow-chow antes de ser comido por um
Cquote1.png Miau! Cquote2.png
Gato sobre o chow-chow imitá-lo
Cquote1.png Acho ridículo, só é um cãozinho fofinho! Cquote2.png
Desinformado sobre Chow-chow
Cquote1.png Às vezes temos que correr riscos... Adote um chow-chow Cquote2.png
Propaganda sobre os riscos de adotar um chow-chow
Cquote1.png Adoro! Cquote2.png
Bicha sobre Chow-chow
Cquote1.png Este pequeno cãozinho aprontará mil e uma trapalhadas nesse artigo! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Chow-chow
Cquote1.png É o meu conselheiro principal! Cquote2.png
Ahmahimejaadjsdhslh... Presidente do irã sobre Chowchow
Cquote1.png ... Cquote2.png
Chow-chow dando as boas vindas para você
Cquote1.png ... Cquote2.png
Chow-chow mostrando que é muito feliz
Cquote1.png ... Cquote2.png
Chow-chow pedindo comida
Cquote1.png Eu vou dar um pouco de comida, mas só se me der um beijinho! Cquote2.png
Dono suspeito sobre chow-chow
Cquote1.png Grrrrrrr... Cquote2.png
Chow-chow prestes a comer seu dono
Cquote1.png Whiskas para seu chow-chow! Cquote2.png
Novo lema do whiskas
Cquote1.png Cão do demônio! Saia deste corpo que não te pertence! Cquote2.png
Pastor exorcisando um chow-chow
Cquote1.png GAGAGAGAAAHH... Cquote2.png
Chow-chow tendo convulsões e virando a cabeça igual a menina do exorcista
Cquote1.png O Chow-Chow é o primeiro cachorro que ao invés de impedir roubos, é roubado! Cquote2.png
Ladrão sobre chow-chow
Cquote1.png Nova fórmula para criar chow-chows Cquote2.png
matemático sobre a fórmula do chow-chow
Cquote1.png Know-chow Cquote2.png
Novo estilo de luta dos chow-chows
Cquote1.png Mas esse cachorro não tem nada de diferente dos outros! Cquote2.png
Algum desavisado sobre chow-chow
Cquote1.png Que bicho de pelúcia bonito! Cquote2.png
Mulher sobre chow-chow
Cquote1.png Mas tia, não é um bicho de pelúcia não! Cquote2.png
Menina sobre afirmação acima

Chow-chow é um (urso)cachorro muito famoso não só porque ele se parece com um leão, mas também que a primeira vista ele parece um urso de pelúcia. Depois de tanto esforço para evoluir, o Chow-Chow conseguiu essa notável habilidade: não se mover e ser confundido com um bicho de pelúcia.

Uma coisa que muitos não devem saber é que o dito cachorro possui consciência maligna e que todos os dias arma planos malévolos para levar a humanidade ao fim.

Chow-chow with lasers

Quer um exemplo? Quem você acha que vendeu as bombas atômicas para o Irã? A Coréia do Norte que não foi... Sim Nããão! Foram os Chow-Chows, quem teria tanta malignidade para fazer isso? Só um animal mesmo.

Vamos conhecer mais sobre esse bicho de pelúcia que serve de inspiração para os furrys fazerem aquelas macumbas hentaísticas.

Origem[editar]

A origem desse cachorro chinês é envolta de muita magia e outras macumbas que achamos hoje em dia.

Dizem que há muito, mas muito tempo na antiguíssima china, o primeiro filho do primeiro imperador da dinastia Ming-Ching-Chon estava muito deprimido, e queria acabar logo com sua miserável vida se jogando sobre um espeto de metal flamejante, ou então praticando a forma de suicídio mais comum da China: sentando em um pepino (ui!)... Sim parece engraçado mas não é, a quase 5000 anos a China perde vários habitantes dessa forma. Mas continuando...

O filho do imperador estava terrivelmente triste, e tantava de tudo para levantar a moral (a moral, seus maliciosos!) do rapaz. Chamavam as melhores moças da cidade proibida, depois eles chamavam as melhores massagistas da cidade, depois chamaram até a princesa da China mais linda, a fazer uma massagem tailandesa nele! Mesmo assim, ele continuava com a vontade de pular em um espeto e morrer.

O filho do imperador então estava nas últimas, estava quase com convicção do suicídio da maneira mais dolorosa possível, por isso preferiu o suicídio com pepino. O príncipe estava caminhando com um robe até a sala de suicídio da cidade proibida (sim a cidade proibida tinha uma sala só para isso). Até ver um cachorro Pequinês tropeçando na frente dele. Os serventes tiraram o cachorro que iria direto para o abatimento, pois o simples ato de tropeçar já significava um pecado mortal para a realeza.

O príncipe fez eles pararem, então ele pegou o pequeno cachorro tremendo e olhou bem no rosto. O príncipe então disse:

Cquote1.png MORRA CACHORRO INSOLENTE! Cquote2.png
Príncipe sobre Pequinês

Chow-chow e leão... Separados pelo nascimento?
Agora esse é um Chow-Chow macho, após comer várias tigelas de ração canina. Mas ele também rouba alguns hambúrgueres do MC donalds...

Ele arremessa o cachorro na parede, e logo antes de sentar no pepino, ele tem a ideia de criar um cachorro que o animasse... Um cachorro que traria o sentido da vida para esse mundo... Um cachorro que... Hã... Fizesse as pessoas felizes e calmas... O príncipe iria se dedicar em criar o cachorro e educá-lo aos bons modos Comunistas da China, para assim, o país estiver completo.

O príncipe então mandou cruzar dois cachorros já criados pela pátria, o Pug e o Pequinês, para assim criarem um outro cachorro forte o suficiente para poder sobreviver a um cruzamento com um Leão da China, que até hoje nunca mais foi visto.

Após o decreto do príncipe, todos os serventes tentaram cruzar um Pug com um Pequinês para depois cruzar o filhote deles com um leão da China. A missão parecia impossível, tanto que o príncipe foi chamado de GAY, que em chinês significava "louco que tem o prazer de introduzir um pepino no reto". O príncipe não gostou nada da fama que obteve com sua jornada maluca, e disse que iria queimar quem o chamasse de gay novamente.

Após muitos esforços, muitos trabalhadores sacrificados em vão e muita loucura, o príncipe finalmente conseguiu o fruto de todo o seu trabalho duro: O mítico cão-leão da China... O mítico e único CHOW-CHOW!

Sim, com sua criação finalmente completa, o príncipe Chinês estava realizado na vida e após a criação do cão, decidiu ensiná-lo todos os bons modos chineses, que fossem eles de A ao Z. Logo após ele ensinar todos esses hábitos ele ensinaria-os em ordem silábica... Coitado do cachorro...

O príncipe foi o primeiro possuidor do cachorro mais maligno da face da terra, mas claro que o chow-chow nem sempre foi maligno... Nessa época ele era um cachorro muito desobediente e que se assemelhava a um Pit bull em nível de comportamento. O príncipe nessa categoria inventou um eficiente modo de adestramento para a época, que mais tarde revolucionou a maneira de adestrar os cachorros daquela época a partir.

O príncipe pegava um chinelo de pau e dava uma paulada na cabeça do Chow-Chow que era obrigado a ajustar o comportamento, SENÃO... Mas continuando, À base da chinelada o adestramento ficou muito fácil. Primeiro o príncipe ensinou a ele o dom da preguiça. Ele ensinou ao Chow-Chow que dormir longos períodos sobre os raios solares durante a manhã honraria seus ancestrais leões da China. Por isso o Chow-Chow criou um hábito de dormir sempre de manhã sobre os raios de sol.

O príncipe também ensinou ao Chow-Chow que era para ele sempre honrar seu dono e ficar analisando as visitas, as encarando com um olhar extremamente sem sentimentos e muito intimidador... Um olhar sombrio e maléfico ao mesmo tempo. Essa habilidade do Chow-Chow aumentou a potência dela em mais 90% após ele ter adquirido os hábitos maléficos... O príncipe ensinou ao Chow-Chow suportar qualquer tipo de dono, seja ele autoritário ou então extremamente relaxado, o Chow-Chow sempre iria saber resolver a situação de uma maneira: O encarando com seu olhar extremamente sombrio e intimidador... Um olhar profundo que produz um efeito catastrófico no organismo da vítima que sente... Culpa.

Mais tarde, o Chow-Chow começou a receber outros treinos mais avançados e menos convencionais de seu mestre: O príncipe o ensinou a ouvir qualquer ruído em quilômetros de distância ou simplesmente acordar com o simples piar de um Beija-Flor, poder acordar com um galho de uma árvore quebrando, ou até então sentir-se olhado por uma pessoa. Ou seja, o Chow-Chow aprendeu táticas de batalhas militares... Mas o príncipe mal esperava o que o cachorro que tanto amava iria se tornar.

Em um belo dia, o mestre e o aprendiz, ou seja o Chow-Chow e o príncipe estavam passeando entre os bonsais, e então inesperadamente uma flecha espeta o príncipe que deixa sua última mensagem para o Chow-Chow...

Cquote1.png Vingue-me... Vingue-me desses filhos da... infiéis que traíam o próprio clã! Cquote2.png
Príncipe e sua última mensagem para o chow-chow

O chow-chow usando sua técnica de "olhar penetrante" em você
Um chow-chow querendo um carinho de seu dono, pois são animais muito carentes

Sim, na verdade a flecha foi disparada por um traidor do parlamento real da cidade proibida. O Chow-Chow olha para o traidor que sai correndo de lá. Nisso o homem pára e confere se tem alguém o perseguindo, não vê nada até que... Ele olha para frente, vê o Chow-Chow e depois de vê-lo só, o Chow-Chow deu um golpe tão forte, mortal e maléfico nele que ele nem pôde ouvir os próprios gritos (espere, isso tá certo?)... AQUILO SIM, foi o início da consciência maligna do Chow-Chow.

Após a suposta e misteriosa morte do chefe do parlamento chinês e traidor, o Chow-Chow voltou a sua vida normal, e cruzou com uma fêmea de Leão da China para dar continuidade a espécie.

Mesmo cruzando com um Leão, o Chow-Chow manteve seu último traço adquirido... a malignidade. Ele prometeu que faria qualquer coisa para honrar seu mestre que nós nem sabemos o nome, mas o Chow-Chow queria honrá-lo e decidiu aplicar o seu primeiro golpe: A conquista da China.

Mas como um singelo cachorro-com-cara-de-leão iria aplicar um golpe em um país cujo poderio militar era gigante e antiquado? Aí que se encontrava a resposta... No antiquado do exército da China.

O exército chinês procurava desesperadamente de uma nova arma, uma arma que fizesse os inimigos urinarem e terem ataques de pânico cada vez que fosse pronunciada o nome dela... E então o Chow-Chow bolou seu plano que o ajudaria a torná-lo um monstro o novo imperador da China. O general chinês foi até a cidade proibida pedir auxílio do conselheiro do imperador, pois o imperador não estava em condições para dar algum auxílio ao general (e também porque o imperador não sabia fazer nada, além de mandar e ficar com o rego sentado na poltrona dele).

O Chow-Chow foi tentar chamar a atenção do general, mas ele não deu a menor importância para o cachorro. Com sua honra ofendida, o Chow-Chow resolveu mostrar seu verdadeiro poder para o general, fazendo o conselheiro do rei dar um beijo na boca dele apenas com a força do olhar (ou algum truque com a gravidade).

O imperador ficou muito impressionado, mas acabou matando o conselheiro porque ele achou que ele havia dado um beijo em sua boca por espontânea vontade. O general foi apresentar ao imperador a nova arma do exército chinês... Um Chow-Chow que seu próprio filho criou. Sabem o que o imperador fez?

Cquote1.png HAHAHA!!! Esse cachorro usa até laçinho! Cquote2.png
Imperador se borrando de rir

Sim, o imperador ele riu da criação do próprio filho que foi brutalmente assassinado... O Chow-Chow ficou muito irritado, e através de seu rosto frio e sem expressão ele usou seu olhar penetrante contra o imperador, fazendo uma espada da quinta dinastia atravessar seu rosto. E depois que a espada atravessou o pobre imperador, não se ouvia mais sua risada... Mas o que o Chow-Chow não sabia era que o imperador estava bêbado! Bem, agora que a merda já tava feita mesmo, o general decidiu pegar um "largado no mundo" qualquer para governar a China novamente.

Enquanto o general escolheu o futuro imperador que era o cara que polia as espadas dos soldados (ui! Por que será?), o Chow-Chow foi admitido ao exército como arma. Milhares de Chow-Chows eram "fabricados" para a guerra contra as outra províncias e o Japão... Os Chow-Chow tinham duas categorias de armas de guerra elas eram:

  • Modo pacífico: Os soldados chineses mandavam um Chow-Chow para o campo de batalha, numa tentativa de tentar distrair os soldados inimigos e obrigá-los a sair do front de batalha deles para acariciar o Chow-Chow. Essa tática muitas vezes não funcionava, pois alguns boatos se espalharam pela Ásia inteira que o cachorro era o filho do Belzebu, e que o simples olhar dele poderia matar a pessoa por Suicídio.
  • Modo bomba: Caso o modo pacífico não dê certo, os soldados chineses mandavam um Chow-Chow-bomba até as trincheiras inimigas. O Chow-Chow não seria visto como uma ameaça pelos inimigos, que iriam considerar o cachorro perdido e iriam pegá-lo para o uso dos soldados. Após eles pegarem o cachorro, nem iriam notar as dinamites enfiadas em seu rabo (e eu não me refiro na terminação das vértebras dele).

Após sofrer em campo de batalha, o Chow-Chow finalmente dominava o exército chinês... Os seus generais eram Chow-Chows, seus soldados eram Chow-Chows, seus ditadores comandantes eram Chow-Chows. A China já estava em apuros antes, imagina agora que além de um parlamento corrupto, agora seu país sofreria um golpe militar e seria dominado pelos Chow-Chows!

Desde a época da dinastia ming, os Chow-Chows começaram a comandar o país secretamente, até hoje... Sim, até hoje eles fazem parte de uma conspiração que quer dominar a terra. Você não deve saber disso, mas eles até agora conseguiram dominar 15 países aplicando sua ditadura...

Por isso, não conte para ninguém o que acabei de dizer sobre esse magnífico cachorro. Agora vamos conhecer mais o inimigo bicho.

Características[editar]

Você provavelmente devem me achar maluco, mas o que os Conspiratólogos dizem é verdade... Chow-chows são malignos sim! São caracterizados por terem uma juba de Leão, Olhos escuros, e Língua Roxa. Além disso, as patas são resistentes para suportar pulos e combate corpo-a-corpo e sua força é igualável a de um pitbull mesmo que isso não seja verdade. Além disso, chow-chows podem ser identificados como brancos, pretos, e dourados (que é o mais comum). Outra coisa curiosa é seu nome chinês que significa "Cachorro-Gato" pelo seu pelo e por parecer um leão.

Temperamento[editar]

Um chow-chow na visão de um Otaku viciado em animes/mangás.

Para a Wikipédia, o temperamento é a Psique do cão quando não estamos olhando para ele... Você nunca parou para se perguntar o que o seu cão faz quando ninguém está em casa? Se for um Vira-lata vai dizer:" Ele dorme."

Mas seu cão não é um Chow-chow. Por trás daquelas coisas lindas que o autor da Wikipédia escreveu na página o Chow-chow faz planos para poder te ferrar. Considere isso uma vingança por você ser pão-duro e prender um leão em casa. Até mesmo o Autor da Wikipédia foi enganado por um Chow-chow! Veja só o que ele escreveu à respeito do Chow-chow:

Cquote1.png Normalmente mantido como um cão de companhia, o Chow Chow tem uma reputação de ser uma raça independente. Podem ser bastante indiferentes com estranhos e muito raramente se dão bem com outros cães, principalmente com os do mesmo sexo.

Vale ressaltar que assim como nos seres humanos, cada animal possui seu próprio e único temperamento, que deverá ser sempre levado em consideração. '
Wikipédia sobre o chow-chow

O autor deve ter visto nesse momento notícias antigas e imagens retratando os "casos" de ataques de Chow-chow e provavelmente a sua origem obscura, então ele resolveu colocar essa frase dizendo que "São casos separados se um desses pulou na cara do dono e a estragou!"

Cquote1.png Os chow chows são cães de um dono só, ou seja, manifestam sua alegria somente ao seu dono/família de maneira discreta Cquote2.png
Wikipédia

É, o final está certo "manifestam sua alegria de modo discreto" quando, por exemplo, este dono cai de bunda no chão muitos donos alegam que "O meu chow-chow veio me consolar com uma carinha feliz" mas como você sabe? E se ele não está rindo porque o plano dele deu certo? Já no início "Chow-chows são cães de um dono só" é porque muitos conseguem fugir... Ou até acontecer algo com o dono...

Cquote1.png Os Chow Chows poderiam deixar-se morrer pelos seus donos, mas certamente não irá mostrá-lo abertamente Cquote2.png
Wikipédia

Essa "afirmação" deve ter sido inventada, depois da vírgula dá para ver que o Autor estava puxando o saco daqueles cachorros, o texto inteiro não se falou nada ruim deles como "Desfigura o rosto" ou "Provoca avalanches com um simples latido (WTF?)" apesar de que nunca se ouviu um latido de um Chow-chow.

Só que como é que o autor sabe disso se ele não é um deles? Você morreria por aquele seu peixinho? Aquele que um dia subiu a polícia na Favela onde tu mora e uma das balas do traficante acabou atingindo o aquário, este aquário quebrou e o teu peixinho ficou sem água, você ia arriscar levar uma Bala pra salvar o teu peixe?

Alimentação[editar]

Cquote1.png Ô Dona, Panda é animal silvestre! Cquote2.png - Cquote1.png Mas ele é um cachorro! pode conferir! Cquote2.png

Os donos de chow-chow nunca pensam do que um cachorro felpudo que parece um leão e um buldogue se alimenta... Geralmente eles tem que levar o chow-chow uma vez por semana para o pet shop ou o veterinário, pois a cada mês de vida de um chow-chow, é necessário uma alimentação diferente e outros cuidados diferentes para que toda a sua juba não caia.

Outras coisas que os chow-chows se alimentavam na china antiga, eram de ratos. Pois antigamente (e ainda hoje), os cidadãos de lá achavam que se tratava de um gato e não um cachorro... E para completar ele nunca latia, o que fazia o processo de identificação ainda mais difícil para eles.

Além de que, havia Chow-chows no Japão, mas eram chow-chows diferentes: Eram chow-chows pandas! Muito comum eram os Pandas, criaturas tão caridosas, adotar um Panda pequenininho para a sua Matilha mas os Pandas não sabiam que esse panda menor era um Chow-chow que se parecia com um Panda! Então os Chow-chows podiam passar anos ao lado de criaturas que não eram da sua espécie só por causa dessa camuflagem.

Tudo isso contribuiu para o cardápio bem variado desse leão, ele come desde Ratos até Bambus, e com todas essa variação houve também os cardápios "especiais" que todo o dono de Chow-chow tem que ter para manter aquela juba dele.

"Mas como é que aconteceu essa história de que a juba dele cai quando não se come determinada coisa?"

É difícil explicar, mas a teoria dos Veterinários biotecnistas é que um Lobo se tornou submisso à um Chow-chow e houve um milagre genético e assim houve um cruzamento de Lobo e Chow-chow, causando essa mistura genética, Os lobos precisam de bastante carne para sobreviverem com aquele pêlo, e como o Chow-chow não era um cão caçador (ele sempre foi parecido com um filhote, confundindo a matilha) ele recebia a comida na boca.

Com a necessidade de caça, muitos Chow-chows fracos acabaram morrendo na época pois não eram feitos para caçar... Na época! Hoje eles tem um ataque comparado ao Leão. Seja como for, um dia os Chow-chows voltaram à sua atitude "Nobre" e quando foram morar com Pandas descobriram a cura para a Calvície.

A solução foi essa: Bambu!

Se você não tem um Chow-chow não conhece então a ração especial para este cão, ela reúne vários ingredientes do cardápio "exótico" desse cão, a latinha é "limpinha" e não trás os verdadeiros ingredientes, ainda mais que ninguém ia querer ler, Mas se resume à isso: O Chow-chow é um cão Onivoro.

Psique[editar]

Observe como ele está com medo da sua cara feia...

Chow-chow bichinho de pelúcia, lembrar disso

A mente de um chow-chow não funciona como nós pensamos. Ele consegue ver coisas que nós não conseguimos ver, como tudo que se precisa para causar um incêndio na sua casa. Aliás, você nunca se perguntou porque o seu Chow-chow vem te consolar na hora em que você cai de bunda no chão? Você até o afaga e ele faz uma carinha, você fala:

Cquote1.png Obrigado por me consolar! Cquote2.png
Você sobre Ser burro

Porém ele está rindo de você. Esse cão está aplicando três coisas:

  • Uma vingança (você deu à ele uma meia para morder, não um Ossinho)
  • Outra vingança (por você prender um cachorro MUITO especial em casa)
  • Mais uma vingança (Ele só queria estar lá fora tomando um sol, então ele tem que pensar em outra coisa para fazer até lá)

A História do Chow-chow lá na primeira sessão é quase mitológica, de acordo com a ciência. Os mesmos cientistas dizem que é pura lenda toda essa babela de "Conspiração mundial Chow-chownica" e "Chow-chows controlam a china secretamente", eles apontam que os Chow-chows são quietos por causa que habitavam o Himalaia e latiam pouco só por causa que poderiam causar avalanches.

Mas não fala nada de seu comportamento. Para ver o que o cão pensa só você se lembrar da primeira vez que você viu um Chow-chow.

Língua roxa[editar]

Um chow-chow rugindo antes de te comer (geralmente isso é atribuído a largura do estômago de um chow-chow que é realmente grande e pode ser igualável a fome de um leão... Mesmo assim, sua fome não estará saciada.)

A língua roxa é a parte mais marcante do chow-chow depois do pêlo, do silência anormal, a semelhança com um bicho de pelúcia, o olhar frio e sem emoção e a malevolidade.

Até hoje, a língua roxa dos chow-chows é um dos mistérios da humanidade, que ainda não foi respondido. Muitos biólogos e zoófilos desocupados tentam argumentar sobre o caso, e outros tentam responder. Enquanto os veterinários dizem que na verdade a língua roxa é apenas uma falha genética do cachorro, que ele adquiriu ao lamber muitos picolés gelados na mongólia, outros tentam achar a resposta através das pérolas do enem que são feitas.

Uma das mais brilhantes respostas para essa questão foi a de um aluno do estado do rio de janeiro, sua resposta dizia o seguinte:

"O chow-chow possui uma língua roxa, por causa que se sua língua fosse vermelha ela não seria roxa, e vice-versa. Assim, sendo que ela não é vermelha ela é roxa, mas isso não altera o senso paladárico dos chow-chows... Por isso a língua do chow-chow é roxa. Também podemos colorir a língua do chow-chow para vermelha com a cocaína que se vende na casa da minha vó!"

O estudante ainda não foi identificado, mas os biólogos brasileiros ainda tem esperanças de achá-lo e entregá-lo para a polícia um prêmio de 1.000.000 de dólares. Outros dizem que o chow-chow possuí essa coloração na língua por causa de seu comportamento extremamente apegado a rotinas, que é o que veremos à seguir. Outro fato curioso de sua língua é que ela é áspera e possuí poros que fazem cócegas, isso poderia ter sido utilizado na china pelos soldados como uma forma de relaxamento.

Rotina[editar]

Uma das coisas que um chow-chow faz enquanto você não está em casa: dar um rolé com os amigos.

A parte mais interessante do organismo chow-chow é saber o que ele faz enquanto não está por perto, para isso algumas empresas fizeram pesquisas, colocando várias câmeras em uma casa para monitorar as ações de um chow-chow. Eles fizeram uma lista, contendo todas as atividades que o cachorro deveria fazer.

  • 5:00 até 7:00

Nesse momento, o chow-chow deverá ter acordado, e dando uma passeadinha pela sua casa. Ele tem alguns divertimentos bizarros que faz quando ninguém está olhando, como ficar tirando revistas do lugar para incriminar o dono ou então pegar tubos de pasta de dente e apertá-los para espalhar pelo pêlo. O chow-chow volta a dormir 15 minutos antes do dono acordar (e ver a merda que o chow-chow fez).

  • 8:00 até 10:00

O chow-chow irá sair da caminha quente dele e irá ir até o quintal para dormir sob os raios solares para se esquentar. Chow-chows se parecem muito com gatos, pois 50% do seu tempo eles gastam dormindo, e parecem que tem humor parecido com o de lobos e metade do tempo com humor de collies. São considerados pelo kennel club como primeiro animal bipolar na face da terra.

  • 11:00 até 13:00

Nesse horário ele fica se ocupando da maneira que vier a calhar. Se não fica enfiado em um canto apreciando a solidão, começa a latir para as primeiras pessoas que passam na rua... Eles são animais extremamente ciumentos, mas não com você, e sim com eles mesmos. Então se você encarar um olhar com um chow-chow ele considerará uma ameaça a beleza dele.

  • 14:00 até 16:00

Mais uma coisa que o chow-chow faz nesse horário além de dormir... Ficar caçando sapos, para depois abocanhá-los e jogar o "defunto" no seu sapato que estava na varando ou perto dali. O Chow-chow não faz muita coisa nesse horário além de se divertir e dormir sob a luz do sol (novamente). Se olhar no espelho também vale, pois são animais narcisistas que precisam de tosa uma vez por semana.

  • 17:00 até 19:00

Nesse horário ele acorda e fica esperando você chegar, todo ansioso. Quando você chega em casa, todo cansado e cabisbaixo, apenas querendo tomar um banho, ver TV ler a desciclopédia e dormir... Mas você tem que dedicar um tempo para um cão de raça que para alguns é maligno e para outros um bicho de pelúcia. O chow-chow começa a te incomodar, sendo que se for possível ele possa até botar fogo na casa só para chamar atenção.

  • 20:00 até 00:00

Às 20:00, o cachorro se cansa de tanto tentar chamar a atenção sua e não obter resultados. Ele vai se recolher para dormir, mas não antes de assaltar um pouco a geladeira e mais tarde conseguir acabar com todo o refrigerante que o dono dele comprou. Na meia-noite as coisas mudam.

  • 01:00 até 4:00

Nesse horário o chow-chow começa a se levantar, fica olhando fixamente para a lua, de acordo com as câmeras que estavam na casa. Seus olhos ficam brilhando e ele fica também olhando um pouco para seu dono dormindo (hmmmm...)... Então ele volta para a cama e dá apenas UM latido! Claro que ninguém pode ouvi-lo e chow-chows nunca latem, a menos que seja o juízo final. "Então estamos perdidos pois o meu late e não é pouco ele e a minha pequinês passam a vida a latir um para o outro..."

Tipos de chow-chow[editar]

Chow-chow tentando não vomitar ao ver o rosto feio de seu dono. Não está vendo a cara de nojo e repulsa no rosto do cachorro??

Quando eu me refiro a tipos de chow-chow, deveríamos considerar apenas um: Aquele que é maligno com todos, que atrai azar, e que além de tudo isso é considerado fofinho por tudo e todos.

Os tipos de chow-chow que eu me refiro é chow-chows e seus tipos de pêlo. São chow-chows de cor de pêlo branco, preto, clássico e o "sabor" limitado, o mítico chow-chow panda... Vamos ver o que esses chow-chows tem de diferente (ou não).

Chow-chow original[editar]

Cquote1.png ... Cquote2.png
Chow-chow original sobre ele mesmo

O primeiro chow-chow a existir, era de cor dourada ou a então "clássica" cor ou a cor original de um chow-chow.

Muitas vezes, mais de 98% da população chow-chow é composta de chow-chows dourados, ou seja, se você perguntar para qualquer um se existe outro tipo de chow-chow provavelmente as pessoas dirão não e o chamarão de zoófilo... Mas isso não vem ao caso.

Chow-chows dourados são mais inteligentes que os outros, porém são os mais baratos entre todos os outros tipos de chow-chows. Alguns fatos sobre o chow-chow original, é que no mundo oriental eles são considerados sagrados e por isso, cada cidadão deve dar uma rosca (ui!) para ele , senão podem sofrer de muito azar.

Chow-chow preto[editar]

Um mítico chow-chow preto, lhe aplicando o olhar impiedoso do mal.
Um chow-chow branco parecendo um lobo

Cquote1.png Sai pra lá vira-lata! Cquote2.png
Alguém que não conhece chow-chows pretos

Muito raros de serem achados, chow-chows pretos só não custam tão caros quanto chow-chows pandas por causa que são muitas vezes considerados lobos, ou então um tipo de vira-lata raro que é quieto. São cachorros mais solitários do que silenciosos, eles não são tão animados quanto o chow-chow original, e por isso os veterinários precisam aprender coisinhas a mais sobre esse chow-chow.

Mais uma coisa sobre esse chow-chow é que por ser solitário e etc, acaba vigiando o dono todas as noites, e as vezes você nem deve perceber, mas ele está lá no cantinho do seu quarto... Te observando com olhos luminosos pronto para te atacar quando você menos esperar.

Chow-chow branco[editar]

Cquote1.png Você quis dizer: Floco de neve Cquote2.png
Google sobre Chow-chow

Ninguém nunca ouviu falar desse chow-chow e se vê um chow-chow branco algum dia, com certeza acha que aquilo na verdade é um outro cachorro ou um digimon lobo. O chow-chow banco tem quase as mesmas características do chow-chow preto, só que a unica diferença é que os chow-chows brancos são confundidos com samoiedas e assim vendidos a preço de um. Ou seja, o bicho que deveria sair por 600 reais acaba saindo por 1200 reais, ou o dobro do verdadeiro preço!

Também contra indicamos você levar esse tipo de cachorro para viagens, pois eles quando nervosos consomem muita comida, e já houve casos em que chow-chows brancos passaram fome e comeram a cabeça do dono!

Chow-chow panda[editar]

Após uma suruba com um panda, foi criado o chow-chow panda!

Cquote1.png WTF!? Cquote2.png
Alguém que confundiu um chow-chow panda com um panda comum

O lendário chow-chow panda faz com que muitas pessoas duvidem da existência dele, pois aonde já se viu tamanha monstruosidade e esquesitiçe em um cachorro?

Assim como o chow-chow tem parentesco com o leão, os chow-chows pandas também tem parentesco com os pandas... Alguns dizem que seu surgimento poderia ter significado o início de uma praga na terra que iria criar consequências até as próximas 1000 gerações depois de seu surgimento. Ninguém sabe o que essa praga significa, mas tem algo a ver com um político analfabeto e a façanha de misturar uísque e urânio.

O preço de um chow-chow panda é muito elevado, quase incalculável... Na verdade, só o autor que teve preguiça de pesquisar o preço dessa... Dessa "coisa".

Primeiro Encontro[editar]

Ah! O primeiro encontro com um Chow-chow é inesquecível! Se fosse para perguntar para qualquer um que já viu o cachorro todos vão falar a primeira coisa que pensavam que o "animal" fosse. Aqui está os itens que uma pessoa normalmente vai falar quando for comentar:

  • "Eu vi aquele cão parado e ele parecia um Ursinho de pelúcia"
  • "Me deu um medo! Era um leão!"
  • "Então eu pensei: Não! Ele tá piscando! Mas é um Bicho de pelúcia"
  • "AAAAA! ELE VIROU O ROSTO! Não é um Bicho de Pelúcia"
  • "É um cachorro? Pensava que era um gato!"
  • "Ele disse:'Pode tocar, ele não morde!' Mas eu não toquei, é que, sabe... Parecia um leão..."
  • "Ele não latia, eu pensava que era um bicho de pelúcia, Mas que cão estranho!"
  • "Ele tentou estuprar minha perna. Estranhoo..."

É. Pelo silêncio sobrenatural de um Chow-chow nós estranhamos o cachorro, confundimos ele até com um bicho de pelúcia, agora imagine na idade antiga, quando não existia bichos de pelúcia. Muitos Chow-chows eram brancos e muitos pensavam que ele era um fantasma... Dizia que por onde ele passava, significava mal-pressagio.

Isso que acontece com um chow-chow que tem contato com as dorgas.
Acredite, isso é um chow-chow e não um panda!

Seja como for, a característica mais marcante dos Chow-chows é o Silêncio. O ser humano se acostumou a ouvir aquele Vira-lata de madrugada latindo feito um louco e o Chihuahua da vizinha de seu apartamento tendo um ataque. Mas o silêncio dos Chow-chows, por mais encantador que seja seu olhar você NUNCA terá coragem o suficiente de Acariciá-lo ou, ao menos, dár-lhe uma chinelada quando for dono de um (se viver até lá).

Foi separado três relatos de primeiros contatos com Chow-chows.

Golpe de classe[editar]

Eu estava indo para a casa de minha amiga ver o novo cachorro dela, estava pensando no caminho o que era, mas logo imaginei que devia ser um Vira-lata, já que ela era tão pobretona que seria pão-dura de mais para comprar um Poodle, Pedi para o Taxista me deixar ali na esquina, e fui até a casa dela.

Quando eu estava passando por lá eu vi um Bichinho de pelúcia no sol, parecia um leão! Eu entrei lá e ela disse que nós iríamos sair e perguntei sobre o cachorro dela, ela falou: "Ué? ele não estava ali na frente?"

Após o dia, eu tive o pior encontro da minha vida, e quando eu estava saindo da casa da minha amiga (ou ex-futura-namorada) o chow-chow estava olhando fixamente para mim. Minha vó é uma grande supersticiosa e disse que quando um chow-chow olha fixamente para você significa que ele prevê para o seu futuro desgraça, fome, cobrança de impostos, retorno do CPMF e o seu despachamento do barracão que você mora.

E além de eu ter perdido a chance de ter pegado a minha amiga, eu perdi a perna em um acidente com um carrinho de cachorros-quente e logo depois acabei depressivo, e fui escrever besteiras na desciclopédia até descobrir que minha desgraça poderia ser revertida se eu me jogasse de um prédio, daí eu estaria morto e livre do azar.

Camuflagem especial[editar]

Era um dia muito lindo, e eu estava indo até o trabalho, empolgado por ter um novo emprego e também empolgado por causa que (achava) que teria uma promoção iminente e além disso um aumento de salário...

Quando cheguei no escritório, vi aquela gostosa do escritório dando mole para mim, e eu disse que poderia pegá-la mais tarde. Quando cheguei na sala de reuniões, vi um dos advogados de lá trazer um cachorro todo felpudo e dourado... Nunca tinha visto algo parecido. O encarei com uma cara de nojo, e cachorro me olhou com aquele olhar... Frio e sem emoção!

Após ter passado breves 5 minutos segundos olhando o cachorro, comecei a apresentar o projeto e acabou dando branco! Me esqueci de tudo! E além disso, além de me esquecer de tudo acabei esquecendo as calças também!!! Saí todo envergonhado e aquela gostosa do escritório me acusou de assédio sexual por ter importunado ela. Depois daquele dia virei um fazendeiro de feijões mal-sucedido, pois não conseguia mais trabalho em cidade alguma.

Isso está errado[editar]

Tá, eu tinha uns 30 anos quando vi o primeiro Chow-chow, não sei como já não tinha visto aquele cachorro antes, mas na primeira vez que o vi nem sabia se era mesmo um cachorro. Eu fui para a casa de minha namorada, nós iríamos sair e pela janela do apartamento dela, eu vi um Bicho de pelúcia era um leão, quando estava chegando lá eu vi o bicho, balancei a mão para ver se era um Cachorro (Se você é tapado e não sabe o que é um, leia o Artigo).

Porém ele continuou com um olhar fixo, eu pensei "Mas que bicho mais real! Não pode ser um bicho de pelúcia" quando eu toquei no interfone o Leão parecia ter piscado e virado a cabeça, ignorei, mas era do Apartamento da minha namorada.

Ela foi ao interfone e me falou que era para eu ir na janela da sala e pegar a chave do carro que ela já ia. Quando voltei a olhar na janela, não estava mais lá o bicho de pelúcia, ela jogou a chave e quando eu ia perguntar ela disse que respondia depois. Me virei e lá estava o Bicho na janela, de novo.

Achei que estava vendo um fantasma, fui para o carro rapidamente, só abri a porta e sentei no carro, no silêncio eu vi algo no banco traseiro... Era outro bicho de pelúcia! Eu olhei pra ele, depois acenei para ver se era um cachorro, estava acostumado a ouvir o cachorro latindo quando eu acenava daquele jeito.

Eu repeti isso 5 Vezes... 5 Vezes

Então resolvi dar um tapa para ver se era mesmo um Bicho de pelúcia, eu dei um tapa e ele Começou a rosnar eu tentei abrir a porta mas ela estava trancada, depois daquele dia eu tive que fazer várias plásticas para tirar as cicatrizes e minha namorada me processou... Até hoje não sei se aquele cão é mesmo um cão!

Um último apelo final[editar]

O chow-chow é um cachorro muito amável e que apesar de suas primeiras (nada boas) impressões, ele é um cachorro amável e que adora seu dono, e olha que eu não digo isso porque tenho uma arma apontada na cabeça por um chow-chow!

Mesmo assim, cuide bem do seu chow-chow, o amarrando no canto do quintal e fazendo um círculo de fogo ao redor dele para ele não escapar.

Ver no YouToba[editar]

Ver também[editar]

Raças de cachorro
v d e h