Chantagem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se tu és português e esta a procurar um filme de Alfredo Acertapau, sugiro ir ver Chantagem (filme) e não encher o nosso saco, ora pois!


Chantagem na prática

A chantagem é a prática que visa obter alguma coisa através de uma troca que a outra pessoa não queira tanto. Embora seja muito confundida com a extorsão, coação moral ou mesmo o estelionato, chantagem nada mais é do que uma proposta um pouco mais forte, uma barganha quase mandatória, embora possa evoluir para os outros tipos penais citados. A chantagem é o Bar Mitzvá do brasileiro, todo mundo já praticou algum tipo de chantagem em algum momento da vida e se não praticou, um dia ainda vai praticar. Não pense que aquele negócio de "só vou estudar se você me der uma bicicleta, mãe" não seja chantagem também.

Origem[editar]

As chantagens estão cada vez mais comuns e perigosas

Há registros de que a chantagem foi usada pela primeira vez no ano de não interessa pra você palhaço a.C., em períodos que remontam a idade de sua avó, em tempos remotos onde amarravam cachorro com linguiça e toda a população que não era rica, não tinha posses (ou termo deles) automaticamente era fugitiva da polícia. O caso mais famoso de chantagismo foi do... não posso falar porque fui chantageado, iriam espalhar meus nudes lambendo o cotovelo se eu falasse, então morre aqui o assunto.

Um tipo de chantagem

Pode parecer um absurdo sociológico o que será escrito aqui, mas a chantagem é que moveu o mundo a evoluir. Como surgiram as pirâmides - Cquote1.png Terminem isso logo que o número de chicotada será menor Cquote2.png -, a queda do Império Romano - Cquote1.png Porra, ou vocês nos dão nossa própria terra ou tudo isso aqui vai acabar Cquote2.png -, e qualquer outro fato da história foi à base de uma chantagem.

Etimologia[editar]

O termo Chantagem vem de chanta que lembra janta que por sua vez remete a Fanta que faz você lembrar de quantas vezes viu aqueles comerciais toscos. Fanta que é da Coca-Cola Company® que lembra ratos, que faz lembrar da sua casa que acaba lembrando de como eram os cortiços europeus nos anos 1840. Europeu que lembra atentado, atentado que lembra a França, França que lembra dos grandes cantores que lembram de voltar ao artigo e dizer que na verdade chantagem vem da palavra cantar em francês logo, podemos concluir que foram os franceses os primeiros chantagistas da história. Logo eles, que sempre sofreram chantagens ao longo da história, ou pensa que Adolf Hitler não fez uma chantagem antes de invadi-los?

No espanhol é jantajén, que se pronuncia "rantarrem", que veio importado da França pelos espanhóis para a Argentina, que sofreu umas chantagens dos ingleses nas Malvinas. No inglês é "blackmail". Sim, "blackmail", algo como "correio negro". Alguém sofreu uma chantagem profunda na Inglaterra pra nomenclatura ser essa.

Psicologia da chantagem[editar]

Tem que aprender com o mestre, chantagear dois trouxas ao mesmo tempo

A chantagem costuma usar argumentos lógicos pra pescar os coitados. Usa-se, costumeiramente, os teoremas de "ou isso que eu peço (que já será uma encaçapada), ou então tomará no cu", ou então "se fizer isso que eu peço, ganha isso que você quer". No primeiro raciocínio (ou isso ou aquilo) não há uma saída mais fácil, é escolher entre ser arrombado pelo Kid Bengala ou pelo negão da piroca. Já no segundo caso é possível escolher se submeter a algo pela recompensa, ou simplesmente nunca mais ter a chance de conseguir isso, a não ser com outra chantagem futura.

Aqui não há pedagogo nem psicólogo, mas todos sabem que a chantagem mais faz mal que bem. As mães que chantageiam as crianças nem imaginam mas estão criando coisa ruim, seja um valentão de escola (bully) ou então o cara que sofre o bullying, é uma roleta-russa. Os bullies, que sofreram muitas chantagens domésticas, usam e abusam desse artifício, um soco no estômago ou o dinheiro do lanche. Se bem que essa porra só acontece nos Estados Unidos, aqui no Brasil o bullying é mais maroto, moleque, de campinho de várzea, toco y me voy. Aqui no país é "para de andar feito mocinha senão vai levar porrada na cara", aqui é coisa séria, constrangimento ilegal de adolescente pra cima.

Nos relacionamentos, a chantagem vai minando a paixão do casal, até que uma hora um não aguenta o outro. Quando você fala pra sua namorada que só vai casar quando um frango depenado lutar capoeira contra um alce que toca maracatu não deixa de ser uma chantagem, e isso estraga a relação. Oh, você não tem namorada? Tadinho... Então, quando você fala para algum amigo que precisa de ajuda que só ajudará se ele fizer algo, é uma forma de chantagem que acaba com a amizade. Ah, nunca fez isso? Então você é perfeito, eh?

Chantagem conjugal
Outro tipo de chantagem emocional

A chantagem também é um mecanismo de defesa, quando a pessoa está na zona de conforto ou na malemolência e usa essa ferramenta psicológica. Com a chantagem emocional, por exemplo, quando uma pessoa, normalmente mulher, ameaça tirar a própria vida se o namorado ameaçar terminar, a namorada usa nada mais nada menos que um mecanismo de defesa. Se isso afetasse tanto os homens quanto afeta as mulheres, o que teria de escravoceta friendzoneado suicida não é brincadeira.

Tipos de chantagem[editar]

Ao longo da história, foram surgindo várias formas de chantagear alguém. Se no início eram apenas os poderosos que obtinham este dom, com o passar do tempo a plebe foi ganhando poderes de coerção e assim passaram a poder chantagear também.

Os tipos são os mais diversos e hoje são praticados por membros da alta cúpula da aristocracia através de práticas que ameaçam a governabilidade de um feudo ou nação, bem como pelos seus súditos, por meio de práticas que garantem a própria sobrevivência.

Emocional[editar]

Na verdade, toda a chantagem apela ao emocional. Emocional não seria exatamente uma vertente da chantagem e sim uma qualificação da chantagem. Se apela ao emocional, já é chantagem.

Sexual[editar]

Se a sua namorada vier com esse olhar, prepare-se para ser chantageado

Isso acontece muito com aquele animal chamado "namorada". Às vezes, na calada da noite, a namorada fala pro trouxa que tá com vontade de fazer umas coisas diferentes, tipo um anal giratório. Logicamente o namorado fica extremamente estasiado só de pensar na possibilidade. Aí se segue o diálogo:

Cquote1.png Nossa, amor, hoje simplesmente me deu uma vontade de fazer aquilo que você queria Cquote2.png
Namorada

Cquote1.png Opa! Então você vai embora do país? Cquote2.png
Namorado

Cquote1.png Não, digo, aquilo que você queria na cama, um analzinho giratório em 75° Cquote2.png
Namorada

Cquote1.png Aí sim!!!! Já tô com o pau na testa! Cquote2.png
Namorado

Cquote1.png Mas com uma condição... só se você me der um iPhone 78 Cquote2.png
Namorada

Cquote1.png Ah, caralho, sabia que tinha algo mais nessa proposta... Cquote2.png
Namorado

Até virou fetiche

Porém, ainda assim o namorado se vê obrigado a aceitar. Ele poderia recusar, simplesmente, mas foi uma chantagem sexual, não há escapatória, é algo que atinge forte na mente beta do indivíduo do sexo masculino. Se a namorada começar a frase com "amo-or", dando uma ênfase no final, ou prolongando os os - Cquote1.png Ô amoooor Cquote2.png - você será feito de trouxa, mas ainda poderá achar que se saiu por cima da carne seca.

Nem os personagens de quadrinho escapam da chantagem, e pela imagem, parece que o Peninha vai se lascar todinho

Cogitou-se no passado incluir a chantagem puramente sexual no código penal em um novo tipo criminal, mas os deputados sofreram chantagens sexuais e desistiram da ideia.

Há a modalidade sexual coercitiva, que aí afeta as mulheres. O extorsor, possuindo alguma vantagem sobre a vítima, ameaça fazer algo se não obtiver o ânus em troca. Isso já é considerado estupro no código penal, então já exacerbou a nomenclatura "chantagem", basta exigir o sexo em troca de algo que já será considerado estupro, mesmo que não ocorra a conjunção carnal.

Dito isto, por favor, não confunda usar o sexo na chantagem com o uso a extorsão pra conseguir sexo, principalmente se você tiver vontade de cometer algum ato desses, a chantagem não será tão gravosa quanto à extorsão sexual, ainda mais que todos sabemos o que acontece com estupradores na prisão...

Financeiro[editar]

O pequeno salário obriga as pessoas a aceitarem chantagens

E aquele seu salário que nunca aumenta? Já viu sua colega de trabalho, o salário dela aumentou vinte vezes nos últimos dois anos, e o seu aumentou só uma vez, e só porque foi reajustado. Mas acha que a culpa da mulher, que ela é vagabunda, interesseira, coisa do tipo? Na-na-ni-na-não, isso foi uma chantagem financeira do patrão, que é praticamente irresistível.

Quando se mexe no bolso, a moral cai por terra. Se até eu que sou macho pra caralho sofri umas chantagens sexuais de patrões antigos (e tive que aceitar, claro, sem perder a macheza), o que dizer que pobres e indefesas jovens? A mocinha, que precisa alimentar sua vontade de estar na moda e se aparecer pras amigas, sente-se coagida a fazer trabalhos sexuais. Isso é praticamente uma inversão da chantagem sexual.

Cquote1.png Mas isso aí não deveria ser classificado como assédio em vez de chantagem? Cquote2.png
Leitor

Cquote1.png Você tá lendo "Wikipédia" lá em cima por acaso, cuzão? Cquote2.png
Eu

Se você também quiser ser coagido dessa forma pelo seu patrão, sugiro que comece a malhar os glúteos e andar com roupas apertadas, e se insinuando para o patrão, talvez você também sofra uma forte coação moral dessas e receba o aumente de salário almejado. É isso ou viver pobre, você quem sabe.

Religioso[editar]

O fenômeno do "extorquismo", expulsão do dinheiro da carteira

A chantagem religiosa é uma das mais comuns, ainda mais no Brasil que é um país onde as igrejas roubam pra caralho. Desde chantagens ameaçando a excomunhão, passando pela chantagem dizimista, pra finalizar com sua mãe te chantageando a ir pra missa. Pior que essa merda afeta também os ateus, que fazem chantagem antirreligiosa ad hominem - Cquote1.png se você acreditar em Deus, seu cérebro vai pegar fogo, imbecil! Cquote2.png.

As igrejas cristãs, especialmente as pentecostais, abusam muito da chantagem dizimista. Para muitos, isso não passa de charlatanismo, e é. A maioria dos fieis dessas religiões é influenciável, e caem no conto do pastor. Por que essas pessoas acreditam piamente no terreno no Céu, o pastor ameaçar tirar isso é como se fosse ameaçar uma pessoa qualquer com um "nude" ou informação confidencial. Mesmo as pessoas crentes mais fortes podem ser levados:

Cquote1.png Sou evangélico da Igreja da Pirâmide Invertida de Jesus Cristo, mas não pagarei dízimo Cquote2.png
Crente

Cquote1.png Se não pagar o dízimo, irá para o Inferno! Cquote2.png
Pastor

Cquote1.png Pegue aqui meus 10% Cquote2.png
Crente

As mulheres que fizeram uma troca justa: preferiram a vida a andarem como mulher ocidental

Embora seja nada menos que uma chantagem emocional, por abranger a religião se torna um tipo diferente, pois a religião é tão difusa que merece o próprio estilo. Não pense que ocorre apenas nas igrejas evangélicas.

Cquote1.png Sou muçulmano e não quero explodir meu corpo numa bomba Cquote2.png
Salim Mohamed

Cquote1.png Se não detonar uma bomba atrelada ao seu corpo, não ganhará as 72 virgens Cquote2.png
Sheik

Cquote1.png ALLAHU AKBAR!!! Cquote2.png
Salim Mohamed

No caso da religião islâmica, a chantagem pode sofrer uma digievolução monstruosa e virar um constrangimento ilegal ou uma extorsão qualificada. Se a mulher não usar aquela fantasia de Cavaleiro da Morte, por exemplo, pode até levar umas pedradas na testa.

A religião realmente é um antro de chantagem, até porque foi fundada sobre a chantagem, ou a gente acredita num deus, ou teremos que evoluir a ciência pra poder saber como os fenômenos correr, e isso é demasiadamente trabalhoso. Entretanto, até quem não é religioso se lasca.

Cquote1.png Sou ateu e não acho certo ficar xingando religião à toa na internet Cquote2.png
Ateísta

Cquote1.png Se não xingar as religiões, vamos falar pra todo mundo que você é um religioso frustrado Cquote2.png
Ateísta toddynho

Cquote1.png Eu odeio as religiões... (textão de 300 linhas...) ...religioso é idiota! Cquote2.png
Ateísta convertido no Toddy

A primeira chantagem conhecida e sofrida na infância - ou come essa merda ou sofrerá algo pior, é assim que nascem os Jigsaw's

Ainda na esfera religiosa, as igrejas católicas, embora não sejam tão dizimistas e extorsoras, apelam bastante na chantagem. Quem ameaçar fazer algo que ameace a moral e os bons costumes, recebem uma ameaça maior de serem excomungados. Mas, pensando bem, que mal vai causar ser excomungado, se a pessoa já quer mesmo é quebrar a moral e os bons costumes?

Amoroso[editar]

Um tipo de chantagem amorosa mais conhecido é o famigerado golpe da barriga. Normalmente este golpe é usado quando a mulher não dispõe de beleza e muito menos, amor próprio, restando a ela buscar outros meios para preencher esse "vazio interior" (irônico, pois as praticantes do golpe costumam ser gordas).

Eis uma futura chantagem amorosa

Depois, então, ela finge ter um (ou mais) bebê(s) e um aborto a cada 9 meses, obrigando assim o parceiro a cuidar dela por toda a vida, a sair na chuva para comprar chocolates, fazer piadas sem graças e principalmente, abdicar do sexo por toda a eternidade (ou pelo menos, até o fim da farsa).

Doméstico[editar]

Na linha tênue da área religiosa, tem-se a chantagem maternal. Ela pode ser religiosa quando baseada em algo religioso, tal quando a mãe obriga os filhos a fazerem comunhão, irem pra missa ou orar antes de comer, senão não ganham sobremesa ou presente. A mãe, sempre ela, abusa da autoridade e chantageia a pirralhada o máximo que pode. Quer ir ao parque? Não sem antes arrumar a cama. Férias na praia? Se tirar nota baixa, as férias serão no banheiro, cagando sangue em virtude do chute no cu. Essa chantagem doméstica não afeta tanto o pai pois este já sofre chantagem no trabalho e sabe como é uma merda.

Olha a carinha, como podem fazer algo assim?

Todo o castigo que a mãe aplica nas crianças é uma forma de chantagem. Se fizer tal coisa na próxima vez será pior! As crianças são acostumadas a entender a chantagem como algo normal, e isso vai virando uma bola de neve das chantagens. É por isso que o Paulo Freire, aquele velho gagá, diz que a chantagem maternal é que faz a criança sofrer depressão na juventude.

Entre os irmãos também há belas chantagens, principalmente do irmão caçula para o mais velho, ou, se são três irmãos, quem se fode é o irmão do meio. O irmão mais velho deixou de fazer algo que foi pedido pela mãe? O irmão mais novo vai ganhar um pouco mais de sorvete para sobremesa do irmão mais velho, pra mãe não saber disso. Puts, um vaso foi quebrado sem querer pelo irmão mais velho, e agora? Se um ou dois brinquedos forem dados ao irmão mais novo, fica parecendo que foi o cachorro que quebrou, caso contrário, o irmão mais velho vai dormir de couro quente. E é por isso que o irmão mais novo normalmente vira um político bandido, que depois vira delator. E já que estamos falando em política...

Um chantagista famoso, que mereceu esse olho roxo

O pior de tudo é que a chantagem doméstica atinge até os animais. Até os animaizinhos? Que porra de mundo é esse? Se tem algo que merece pena de morte nesse país, é chantagem doméstica que afeta os animaizinhos. Sério, de nada adiantou o Padre Marcelo Rossi dizer que os animaizinhos subiram de dois em dois se tem desumano que chantageia os pequenos. Há coleiras de choques, que servem como uma chantagem automatizada (se latir, leva choque), proibições, chantagem das excreções (lembrando que órgão excretor não reproduz, senão o castigo seria pior), que o cachorro ou gato são recompensados com algo se não cagarem, ou levam um tapa no dorso. Isso na verdade é um castigo, nem mais chantagem é. Mas também há o inverso, o animal chantageia o dono. Ou faz carinho na barriga, ou cago a casa toda. É, a irracionalidade atinge até os animais domésticos.

Político[editar]

Uma chantagem já em nível extorsor. Clica na imagem ou não verá a conversa (olha a chantagem ocorrendo)

Cquote1.png Você quis dizer: Delação premiada Cquote2.png
Google sobre Chantagem
A chantagem política talvez tenha sido a origem de todas as outras. Político é alguém que venderia até a mãe no fiado para ver se consegue alguma coisa em troca, então chantagem pra eles é o de menos.

As chantagens políticas ocorrem quando um partido político que detém a maioria dos deputados ou senadores de uma casa deseja algum cargo de alto escalão no governo, seja esse partido de oposição ou situação e acontece da seguinte forma: O líder de um partido indica alguém a ocupar tal cargo de um determinado governo, caso o estadista não concorde com tal indicação, os parlamentares darão um jeito de transformar a rotina do estadista (e de toda uma população) em um tremendo caos social.

Chantagem reversa[editar]

Esse é o tipo de chantagem que dá errado. O chantageador tenta aplicar uma chantagem, mas o tiro sai por trás. Essa chantagem reversa pode estar no âmbito emocional (alguma pessoa que disse que sairia do país se a presidenta fosse impeachmada), âmbito sexual (Cquote1.png iPhone é o caralho, se não quiser fazer, eu acho quem queira fazer um sexo grupal com ovelhas e cavalos em outro lugar Cquote2.png), e em qualquer outro tipo.

Criminoso[editar]

Quando a chantagem passa do limite de Satanás é considerada um crime. Ela pode ser uma extorsão, uma violência sexual ou outros crimes.

Extorsão[editar]

Extorsão mediante sequestro, um tipo violento de chantagem

A extorsão é a chantagem criminosa propriamente dita, digo, não que as demais chantagens não sejam criminosas, o problema é que essa está até tipificada no código penal e dá uma cadeia boa.

Uma chantagem emocional violenta que deu certo pra ninguém

Se a chantagem normal já é um aborrecimento do inferno, imagina então quando envolve violência. Eu sei o que você deve estar pensando, e o pessoal que é chantageado pela namorada e ainda leva umas porradas vez ou outra, não se enquadraria como uma extorsão? Ah, não pensou isso? Foda-se, o artigo é meu e faço o que quero, mas voltando ao assunto, não, não pode ser considerada extorsão e sim escravocetagem.

O sequestro com pedido de resgate é uma extorsão, por exemplo. Possui a base da chantagem (ou você paga, ou seu filho vai virar filha), mas com a violência que caracteriza a extorsão. Lembram da Eloá? Então, ou ela voltava pro mano lá, o tal de Lindemberg (porra, esses senadores petistas são foda!) e vivia toda a sua vida ao seu lado compartilhando cupcakes e fluidos, ou perdia a vida. Olhando a imagem ao lado esquerdo, a beleza do sequestrador passional, podemos concluir que a Eloá até que fez um bom negócio, mas isso você vê com detalhes nos artigos sobre sequestro, extorsão, Eloá, Lindemberg ou qualquer outro, esse aqui deveria ser apenas chantagem e a cota de encheção de linguiça tá quase acabando.

A atriz que foi chantageada por causa de uns nudes sem sal

Uma chantagem criminosa famosa da qual lembramos é o caso da Carolina Dieckmann, Carolina "Homem Bilau" em alemão, que foi chantageada por crackers que possuíam suas fotos nuas. Ou ela liberava uma grana, ou então os criminosos espalhavam suas fotos pela rede. Como ela não negocia com criminosos, a punheta de alguns foi garantida. Veículos de comunicação em todo o país noticiaram isso (uma carrocinha de cachorro-quente das salsichas tagarelas em Niterói, um carro de som em Campinas, uma motoneta dirigida por uma velha fofoqueira em Salvador, os caminhoneiros do rádio amador, entre outros). Os "extorquistas", no entanto, nunca foram encontrados.

Outro que não aceitou extorsão

Outro famoso extorquido foi o ator Alexandre Borges, mas ele saiu dessa numa boa. Assumiu que comeu traveco mesmo, e foda-se o mundo. Alguns anos atrás foi o jogador Ronaldo Nazário que sofreu uma tripla chantagem extorquista, e de um hat-trick de travestis, mas ele não fez igual o Alexandre Borges. Não, ele não acatou a chantagem, mas não assumiu também a trepada.

Há muita o que se falar sobre extorsão e como separá-la da chantagem amena. O certo era a extorsão ter artigo próprio, mas os descíclopes andam vagabundeando demais ultimamente e só tem saído um artigo por dia, quando a safra está boa. Assim, a extorsão foi explicada um pouco aqui por ser uma forma de chantagem, e o resto você lê no artigo próprio dela, isso se existir algum dia... Mas duvido muito pois os usuários estão mais preocupados em criar artigos de putaria, tais como a buceta arrombada e cu estourado da Hope Solo ou hentai com o Voltorb e o Electrode.

Estupro[editar]

Prepara o cintaralho e o brioco!

Quando a chantagem requer, em moeda de troca, algum buraco sexual, isso passa a ser um estupro para o código penal. Com a nova redação de 2009 (novinha) o estupro já não é mais apenas colocar o piruzinho à força numa pessoa. Bastou chantagear a pessoa pra ganhar sexo que já vale como o crime de estupro.

O estupro é considerada a chantagem hedionda, e o autor do crime não ganha nem o direito de fiança (claro, quem deixaria um chantageador estuprador livre). Assim como a extorsão, o estupro precisa ser definido em um artigo próprio, mas felizmente já existe estupro, epa, digo o artigo, não o crime.

Proteção[editar]

Como podemos nos defender de uma chantagem? Se não cedermos, é possível combater esse mal. Para se defender de uma chantagem, podemos usar a psicologia reversa no chantagista. Vamos pegar o exemplo mais comum de chantagem, a chantagem entre a mulher e o marido. Eis a psicologia reversa:

Cquote1.png Se você não cortar a grama, não vou deixar você ir ao bar com os amigos Cquote2.png
Mulher

Cquote1.png Ha-ha, se ferrou, o que eu mais gosto nessa vida é de cortar a grama, isso é coisa de homem, só macho pode fazer Cquote2.png
Marido

Se a psicologia reversa não der certo...

Das duas uma, ou a mulher se sentirá atraída em cortar a grama porque as mulheres também devem ter o direito de roçar a grama, ou então a psicologia reversa vai falhar e o maluco vai ter mesmo que cortar a grama, e ainda correr o risco de nem poder mais ir ao bar com os amigos, mesmo tendo cortado a grama. 99,99% de chance de ocorrer a última. Entretanto, ainda que a psicologia reversa falhe, o que infelizmente ocorrerá, temos a opção de usar a chantagem reversal russa:

Cquote1.png Se você não cortar a grama, não deixarei mesmo você ir ao bar com os amigos Cquote2.png
Mulher

Cquote1.png Se você não deixar eu ir ao bar com os amigos, não deixarei você ir ao salão de beleza Cquote2.png
Marido

Cquote1.png Pois se você não deixar eu ir ao salão de beleza, quando você for me beijar, vai roçar a boca no meu buço Cquote2.png
Mulher

...você pode bancar o surdinho

Então, como sempre a mulher vence. Mas espere, ainda assim há um plano C. Se nem a psicologia reversa e nem a chantagem reversal russa funcionaram, podemos usar a indiferença.

Cquote1.png É o último aviso, ou roça a grama ou não vai ao bar com os amigos Cquote2.png
Mulher

Cquote1.png Truco, vadia! Eu nem queria mesmo ir ao bar com os amigos, foda-se! Cquote2.png
Marido

Cquote1.png Isso é uma boa notícia, assim podemos jantar na mamãe nesse dia Cquote2.png
Mulher

Cquote1.png Cadê a roçadeira, meu amor? A grama está mesmo precisando de um trato Cquote2.png
Marido

É, não vai funcionar

Assim, vimos como se defender de uma chantagem da melhor forma possível. Ainda no âmbito conjugal, e se a chantagem vier da forma suicida? Quando a mulher, normalmente em forma de namorada, usa a droga da chantagem ameaçando se matar, o que fazer? O desafio funciona bem aqui:

Cquote1.png Se você não me der uma aliança, vou me matar! Cquote2.png
Mulher

Cquote1.png Duvido que você vá se matar! Quero ver, se mata agora que eu quero assistir! Cquote2.png
Marido

E isso realmente vence a chantagista. O ruim é que é uma vitória pírrica porque uma mulher desequilibrada se mata de verdade, e aí game over, ela morre e ainda vence, igual o assassino John Doe, de Se7en.

Veja também[editar]