Cancro mole

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.

Cquote1.png Já tive isso aí na minha benga... Cquote2.png
Thammy Gretchen sobre Cancro Mole
Cquote1.png Isso aí? Isso aí é, ahhh... uma espinha! Espreme com a boca pra mim, amor? Cquote2.png
Namorado safado sobre Cancro Mole


FEATURING "CANCRO MOLE"!: sim, isso ai já foi um pau excitado antes de se tornar um cogumelo radioativo...
No Wikipedia.png QUEBROU A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Cancro mole.

O Cranco Mole é uma DST que fode com o seu pênis. Basicamente, trata-se de uma série de ferimentos que afligem o seu pau, causados por uma boquetéria bactéria chamada Hamofalus Ducreyi. Geralmente, é sexualmente transmissível, mas também já foi encontrada em homens que manipulavam excessivamente seu aparelho reprodutor: o negócio ficava até com bolha, de tão maltratado...

Apesar do nome, a doença causa apenas infecções purulentas, bolhas necrosadas de sangue e deformação da benga. Quer dizer, pode ficar tranquilo, porque você nem vai ficar broxa! É só jogar um talquinho para disfarçar o cheiro de podre; de resto, põe a comida de quatro e manda brasa porque ela nem vai notar nada! Mas, se a mulher porventura reparar no estado de decomposição do dito cujo, é só dizer que aquilo (pus) é esperma que vazou antes da hora.

Mas, em casos extremos, é bom ficar esperto. O pau pode ficar tão estragado que pode até cair. Neste caso, não resta nada a fazer. Se você é japonês, deu sorte, porque a queda não implicará em nenhuma perda estética; ninguém vai reparar que você perdeu "aquilo" e, na hora do "vamos ver", você pode até utilizar o mindinho para efetuar a substituição (mas tem que ser o mindinho, senão vai levantar suspeita...). Agora, se você é um ser normal, pode comprar aquele pau de plástico que as sapatas usam e colar acima do saco com super-bonder; não fica perfeito, mas, para um eunuco, você vai querer o quê?


Tratamento[editar]

  • Para tratamento farmacêutico, utilizar os medicamentos tarja-preta conhecidos como detergente, água-sanitária e creolina. Esfregar bem na área do hematolicus caput, popularmente conhecido como cabecinha, com movimentos circulares partidos do cabo da benga. Atenção: é estritamente necessário que o objeto enfermo esteja em estado erétil (caso contrário, corre-se risco de perda irreparável).
  • Para tratamento terapêutico, utilizar boca de virgem. Mas a honorável dama em questão tem que ser uma especialista na nobre arte da felação. Profissionais qualificadas geralmente são encontradas em igrejas evangélicas ou congêneres, exímias oradoras cujo recato as obriga a procurar métodos alternativos de satisfação pré-matrimonial.


Profilaxia[editar]

  • Evitar de comer profissionais do séquiço;
  • Limpar a benga (ao menos uma vez por ano, porra);
  • Não praticar sexo pansexual com roda de carro, alianças e outros objetos metálicos circulares (evite especialmente os serrilhados).


Vantagens e desvantagens de ter "Cancro Mole"[editar]

A vantagem possível é ter a oportunidade, quem sabe, de estrelar produções pornô-bizarras no ramo do cinema alternativo de arte (como "A Vida Sexual de Aleijadinho"). Outra vantagem auferível talvez seja poder requisitar, junto ao INSS, aposentadoria por invalidez -isto é, caso você trabalhe fornecendo sêmen ao banco de esperma. Agora, se for um tarado pervertido sujeito consciente, preocupado em pagar pensão alimentícia com a escassez de comida ocasionada pelos índices alarmantes de super-população, o Cancro Mole também seria uma ótima solução: ao invés de pagar uma fortuna pela vasectomia, você poderia optar pela aquisição da doença, cujas bactérias eliminam o poder fecundante do líquido seminal; sairia, no máximo, por 15 reais com a puta da esquina

A desvantagem, no caso, é a de morrer... O que só significa que há apenas UM efeito colateral para o monte de benefícios proporcionados!