Brandon Flowers

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Indiemo.jpg Let's see any iranian film?

Este é um artigo INDIE!

E bota duas gotas de vodka no chá pra pagar de bêbado.

Undersk.jpg


Cquote1.png Você quis dizer: Mr. Brightside Cquote2.png
Google sobre Brandon Flowers
Cquote1.png Você quis dizer: Paul Banks Cquote2.png
Google sobre Brandon Flowers
Cquote1.png AAAAA BRANDON, EU TE AMOOOOOO!!! Cquote2.png
Guria retardada sobre Brandon Flowers
Cquote1.png Nosso herói! Cquote2.png
Emos no início da carreira de Brandon
Cquote1.png Você traiu o movimento emo, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Brandon ter virado Indie
Cquote1.png Nosso herói! Cquote2.png
Indies sobre Brandon ter virado indie
Cquote1.png Você traiu o movimento indie, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella, de novo, agora sobre Brandon ter virado alternativo
Cquote1.png Meu amigão!! Cquote2.png
Gerard Way sobre Brandon Flowers

Brandon Richard Flowers, ou, (des)conhecido pela marioria das pessoas por Brandon Flowers (Las Vegas, 21 de junho de 1981) é um mármore mórmon conhecido por falar mal de todo mundo. Mais por isso do que por ser o vocalista da banda mais procurada do mundo, segundo a Interpol. Talvez por isso no início da cerreira, Brandon tenha pegado emprestado o estilo de Paul Banks, vocalista da Interpol, a banda da polícia de mesmo nome, para passar desapercebido durante os shows dos Killers. É muito conhecido também por manter uma forte amizade com Gerard Way do MmeuUuUxXx RoOooMMMaaAaAnanNCÍiÍi qUuÍmiiIicÚxXUh.


História de vida[editar]

Entre seus diversos bicos, estava o de ser estátua do Museu de Cera da Inglaterra.

Brandon é um guri sempre conhecido pelo seu estilo alternativo, isso graças a ser o mais manupulado pelos outros 5 irmãos mais velhos que ele(algo que ocorre atualmente no Tokio Hotel). Juntando os estilos lituano e escocês, a saia nos primeiros anos de vida o deixou ainda mais alegrete. Seu pai trabalhava numa mercearia e era um mórmon, o que o influenciou a ser mórmon também, o que virou um defeito com o qual lutou até seus 16 anos de idade, até desistir e se reconfortar como mórmon mesmo. Antes de ingressar no The Killers, ele possuía uma loja de flores em Nevada Roses chamado Brandon. Especulações indicam que na verdade ele incorporou o nome Flowers incicialmente para fazer propaganda de sua loj, já que ele se chamaria Brandon Flowers, tal como sua floricultura. Para isso dar certo, obviamente, teve que largar a faculdade(primeiro passo para a formação de mais um idiota analfabeto no mundo um real homem), e a largou para trabalhar em outros pequenos empregos para divulgar sua floriculturinha, entre eles o de paquete de um hotel, no qual Xuxa ia se presentar. Especuladores afirmam que Xuxa havia o chamado no quarto anexo do local da apresentação para reproduzir exatamente a famosa cena em Amor, Estranho Amor, e, logo depois disso usou de seu pacto com o Demônio para assustar o pequeno Brandon para aceitar tudo o que ela queria. Para isso, usou de uma história inventada, dizendo que no Natal, o Papai Noel poderia chegar com uma arma ao invés do presentes e iria atirar nele(surge a música Don't Shoot Me Santa. Desde então, misteriosamente os sapatinhos na janela de seus irmãos sumiam na época de Natal. Quam gostou disso foi o pai de Brandon, que, dando a desculpa esfarrapada de que, como os sapatos na janela haviam sumido, Papai Noel não passou na casa deles e não deixou presente. Sim, o pai de Brandon não gastou nenhum dinheiro com presente de Natal por um bom tempo...Isso aos 16 anos de Brandon.

Viu, foi ficar perto da Xuxa...

Formação dos The Killers[editar]

Foto exclusiva do jornam que Brandon usou para achar Dave Keuning. Veja, a Uncyclopedia acabou sendo a responsável pela formação dos Killers! Quero ver agora algum fã alienado reclamar da gente na discussão da página...

Brandon acaba sendo abandonado pelo grupo das paquitas e acaba sem ter nada a que fazer(viu, seu idiota! Largou a faculdade, deu nisso...). Mas o mundo é uma caixinha de surpresas!! E bate a idéia. Como ele é malandro, imediatamente deu a idéia de tentar manipular com sua beleza feminina mais alguns idiotas para formar uma banda. Resultado: vamos à procura de um guitarrista, primeiramente. Ora, você deve ter pensado Caramba, ele foi para as ruas ver o trabalho de artistas independentes, ou, ele foi numa gravadora pra ver o que tinha de bom. Mas, seguindo malandrão do modo que só ele é, nada como procurar...nos classificados de um jornal! Sim, pois é mais barato gastar R$0,50 centavos num jornal de bairro na banca mais próxima do que pagar uma passagem de ônibus de uns R$2,20 pra ir até uma gravadora ou ainda passar o dia inteiro rondando na rua em busca de um guitarrista qualquer, gastando um bom dinheiro em lanche. E não é que deu certo? Do lado da propaganda do puteiro do bairro, estava um anúncio que dizia Dave Keuning - baterista - qualquer coisa liga: 666-244251. (Sim, assim mesmo, pois cada palavra num classificado é R$0,05 centavos, se Dave exagerasse, ia ficar sem seu almoço: 10 Balas Soft). Brandon, em busca de um sonho idiota americano, foi atrás de Keuning. Logo depois, Brandon tratou de ir na loja de conserto de panelas de pressão mais próxima, e chamou o cara que as consertava melhor(tome marretada!). Achava o amor de sua vida, Ronnie Vanucci. Depois foi só achar Mark Stoermer e já estava criada uma banda que serve de trampolim para Brandon seguir carreira solo mais tarde e ficar com todo o dinheiro.

Como no início eles mataram um pombo o atropelando com o Volkswagen Fusca de Vannucci, Brandon logo chamou a banda de The Killers, já pensando num nome perigoso e que botasse medo para pagar de perigosos(vide que visão de marketing excepcional: eles ainda eram emos mas já pensavam na evolução para indieotas!).

Outros fatos sobre Brandon Flowers[editar]

Brandon tem seis mulheres e duas prostitutas, uma delas é Ronnie Vannucci. A outra é Gerard Way. Em 1999, Brandon foi preso por suspeita de assassinato de um Flamingo, mas ele foi liberado porque não havia nenhum motivo para o crime. Sua obsessão por animais com penas vêm ainda da mercearia de seu pai, quando o galo que cuidava das galinhas que seriam mortas para virar frango na mercearia de seu pai o bicou no cu. Ele gostou tanto, que começou a querer se vestir como galinha, para isso acontecer mais vezes. Virou um fetiche natual de Brandon. Mais tarde, Brandon, para se redimir com os flamingos, decidiu criar um álbum solo com o nome Flamingo. Veja mais embaixo.

Em 2003, Flowers perdeu a memória depois de ser atacado por um faisão enquanto estava à procura de mais bicadas no cu, e por seis meses, pensou que seu sobrenome era Brightside; Era o otimismo dele mesmo de um dia realizar essa fantasia com um faisão, a única ave que faltava para completar sua coleção de bicadas diferentes no mesmo cu. Anos mais tarde, Flowers finalmente conseguiu a sua vingança sobre o faisão, o afogando(mas claro, dando um jeito de conseguir algumas bicadinhas), disse ele em um concerto de meia-noite. Ele comemora este evento colossal em sua vida através do uso de penas de faisão ao invés das antigas penas de galinha sobre seus ombros.

Brandon alegou que ele tem alma forte, mas depois admitiu que ele nunca serviu nas forças armadas de seu país, depois de tanto ser pressionado para admitir que não havia se alistado. Descreveu isso em All These Things That I've Done.

Apesar de tentar converter uma garota para a fazer virar mórmon, Brandon disse que ela tinha um namorado que se parecia com uma namorada que ele tinha em fevereiro do ano passado, no entanto, isso não seria confidencial, já que, segundo ele, ele tem potencial para conseguir tais coisas. Esta garota se chamava Jenny. Acredita-se que a amava um pouco para depois a matar, dizendo à polícia que Jenny o havia traído com seu namorado(ou namorada?) de fevereiro do ano passado. Foi registrado como crime passional, mas Brandon saiu impune.

Alguma dúvida de que ele era emo?

Brandon também sofre com uma aflição do corpo que proporciona uma onda em um Onda de Orgasmos Fatais em Gurias Retardadas (OOFGR), em qualquer uma dessas que vislumbrem a sua perfeição. Estes OOFGR reduziriam o infligido em uma massa efervescente de desejo sexual incontrolável, que pode transformar fatal se o infligida faz o contato físico com o Brandon. Estes OOFGR mortais são a principal causa de morte entre as vítimas, que lutam entre si para reivindicar a atenção de Brandon. Por iniciar um confronto e logo depois só assistir a briga dos demais envolvidos, foi usado como exemplo de troll profissional em diversas comunidades da Internet mundial, mas, ao ameaçar processar quem seguisse com essa camapnha, hoje ele é livre dessas ameaças.

Rumo à cerreira solo![editar]

Cquote1.png Ei! Porque tem um micronone no lugar do pênis de borracha que eu pedi!? Cquote2.png

Brandon finalmente se lembrara do Flamingo que matara sem chances de reação imediata do coitado do bichinho. E, também, devido à conquista do hexacampeonato pelo Flamengo, decidiu criar este álbum, já ciente de que algum idiota como eu tentasse assemelhar as duas coisas, e, assim, garatir uma boa venda de seu álbum ao menos com torcedores do Flamengo. Na verdade ele teria brigado com uma de suas mulheres, Ronnie Vanucci, e, supostamente teria pedido um tempo na relação. Isso afetou seriamente os The Killers. Mas, Brandon não aguentou por muito tempo, e, como não conseguia viver de sexo só com Gerard Way, logo anunciaou que os Killers não acabariam. Até porque matar com um Zé Mané que acredita em romance químico não teria graça nenhuma...

#brandonflowersfacts[editar]

  • Quando vê um DVD do Xuxa só para baixinhos começa imediatamente a usar cultos para afastar o capeta, como a típica música Saaai, capeetaa!!. A TV geralmente se apaga na hora.
  • É emo, é indie, é gay e alternativo. Observa-se uma redundância completa nessa frase.
  • A primeira execução dele seria a dele mesmo, cortando seus pulsos. Mas, como a tesourinha de escola não funcionava, e para trabalhar como paquita não podia ter sangue nhenhum sangue, para não assustar as outras putas que trabalhavam com isso, desistiu da idéia. Pelo menos por enquanto...
O Flamingo que foi brutalmente assassinado, dias antes de morrer por culpa de Brandon
  • Utilizou o tabuleiro Ouija e passou a ter medo do número 621. A data se relaciona com o dia de seu aniversário, 21 de junho. Não comemora mais seu aniversário. Outros emos também imitaram isso sem nem saber direito o que era, mas imitaram. Cara mãe descíclope, você acaba de descobrir porque sua filha emo tinha desistido daquele My Little Pony no último aniversário.
Por dentro (uuuuiii!!) dos The Killers
THE KILLERS 28.jpg
BRANDON FLOWERS 207.jpg

Artigo Principal: The Killers

Componentes: Brandon Flowers - Dave Keuning - Ronnie Vanucci - Mark Stoermer

Álbuns: Hot Fuss - Sawdust - Sam's Town - Day & Age - Battle Born

Singles: Somebody Told Me - Mr. Brightside - All These Things That I've Done - Smile Like You Mean It - When You Were Young - Bones (Música) - A Great Big Sled - Read My Mind - For Reasons Unknown - Tranquilize - Shadowplay - Don't Shoot Me Santa - Human - Spaceman - The World We Live In - A Dustland Fairytale - Runaways - Miss Atomic Bomb - Here With Me

Artigo relacionado: Trilogia da Morte