Boeing 737

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O Boeing 737 é um avião de porte médio para transporte de passageiros e que também possui versões militares e conversíveis. Inicialmente projetado para ser ser o aviãozinho enrustido da Boeing, o 737 provou que era macho e conquistou o mercado nos quase trinta anos em que foi produzido.

Um Boeing 737 pousando.

As pessoas voavam em jatos-carroça, como o Caravelle, e queriam algo que fosse barato e que voasse mas que nao fosse codorna. Portanto, foram até Washington, na fábrica da Boeing e exigiram que o novo avião fosse projetado e os malditos pobres da Alemanha Oriental pudessem deixar seus trabants NOJENTOS em casa e pudessem viajar de avião. A Boeing tomou a nobre atitude de nao mandar todos à puta-que-pariu e iniciou a produção em 1969, entregando as duas primeiras unidades à Lufthanson, empresa do grupo americano com cara de alemão e jeito de emo "Hanson". Até hoje, o pequeno Baby Boeing está em operação e já transportou o equivalente à populaçao do mundo inteiro, 7 bilhões de pessoas e não cresceu.

Curiosidades sobre o Boeing 737[editar]

Essa merda da VARIG
  • O Boeing 737 foi o primeiro avião a voar para o sítio Neverland, do Michael Jackson, porque tinha o apelido carinhoso de "Baby Boeing".
  • Não se usa um 737 próximo a pessoas ricas: Ele não possui classe executiva e se os ricos souberem disso, podem querer usá-lo em suas viagens, o que arruinaria as nossas viagens com conversas chatas sobre roupas de marca e propriedades fora do Brasil.
  • 50 Cent já usou um trem de pouso de um 737 no pescoço.
  • O 737 é 4 vezes mais potente que um fusca.
  • É o único avião que não possui orgão reprodutor: É preciso ir até a Boeing e usar um penisjato universal para produzir novos 737.
  • 737 é um anagrama de 737, o nome original do modelo.
  • Só comissárias homens e homossexuais podem trabalhar no 737, pois seus puxadores de porta possuem o formato de um pênis, uma gracinha da Boeing.

Ver também[editar]