Bernardo e Bianca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Garota hentai.gif SEM VERGONHA!!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!

Admita, você só lembra desse desenho por ter visto ESSE FRAME em algum site de mensagem subliminar... Note que a Bianca tá babando, já que na Hungria essas minas são bem comuns, já o Bernardo, que é meio diferentão, tá passando mal só em ter visto o que viu...

The Rescuers (Bernardo e BiancaBRA ou As Aventuras de Bernardo e BiancaPOR) é uma animação da Disney velha feito a avó, de 1977. É um daqueles desenhos que sempre é lembrado por pessoas como o pastor Josué Yrion como um dos exemplos do potencial de destruição da pureza infantil e da perversão juvenil. E não é pra menos...

Enredo[editar]

O filme fala sobre Tico e Teco e os Defensores da Lei uma organização de ratazanas que vivem e trabalham (a.k.a. roem, comem tudo e infestam de doenças) nos subsolos da ONU. Eles recebem um pedido de ajuda de uma garotinha chamada Penny (e vai saber como leram essa mensagem na garrafa) e a húngara Bianca, juntamente com seu inútil parceiro gago Bernardo, vão tentar resolver o caso.

Ao chegar no orfanato que ela vivia, graças a ajuda de um gato chamado Rufus (mas peraí, gatos ajudando ratos? Mas que porra é essa? Tá tá, eu sei, é Disney, e anos depois iam fazer gatos serem amigos de cães também...), eles descobrem que a garotinha foi raptada pela terrível Madame Medusa e pelo Sr. Snoops. Eles a sequestraram pra que ela fosse pra uma tal Baía do Diabo, pra entrar num buraco estreito e lá dentro pegar o Olho do Diabo. Que azar dessa mocinha, eles poderiam ter mandado um rato traíra fazer isso, seria bem mais fácil num filme em que ratos leem cartas escritas por humanos e fazem organizações de resgate mais fodas que o Esquadrão Anti-Sequestros de quaisquer polícias do mundo!

(PORRA, É UM DESENHO, PARA DE SER CHATO!)

Ok, seguindo... Os ratinhos conseguiram salvar a garotinha e deixam a Madame se foder pra lá, até porque essa história é meio chatinha e ainda teve uma continuação que é mais desconhecida que tudo.

A treta[editar]

Sim. TODOS SABEMOS o porquê de você estar nesse artigo. Bem, sim, esse filme tem uma imagem bizarra aos 28 minutos, numa janela em meio aos prédios em que os dois ratinhos passavam montados a um albatroz: uma mina sem cabeça pelada que tava provavelmente se mostrando pra algum safadão usando luneta; e por um azar do destino quem viu foi um monte de caras de anjo. Daí pra dizer que a Disney tinha um monte de Pombajira que queriam levar nossas criancinhas a tornarem-se escravas do Xvideos foi um pulo de gato pros pastores cristãos os quais pregam mais sobre o Senhor Lúcifer do que sobre o suposto Senhor deles...

O facto é que a Disney recolheu várias cópias (o famoso recall que só dá preju pro burro que fez a merda) e relançou um tempo depois sem esse frame, alegando que foi um acidente, uma "imagem de fundo objetável", uma desculpa tão esfarrapada que poderiam trocar pra "é que faltou a rebimboca da parafuseta na hora de filmar e deu nisso" e sairia mais verídico hein! Afinal rebimboca da parafuseta o navegador nem acusou se tinha uma palavra errada, já "objetável" nem no Aurélio UltraMasterSupremeVersionRevistaEAtualizada100.0 eu achei essa porra... não me espanta ainda ter crente que tem medo de que seu filhote assista isso e toque uma fabulosa o resto da vida miserável dele.

(Inclusive não sei bem o porquê, mas depois que assisti esse filme pra escrever o artigo tá me dando uma vontade louca de socar um comediante de circo... peraí que eu volto já já, ou não...).

v d e h