Amante

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Putas desesperadas.gif
Spam quer dar.gif
A Fernandinha esperando na cama.

Cquote1.png Você quis dizer: Ricardão Cquote2.png
Google sobre Amante
Cquote1.png Você quis dizer: Fernandinha Cquote2.png
Google sobre Amante
Cquote1.png Quem é você!? Cquote2.png
Corno sobre encontrar um homem pelado no seu guarda-fatos
Cquote1.png Do jeito que sua mãe me olha... teu pai é corno! Cquote2.png
Seu Melhor Amigo sobre Sua mãe
Cquote1.png Esse negócio de traição nunca aconteceu comigo... Cquote2.png
Você sobre Traição
Cquote1.png Isso é só uma coisa que colocaram na sua cabeça, meu bem! Cquote2.png
Sua Namorada sobre citação acima
Cquote1.png O Amante é a pimenta para um relacionamento que já teve o seu fim. Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Amante
Cquote1.png Porque está perguntando se minha mulher está em casa? Cquote2.png
Teu pai sobre Entregador de Pizza
Cquote1.png Já em casa? Chegaste mais cedo hoje, querido! Cquote2.png
Tua Esposa, nervosa, sobre Você
Cquote1.png Eu vou-me divorciar dele/a e vamos ficar juntos, eu juro. Cquote2.png
Típica mentira dita pro/a amante


Amante é o antônimo de Esposa e Marido, é uma distracção que alguém comprometido encontra para passar o tempo, já que, no fim de contas, vai sempre voltar para a pessoa com quem está casado. Vida real não é cinema de Hollywood; e ninguém se apaixona pelo/a amante, especialmente se a situação já se arrasta há muito tempo (diga-se anos) e, com ela, as promessas vazias de que vai pedir o divórcio para ficar com o/a amante, o que nunca acontece nem nunca vai acontecer.

A consequência direta de ter amante é conceber um Corno, que é sinónimo de Você. Um amante surge quando uma relação já perdeu seu encanto, ou estão passando pela "Crise dos Sete Anos". Um Amante pode levar, posterior mas muito raramente, ao Divórcio.

A 13 de Fevereiro celebra-se o Dia Mundial do/a Amante, já que mais de 90% dos infiéis planeiam ver o/a Amante nesse dia, pois o dia 14 de Fevereiro são obrigados/as a sair com o/a marido/esposa.

O Surgimento do(a) Amante[editar]

Quando a Esposa descobre a Amante. (sendo a Amante a gostosa em lingerie).

Segundo pesquisadores, o Amante surgiu com o aparecimento do Homo Sapiens Corruptus Safadis e, ao contrário, do que muitos imaginam esse tipo não se originou individualmente. Tampouco o trio Cleópatra/Marco Antônio/César foi o pioneiro. Na verdade em 86850 a.C já existia um grupinho pervertido que era formado pelo caçador Rupert Sanders (comeu a Branca de Neve primeiro que o Lobo), pelo vampirinho emo Robert Pattinson (tava mais pra corno manso) e pela Branca do Gelo, Kristen Stewart (esta, ademais, foi co-autora do Kamasutra e criadora do Swing). Cientistas apenas não sabem explicar o que motivou esses indivíduos a praticarem atos tão canibais e primitivos (eles comiam uns aos outros) mas os teóricos da conspiração defendem a tese de que há algo por trás desse fato é que a Ciência não é capaz de descobrir (ainda).

Definição do(a) Amante[editar]

Pode-se definir o Amante como:

Cquote1.png O Amante é uma pessoa sensual, mas que não consegue ninguém para si. Alguém que gosta demais de Sexo, mas que apenas transa umas vezes por semana devido à agenda lotada do "amado" . É gostosa/o, bem tesuda/o e que tem todas as qualidades que faltam ao seu atual conjûge, mas ainda assim não consegue deixar de ser apenas o amante Cquote2.png
Doutor Roberto

O amante pode ser qualquer indivíduo: desde o entregador de pizza saradão (que não sabe nem soletrar), ao cara da academia (aquele que tem o pênis pequeno devido ao excesso de anabolizantes que usa), aquela amiga que você não via há 15 anos (e que já é mãe de 10 filhos e que já está com o útero arriado), o Ricardão, enfim, qualquer um, que come e sustenta a sua mulher, seus filhos e até Você. Nos casos em que a mulher casada é esperta, consegue sacar dinheiro do amante para as suas despesas, afinal, as únicas coisas que lhe interessam são Dinheiro e Sexo, já que não passa de uma piranha que não consegue cumprir um compromisso. No caso do homem, seu único interesse é Sexo mesmo.

Quando o Marido descobre o Amante.

É notório que a vida dos amantes não é nada fácil, afinal de contas, eles amam e isso é a única coisa que sabem fazer:

  • Amam destruir casamentos;
  • Amam comer "nas beiradas";
  • Amam ser apenas mais um lanche na vida de algum cônjuge (ser for masculino, pode estar em dúvida acerca de sua orientação sexual e joga a culpa na esposa por esta frustração);
  • Amam fazer sexo no horário de almoço (do/a marido/esposa do/a playboy/piranha que andam a comer);
Fim de todo o amante.
  • Amam se esconder dentro do armário, debaixo da cama, no sotão, ...;
  • Amam treinar métodos de fuga quando o marido chega a casa;
  • Amam não ter que lavar cuecas dos amados;
  • Amam ser um passatempo e perder tempo em relações sem futuro;
  • Amam pessoas mentirosas e sem escrúpulos que não respeitam compromissos;
  • Amam ser ignorados em público pelo suposta/o «namorada/o», quando esta/e passa de mão dada com o/a marido/esposa;
  • Amam ser iludidos em acreditar que algum dia o/a outro/a vai se divorcia da/o esposa/marido para ficar com ele/a
  • Amam dormir sozinhos enquanto o/a homem/mulher casado/a dorme com a/o respectiva/o esposa/marido);
  • Vão amar levar um tiro no bucho depois do marido descobrir;
  • E ainda amam o que não é e nunca será seu

Realmente a vida dessas pessoas não é nada fácil.

Características do Amante[editar]

  • Ama muito (e não é amado por ninguém);
  • Gosta de caçar (maridos/mulheres dos outros);
  • É PhD em Kama Sutra e Zoofilia (na ausência do/a marido/esposa (a) pratica sexo com os animais domésticos);
  • É bonito (a) (mas ninguém do bairro quer compromisso com este/esta);
  • Têm muito tempo livre para estar sempre disponíveis a ajustar-se ao horário do/a outro/a
  • É inteligente (mas que vive iludido que a pessoa com quem está transando vá algum dia pedir o divórcio);
  • É trabalhador/a (mas não lava nem um garfo, mas eventualmente pode cozinhar o almoço pra o marido da mulher com quem está transado);
  • É muito realista e pé no chão (mas acredita piamente que substituirá o marido da mina, ou, no caso oposto, a esposa do bonitão);
  • É um/a Playboy/piranha sem escrúpulos;
  • Também é corno (especialmente se a pessoa com quem está transando dorme todas as noites com o/a marido/esposa);
  • Se acha a última bolacha do pacote (mas, no fim de contas, a/o piranha/playboy sempre volta para a/o esposa/marido);
  • Não faz parte da família (mas o/a marido/esposa da piranha/playboy de quem você vive comendo, sim);
  • É a segunda opção (já que a primeira é o/a marido/esposa);
  • Quando descoberto, vai-se ferrar certeiro;
  • Está revoltado com o que viu sobre si neste artigo

O Objectivo do(a) Amante[editar]

O Amante sempre entende os sentimentos do corno, afinal ele sempre se coloca na situação dele, apesar disso não significar muita coisa na hora do ato.

O Amor faz parte do vocabulário do amante, ele somente ama: por isso muitos consideram vantajoso ter um(uma) amante. Pois amantes só dão sexo amor, não exigem cuidados, nem se queixam que estão com dor de cabeça, menstruação, broxada, filhos, contas pra pagar, hipoteca vencida, sogras chatas, o que os torna perfeitos para escrotos egoístas que não amam ninguém além deles próprios.

O amante também pode servir como uma fonte extra de rendimento para mulheres desocupadas e alpinistas sociais, que, assim, fica recebendo dinheiro de vários lados, tanto do marido como do amante, claro que, ao fim do dia, ela vai preferir aquecer os pés junto ao seu marido que, afinal, é a sua fonte primária de rendimento, e ela sabe que tem de o manter por perto. Possivelmente também já lhe deu o Golpe do baú com um filho, que é também sustentado pelo seu amante. Claro que, neste caso, quando o amante fica desempregado, ela vai-lhe dar com os pés e arranjar outro.

Ver também[editar]