Aicha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
GarotinhaBoo.gif Este artigo trata de crianças realmente CHATAS!

Que fofinho, este artigo é sobre uma criancinha bobinha. Edite-o até ela
deixar de ser fofinha, senão Maísa irá te ligar!

Donramontaliban.jpg

"Vai tomar no cu", em árabe
Brimo, este artigo é árabe!
Certamente, o autor louva Alá e come esfirra, sem dar ré no quibe.

Cptislamico.jpg الله وحده هو الله وهتلر رسول الله

Aicha é Muçulmano! Isto significa que ele(a) acredita em Alá, Maomé e no Gênio da Lâmpada, além de adorar se explodir.
Este artigo foi trazido por Muhammad e seu autor é membro da Mesquita Universal.

Aicha e Maomé

Cquote1.png Buáááááá! Cquote2.png
Aicha sobre ser abusada sexualmente por Maomé
Cquote1.png Quer mamadeira? Cquote2.png
Maomé sobre Aicha
Cquote1.png Mas que genro tarado eu tenho! Cquote2.png
Abu Bakr sobre Maomé e Aicha

Aicha foi uma garotinha que foi abusada sexualmente por um velho tarado chamado Maomé.

História[editar]

Recém-casados

Aicha era uma menininha, filha de Abu Bakr, Abu Bakr era o melhor amigo de Maomé, mas na verdade Maomé só se tornou amigo dele porque tinha segundas intensões com a filha dele.
Abu Bakr achava estranho que Maomé sempre visitava ele, e toda vez trazia uma boneca de presente para sua filhinha Aicha, Maomé estava doido para trepar com a garotinha, e sempre dava uma boneca Barbie para ela. Certo dia Abu Bakr teve que sair para trabalhar e precisava de uma babá para cuidar de sua filha, Maomé logo se ofereceu para o serviço, Abu Bakr achou aquilo muito estranho mas deixou ele cuidar da garotinha, foi aí que Maomé se aproveitou, quando Abu Bakr saiu para trabalhar, Maomé foi de fininho até o berço de Aicha e deu mamadeira pra criança.
Depois daquele dia, Maomé queria sempre trabalhar como babá na casa de Abu Bakr, mas Abu Bakr estava achando aquilo muito estranho e resolveu colocar câmeras em casa, foi aí que ele descobriu que Maomé era um velho tarado, mas ele ficou com pena de processar seu melhor amigo afinal eles sempre tomavam cerveja juntos nos fins de semana, então ele só viu uma solução, forçar Maomé a casar com sua filha, como Maomé estava meio triste que sua ex-esposa, a viúva rica Cadija morreu, ele aceitou casar com ela, durante o casamento foi aquela coisa, um monte de criança chata correndo para todo lado, e Maomé saiu com sua esposa e passaram a lua-de-mel na creche e viveram felizes para sempre.

Ver também[editar]