Adrian Sutil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Adrian Sutil
Adrian Sutil.jpg
Nascimento 11 de Janeiro de 1983
Bandeira da Alemanha Alemanha
Ocupação Pseudopiloto de Fórmula 1
Signo Capricórnio
Cabelo Castanho

Adrian Sutil (11 de Janeiro de 1983) é apenas um figurante de corridas de Fórmula 1 que tenta (sem sucesso) conseguir marcar pelo menos um pontinho. Atualmente, está se ferrando na Force India, uma equipe que possui um carro tão ridículo quanto o próprio nome.

História[editar]

Adrian Sutil tentando (sem sucesso) pegar um atalho em alguma corrida aleatória, para tentar conseguir o seu primeiro pontinho na temporada.

Adrian Sutil nasceu em Starnberg, uma toca de tatu localizada em algum buraco da Alemanha.

Durante a infância, o grande sonho de Adrian Sutil já era correr pela Fórmula 1, pois ele tinha muita inveja de seu compatriota Michael Schumacher, que, após vencer as suas corridas, sempre subia no podium, tomava litros e litros da mais pura cerveja alemã, e ainda ganhava pontos com todas as mulheres do mundo. Porém, esse sonho estava razoavelmente distante, pois os pais de Adrian Sutil eram muito pobres, e não podiam comprar sequer um carrinho-de-rolimã para o seu filhinho.

Por conta da falta de verba, os pais de Adrian Sutil queriam que o seu filho fosse um pianista, afinal, essa é uma das profissões que mais dão dinheiro na Alemanha, perdendo apenas para a prostituição. Como não queria contrariar a sua família, Adrian Sutil começou a ter algumas aulas de piano, que os seus pais estavam pagando com o dinheiro que conseguiam na reciclagem. Porém, na metade do curso, Adrian Sutil percebeu que aquilo não tinha absolutamente nada a ver com ele, e resolveu mandar tudo para o inferno, pois o que ele realmente queria era correr como um doido em pistas de Fórmula 1.

Alguns meses após ter chutado o pau da barraca, Adrian Sutil finalmente teve uma grande oportunidade para entrar no mundo do automobilismo: Uma famosíssima montadora de karts, denominada... Ah, sei lá! estava realizando uma peneira, pois queria selecionar os melhores kamikazes da Alemanha para testar os seus modelos em campeonatos internacionais de kart. Obviamente, Adrian Sutil foi tentar a sorte, e, para a sua surpresa, conseguiu uma vaguinha na equipe!

Apesar de não ter muita experiência em corridas de uma maneira geral, Adrian Sutil conseguiu ir muito bem em suas corridas de kart: Competindo com corredores como o japonês Takokaro Nomuro e o espanhol Meti Pinto Numotor, Adrian Sutil conseguiu vencer praticamente todas as suas corridas, feito este que lhe garantiu uma vaga em uma categoria automobilística menos pior, que é a Fórmula Ford Suíça 1800 (nunca ouviu falar dessa competição? Você não é o único...).

Correndo por esta categoria que ninguém nunca ouviu falar, Adrian Sutil também conseguiu excelentes resultados, o que é bem compreensível, visto que todos os seus adversários pareciam que tinham aprendido a pilotar jogando Gran Turismo no Playstation 2. Com o sucesso, Adrian Sutil foi conseguindo subir degrau por degrau, sempre competindo em categorias completamente desconhecidas e que ninguém se importa, até que, em 2006, ele finalmente conseguiu atingir o penúltimo nível de sua carreira: Ele se tornou piloto de testes da Midland F1 Racing, uma equipe que, apesar de ser aleatória e nunca ter conseguido nada, faz parte do mundo da Fórmula 1.

Entrando pela porta dos fundos na Fórmula 1[editar]

Se dependesse apenas da vontade da Midland F1 Racing, Adrian Sutil continuaria sendo apenas um mísero piloto de testes até o ano de 8299. Porém, como essa pseudoequipe não teve dinheiro suficiente para manter o seu piloto principal, que era um tal de Tiago Monteiro, ela foi obrigada a promover Adrian Sutil para piloto titular da equipe. Juntando que Adrian Sutil era um piloto completamente inexperiente com o fato de que o carro era uma verdadeira porcaria, o resultado só poderia ser um: Merda completa. Nessa temporada, Adrian Sutil foi extremamente mal, e não conseguiu marcar sequer um mísero pontinho. Mesmo assim, como era um piloto bem barato, Adrian Sutil conseguiu garantir a sua vaga para a próxima temporada, na mesma equipe. Porém, a Midland F1 Racing foi comprada por um empresário de origem desconhecida, chamado Tomás Turbando Pinto.

Como esse empresário tinha um nome esdrúxulo (como você já deve ter percebido), ele resolveu que a equipe deveria ter um nome ridículo também. Então, ele renomeou a Midland F1 Racing para Force India.

Atualmente, Adrian Sutil continua correndo [carece de fontes] nessa mesma Force India, sendo que o cara que se ferra junto com ele nessa equipe é o Giancarlo Fisichella.

Schumacher dick vigarista.jpg
Buildphotoims4vd.jpg
v d e h
Pilotos da Fórmula 1